fbpx

terça, 09 de agosto de 2022

Ex-vereador critica candidatos que dizem ser representante de Bolsonaro no AM

"Eu vejo candidato dizendo ser o representante dele no Amazonas. Isso é e esdrúxulo. A gente espera é que alguém vá representar o povo junto à presidência", disparou.

25 de maio de 2022

Compartilhe

Coronel Gilvandro Mota diz que trabalhará pela Segurança Pública, Educação e na geração de Emprego e Renda (Foto: Reprodução/TV RealTime1)

O ex-vereador Coronel Gilvandro Mota (PSD), pré-candidato a uma vaga na Câmara Federal, disse em entrevista à TV RealTime1 – como parte da série de entrevistas com pré-candidatos a deputado federal – que “há um populismo em torno de Bolsonaro sem necessidade alguma”.

Para ele, o presidente da República não se preocupa com o povo do Amazonas.

“Eu vejo candidato dizendo que queria ser o representante do Bolsonaro no Amazonas. Isso é e esdrúxulo, teratológico (absurdo), porque o que a gente espera é que alguém vá representar o povo junto ao presidente no interesse do Estado e da população”, avaliou o ex-vereador que teve mais de 5 mil votos na última eleição municipal em Manaus.

O Coronel Gilvandro Mora diz que não utiliza fundo eleitoral e acredita que esses investimentos deve ser barrado e banido definitivamente da política.

Gilvandro já foi do PSDB, mas hoje integra a base aliada do senador Omar Aziz, político pelo qual tem um grande apreço.

Ele acredita que hoje o senador é o maior político no Estado e que, “com certeza, levará a melhor na disputa pela vaga em jogo no Congresso Nacional”, onde espera atuar pela educação, segurança pública e também fomentar o empreendedorismo, formando trabalhadores para geração de emprego e renda.

Em defesa da Zona Franca de Manaus

Paraense, o coronel vive há mais de 30 anos em Manaus e diz que “o povo amazônida precisa defender com unhas e dentes o principal modelo econômico do Estado”: a Zona Franca de Manaus (ZFM).

“Se você pegar todo o rendimento do turismo no Brasil não chega ao faturamento do Polo Industrial de Manaus (PIM). Se você pegar o agronegócio e implementar aqui, você vai transformar o Amazonas em Pará, Rondônia, que são estados que estão acabando com toda a vegetação. Nós temos 50 anos de Zona Franca pela frente e precisamos garantir esse modelo que deu certo”, enfatiza o pré-candidato à Câmara Federal.

‘Bolsonaro escroto, David mal assessorado e Wilson em situação desfavorável’

Questionado sobre a atuação de Bolsonaro junto ao Amazonas, Gilvandro dispara: “foi um escroto, um presidente que não se preocupou com a gente. E as pessoas acabam achando que ele está fazendo o certo”.

Na avaliação de Gilvandro, o prefeito de Manaus, David Almeida, é mal assessorado, pois não sabe escolher alguns de seus secretários.

Já Wilson Lima, o ex-vereador diz que deseja sorte, embora ele acredite que a atuação situação não esteja tão favorável ao chefe do executivo estadual.

Assista a entrevista na íntegra:

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Michelle Bolsonaro ataca Lula e associa religiões africanas a ‘trevas’

Em vídeo divulgado por Michelle, Lula se encontra com representantes de religiões de matriz africana. Para ela, o ato corresponde a "principados e potestades das trevas".

9 de agosto de 2022

DC refaz contas para garantir mínimo da cota feminina nas Eleições do AM

Antes, o partido não havia apresentado o mínimo de candidaturas femininas para a disputa na Câmara Federal. Agora, a sigla conta com duas mulheres e quatro homens.

9 de agosto de 2022

Após definir palanque com Braga e Omar, Lula vem ao AM em setembro

Viagem está marcada para o início do mês de setembro, conforme informou ao RealTime1 o presidente estadual do PCdoB, Eron Bezerra.

9 de agosto de 2022

TRE-AM realiza curso para Prestação de Contas das Eleições 2022

O treinamento visa a correta prestação de contas, desde a utilização do sistema da Justiça Eleitoral até o lançamento das receitas e despesas. Inscrições encerram dia 12.

9 de agosto de 2022

Chico diz que tentará Senado de forma avulsa, mas pode ser impugnado

O alerta é do advogado Augusto Sampaio que aponta que Chico Preto não pode ser beneficiado pela decisão do TSE porque o Avante apoia coligação que já tem senador.

9 de agosto de 2022

Silas Câmara declara patrimônio de R$ 3,5 milhões à Justiça Eleitoral

O patrimônio do deputado federal evoluiu de R$ 2,1 milhões para R$ 3,5 milhões. Em 2006, quando ele foi eleito pela 3º vez para Câmara, os bens declarados somavam R$ 574 mil.

9 de agosto de 2022

Patrimônio dos irmãos Pinheiro evolui de R$ 557 mil para R$ 3 milhões

Candidata à reeleição, Mayara Pinheiro declarou possuir o patrimônio de R$ 1,9 milhão. A soma é R$ 864,6 mil a mais que os bens declarados pelo irmão, Adail Filho.

9 de agosto de 2022

O que faz um suplente de senador? O AM já definiu estes nomes; confira

Candidatos a suplentes nas chapas majoritárias são empresários, ex-dirigente de partido, professores e membros da comunidade indígena.

9 de agosto de 2022