fbpx

sexta, 28 de janeiro de 2022

Garimpeiros recebem ajuda para voltar às cidades de Borba e Manicoré

Segundo a Prefeitura de Autazes, cerca de 70 pessoas - que ficaram isoladas no município após destruição das balsas - recebem ajuda material e para o retorno ao lar.

29 de novembro de 2021

Compartilhe

Secretaria de Assistência Social de Autazes está na Comunidade Rosarinho prestando apoio às famílias (Foto: Divulgação)

As famílias de garimpeiros que tiveram as balsas queimadas pela Polícia Federal neste final de semana e ficaram sem abrigo e comida estão sendo acolhidas pela Prefeitura de Autazes.

Ainda na tarde de ontem (28), a administração municipal, em parceria com a Prefeitura de Manicoré, organizou o retorno destas famílias para suas cidades de origem. Muitas delas são de Borba também.

Além de receberem o apoio para o retorno ao lar, as famílias receberam cestas básicas distribuídas pela Secretaria de Assistência Social de Autazes, que acompanhou as ações realizadas na Comunidade Rosarinho, local de onde saiam as embarcações com os grupos familiares já assistidos.

Segundo a Prefeitura de Autazes, o apoio está alcançando cerca de 70 pessoas que ficaram isoladas em Autazes após as balsas terem sido queimadas.

Nesta segunda-feira (29), o vice-presidente Hamilton Mourão afirmou que o garimpo ilegal montado no Rio Madeira “já foi devidamente dispersado”, com a destruição de 131 dragas pela Operação Uiara.

“O garimpo já foi devidamente dispersado, vamos dizer assim. Mas tem que manter vigilância constante, porque tem ouro lá. Se não houver vigilância constante, o pessoal volta”, afirmou Mourão. “Tinha que ter feito da forma como foi. Quem está ilegal, tem que ter equipamento destruído ou apreendido”, acrescentou.

Com informações da assessoria e do Estadão

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Pré-candidato a deputado federal, Saullo Vianna caminha com Wilson e David

À TV RealTime1, o deputado revelou os planos dele para disputar uma vaga na Câmara Federal, bastidores da política local e quem está na frente na corrida presidencial no AM.

28 de janeiro de 2022

Bolsonaro avalia com AGU se vai ou não prestar depoimento à PF

O ministro da AGU, Bruno Bianco, está analisando os precedentes que podem ser aplicados a Bolsonaro para tentar minimizar o desgaste que poderia sofrer ao prestar depoimento.

28 de janeiro de 2022

Justiça do Distrito Federal arquiva caso do tríplex contra Lula

O MPF afirma que os crimes imputados ao ex-presidente Lula prescreveram. O petista tem 76 anos e, mesmo se condenado, a pena estaria prescrita até que pudesse ser cumprida.

28 de janeiro de 2022

MPAM investiga licitação de fornecimento de gás ao Hospital de Coari

Para o MPAM, valor da compra do gás de cozinha (GLP), de R$ 71 mil ultrapassa o limite máximo de dispensa de licitação que, no ano de 2019, era de R$ 17,6 mil.

28 de janeiro de 2022

Trabalho em regime híbrido é prorrogado até o dia 7 de fevereiro no TCE

A decisão também prorroga, automaticamente, até o dia 7 de fevereiro o regime de home office para todos os servidores acima dos 60 anos de idade e imunossuprimidos.

28 de janeiro de 2022

David Reis libera mais de R$ 2,5 milhões em cinco licitações da CMM

O presidente da Câmara Municipal de Manaus, vereador David Reis, tem surpreendido com licitações bastante específicas, sem se preocupar com as críticas da opinião pública.

28 de janeiro de 2022

TSE e WhatsApp discutem medidas para enfrentamento da desinformação

Parceria prevê auxílio do aplicativo de mensagens na comunicação com os eleitores, além de facilitar o acesso a serviços da Justiça Eleitoral.

28 de janeiro de 2022

STF manda Bolsonaro depor presencialmente na Polícia Federal hoje

A PF intimou Bolsonaro a depor no ano passado, mas a Advocacia-Geral da União pediu prorrogação, e o STF concedeu mais 60 dias de prazo — que vence nesta sexta (28).

28 de janeiro de 2022