fbpx

quinta, 20 de janeiro de 2022

Operação contra ‘Serra Pelada flutuante’ em Autazes segue neste domingo

No sábado, operação destruiu 69 balsas de garimpo ilegal, entretanto, mais de 300 balsas fugiram antes da chegada das autoridades federais.

28 de novembro de 2021

Compartilhe

Apesar da comemoração do ministro, segundo o Greenpeace, que denunciou a garimpagem ilegal, mais de 300 balsas de garimpo sugavam o leito do Madeira em busca de ouro. (Foto: Divulgação/Twitter)

A operação de órgãos federais contra o garimpo ilegal no Rio Madeira, próximo a Autazes, continua neste domingo. A operação resultou na destruição de 69 balsas e conta com homens do Ibama e da Força Nacional.

O resultado da ação foi comemorado pelo o ministro da Justiça, Anderson Torres. Foi a maior operação realizada contra o garimpo ilegal desde o início do governo do presidente Jair Bolsonaro, que já se manifestou contrário à queima de maquinário e favorável à exploração de minério em áreas de reserva na Amazônia.

” Ministério agiu imediatamente contra o crime. Operação planejada rápida, e executada eficientemente”, escreveu Anderson Torres em perfil no Twitter. Na mesma rede social, Bolsonaro o parabenizou pela ação.

Apesar da comemoração do ministro, segundo o Greenpeace, que denunciou a garimpagem ilegal, mais de 300 balsas de garimpo sugavam o leito do Madeira em busca de ouro. Ainda na sexta-feira, garimpeiros começaram a fugir rio a baixo até Rondônia, onde o garimpo foi regulamentado pelo governo estadual.

Até agora, a operação prendeu apenas uma pessoa que estava no local cuidando de uma balsa. As dragas de garimpo ficaram mais de 4 dias sem serem incomodas pelas autoridades federias, poluindo a água e a vida marinha com mercúrio, que é usado na procura do ouro.

Texto: Jefferson Ramos, com informações do O GLOBO

Leia mais:

Leia mais Dia a Dia

Técnicos da Anvisa recomendam CoronaVac na faixa de 6 a 17 anos

A aprovação ou não do imunizante para esta faixa ainda depende da votação da Diretoria Colegiada da Agência de Saúde, que ainda está em andamento.

20 de janeiro de 2022

Santa Isabel do Rio Negro vira ponto do programa Amazônia Conectada

Hospital de Santa Isabel do Rio Negro (AM) é o mais novo ponto do programa federal Amazônia Conectada e deve fazer uso de telemedicina com internet por fibra óptica fluvial.

20 de janeiro de 2022

Teatro Amazonas e espaços culturais têm novos horários de funcionamento

Fica proibido o contato físico com elementos dos espaços, como colunas, paredes, vitrines expositoras, esculturas, pinturas, demarcadores, portas e maçanetas.

20 de janeiro de 2022

Predominância da variante Ômicron é de 93% em casos de Covid-19 no AM

Os novos casos detectados de Covid-19, pela Ômicron, não são de passageiros desembarcados em Manaus, vindos de regiões com transmissão comunitária da variante.

20 de janeiro de 2022

Com 7,5 mil novos casos, AM registra 29,1 mil casos de Covi-19 em dez dias

No dia 10 de janeiro deste ano, o Estado registrava 229 novos casos. Agora, são 7.505 novos casos da Covid-19 identificados nas últimas horas.

19 de janeiro de 2022

Centros de Testagem lotados podem aumentar riscos de contaminação

O Amazonas registrou quase 5 mil novos casos de Covid-19 na última terça-feira e o número pode aumentar com dois centros de testagem em funcionamento em Manaus.

19 de janeiro de 2022

Deficientes visuais trilham caminho da massoterapia, em Manaus

Turma do Senac AM, formada por 11 deficientes visuais, aprendeu técnicas como drenagem linfática, massagem relaxante, massagem terapêutica e massagem voltada para o atleta.

19 de janeiro de 2022

Pais de alunos do CMPM V se dizem prejudicados com mudança de turnos

A troca de turno em escola da zona centro-sul sem que os pais fossem avisados afeta 450 famílias estudantes, conforme denúncia feita na Aleam, nesta quarta-feira.

19 de janeiro de 2022