fbpx

sexta, 28 de janeiro de 2022

Ministério Público do Amazonas vai investigar garimpagem no rio Madeira

MP-AM instalou inquérito civil público na última sexta-feira (26) para investigar "possíveis irregularidades" das balsas de garimpo que se amontoaram no Rio Madeira.

30 de novembro de 2021

Compartilhe

O inquérito civil antecede a instauração da Ação Civil Pública que pode ser levada à Justiça pelo órgão ministerial (Foto: Divulgação)

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) deu início a um inquérito civil para investigar a invasão de mais de 300 balsas de garimpo ilegal no Rio Madeira, na região de Autazes, a 120 km em linha reta de Manaus.

As dragas de garimpo que sugaram o leito do rio em busca de ouro por quase duas semanas, tomaram conta da foz do Rio Madeira e foram descobertas na semana passada.

O inquérito foi instalado na última sexta-feira (26), no mesmo dia em que os garimpeiros começaram a fugir da região depois que a imprensa noticiou que uma operação integrada de órgãos federais ocorreria.

“Instaurar inquérito civil público para apurar possíveis irregularidades nas balsas que estão na comunidade do Rio Madeira, denominada comunidade do Rosarinho”, diz a portaria nº 001.11.2021 publicada na edição desta segunda-feira (29) do Diário Oficial do MPE-AM.

Este inquérito civil antecede a instauração da Ação Civil Pública que pode ser levada à Justiça pelo órgão ministerial.

A denúncia da presença de garimpeiros ilegais no Rosarinho foi feita pelo Greenpeace. De acordo com a ONG ambiental, entre 300 e 600 balsas ocuparam o Madeira.

No fim de semana, a Polícia Federal e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) queimaram mais de 100 balsas.

Texto: Jefferson Ramos

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Amazonas investe R$ 61 milhões em pesquisas e quer popularizar Ciência

O anúncio do investimento foi feito pelo Wilson Lima na tarde desta quinta (27). Na ocasião, Márcia Perales destacou que o Governo tem honrado compromissos com a Ciência.

27 de janeiro de 2022

‘Livre da Covid e de volta ao trabalho’, anuncia David Almeida

O prefeito de Manaus havia anunciado que estava infectado pelo coronavírus no dia 22 de janeiro. Hoje, pelas redes sociais, disse estar curado, dando destaque à vacinação.

27 de janeiro de 2022

Wilson Lima investe R$ 453 milhões em asfaltamento de ramais no AM

Na manhã desta quinta-feira (27), governador do Amazonas reinaugurou o ramal da Cachoeira do Castanho; atual gestão já recuperou 100 quilômetros de ramais.

27 de janeiro de 2022

XP/Ipespe coloca Lula 20 pontos percentuais à frente de Bolsonaro

Lula registrou 44% das intenções de votos. Na terceira posição, aparecem empatados na pesquisa com 8% o ex-juiz Sergio Moro (Podemos) e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT).

27 de janeiro de 2022

Ida de Moro ao União Brasil facilita vida de filiados do Podemos no AM

Presidenciável estuda se filiar ao União Brasil e assim facilitar a vida dos filiados do Podemos no Amazonas, que poderão apoiar livremente Bolsonaro e ter mais recursos.

27 de janeiro de 2022

Câmara de Manaus vai desembolsar mais de meio milhão para limpar carpetes

Os trabalhos legislativos em 2022 ainda nem começaram, mas os contratos expressivos da CMM em 2021, assinados por David Reis, seguem aparecendo no Diário Oficial da Casa.

27 de janeiro de 2022

Pela segunda vez, vereadores tentam derrubar aumento de 83% do Cotão

Na última tentativa, a desembargadora Joana Meirelles negou pedido de liminar dos vereadores Rodrigo Guedes e Amom Mandel para suspender a votação que aprovou o aumento.

27 de janeiro de 2022

Arthur e Plínio evitam choque, mas corda entre os dois vai esticar

Questionados sobre para qual cargo vão concorrer em 2022, Arthur Neto e Plínio Valério não disseram aonde vão fincar seus esforços pois aguardam as definições partidárias.

27 de janeiro de 2022