fbpx

quarta, 10 de agosto de 2022

‘A gente precisa de trabalho e menos discurso’, avalia delegado Rodrigo de Sá

O delegado Rodrigo de Sá concedeu entrevista à TV RealTime1 e falou sobre a experiência de vida pública e a pré-candidatura a uma vaga na Câmara dos Deputados.

17 de maio de 2022

Compartilhe

Delegado Rodrigo de Sá é ex-diretor-presidente do Detran-AM (Foto: RealTime1)

O ex-diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) e pré-candidato a deputado federal, Delegado Rodrigo de Sá (PL) disse que o povo do Amazonas precisa de mais trabalho e menos discurso político. O posicionamento foi feito durante uma entrevista concedida ao jornalista Caio Fonseca, da TV RealTime1, nesta terça (17).

O delegado acumula 11 anos de carreira dedicados à segurança pública e por mais de três anos esteve à frente do Detran-AM. Para ele, a pauta principal de um eventual mandato é, de fato, priorizar as pessoas e possibilitar e potencializar a geração de emprego e renda em todo o Estado.

Rodrigo disse ser contra gastos exorbitantes em campanhas e revelou que não fará da política um campo de negócios para si. Sobre o cenário nacional, o delegado diz ser um apoiador de Bolsonaro, mas deixa claro que não fecha os olhos para o que traz prejuízos ao Amazonas.

O pré-candidato avalia que o político – sendo de direita ou esquerda – não pode ser radical e defende que o equilíbrio não significa o centro. Para ele, o Brasil depende muito do que os eleitores escolherão nas urnas nas Eleições Gerais de 2022.

“O que eu quero é que as pessoas saibam quem sou, conheçam o meu trabalho e, de repente, possam me dar um voto de confiança para que eu possa continuar o que já fiz e poder fazer ainda mais pelas pessoas”, destacou o pré-candidato a uma vaga na Câmara Federal.

Assista a entrevista completa abaixo:

A TV RealTime1 iniciou ontem (16) uma série de entrevistas com os pré-candidatos do Amazonas à Câmara Federal. Todas as entrevistas ficam disponíveis no YouTube e você pode acessar clicando o canal aqui.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Michelle Bolsonaro ataca Lula e associa religiões africanas a ‘trevas’

Em vídeo divulgado por Michelle, Lula se encontra com representantes de religiões de matriz africana. Para ela, o ato corresponde a "principados e potestades das trevas".

9 de agosto de 2022

DC refaz contas para garantir mínimo da cota feminina nas Eleições do AM

Antes, o partido não havia apresentado o mínimo de candidaturas femininas para a disputa na Câmara Federal. Agora, a sigla conta com duas mulheres e quatro homens.

9 de agosto de 2022

Após definir palanque com Braga e Omar, Lula vem ao AM em setembro

Viagem está marcada para o início do mês de setembro, conforme informou ao RealTime1 o presidente estadual do PCdoB, Eron Bezerra.

9 de agosto de 2022

TRE-AM realiza curso para Prestação de Contas das Eleições 2022

O treinamento visa a correta prestação de contas, desde a utilização do sistema da Justiça Eleitoral até o lançamento das receitas e despesas. Inscrições encerram dia 12.

9 de agosto de 2022

Chico diz que tentará Senado de forma avulsa, mas pode ser impugnado

O alerta é do advogado Augusto Sampaio que aponta que Chico Preto não pode ser beneficiado pela decisão do TSE porque o Avante apoia coligação que já tem senador.

9 de agosto de 2022

Silas Câmara declara patrimônio de R$ 3,5 milhões à Justiça Eleitoral

O patrimônio do deputado federal evoluiu de R$ 2,1 milhões para R$ 3,5 milhões. Em 2006, quando ele foi eleito pela 3º vez para Câmara, os bens declarados somavam R$ 574 mil.

9 de agosto de 2022

Patrimônio dos irmãos Pinheiro evolui de R$ 557 mil para R$ 3 milhões

Candidata à reeleição, Mayara Pinheiro declarou possuir o patrimônio de R$ 1,9 milhão. A soma é R$ 864,6 mil a mais que os bens declarados pelo irmão, Adail Filho.

9 de agosto de 2022

O que faz um suplente de senador? O AM já definiu estes nomes; confira

Candidatos a suplentes nas chapas majoritárias são empresários, ex-dirigente de partido, professores e membros da comunidade indígena.

9 de agosto de 2022