fbpx

sábado, 23 de outubro de 2021

Depois de se esquivar sobre o ‘puxadinho’ da CMM, Carpê cobra holofotes

Depois de ter visto a repercussão negativa sobre o 'puxadinho', o vereador resolveu se posicionar e passou a criticar a postura dos demais colegas que aprovam a obra.

22 de setembro de 2021

Compartilhe

Vereadores tentam recuperar a imagem de defensores do povo (Foto: Reprodução)

Nas últimas semanas, a possível construção de um prédio anexo à Câmara Municipal de Manaus (CMM) no valor de R$ 32 milhões tem dado o que falar. Dos 41 vereadores, apenas dois, Amom Mandel (sem partido) e Rodrigo Guedes (PSC) tiveram coragem de se posicionarem publicamente para enfatizar que eram contra a obra do ”elefante branco” com o dinheiro do contribuinte manauara e tentaram, efetivamente, barrar o processo acionando a Justiça. Os outrosparlamentares optaram por se calar.

Depois de ver a repercussão do tema na mídia local e até mesmo entre a população, outros parlamentares tomaram um ‘chá de realidade’ e passaram a criticar o ‘xodó’ do presidente da CMM, David Reis (Avante), que já havia assegurado que realizaria a obra, por considerá-la ”essencial” para a cidade de Manaus.

Capitão Carpê (Republicanos) usou até um tom ofendido em suas redes sociais para, enfim, declarar sua posição contrária, numa possível tentativa de recuperar a imagem de ‘grande defensor do povo’ a que sempre se coloca na internet.

”Sempre fui contra a construção deste anexo e contra o aluguel das pick ups. Deixei isso bem claro desde o início (…) o fato de não protocolar oficialmente, não muda meu ponto de vista. Possíveis regalias é imoral para a população e isso não precisa de provas. Jamais, em hipótese alguma, irei compactuar com esse tipo de decisão”.

Em uma de suas postagens nas redes sociais, Carpê chegou a ser cobrado por um webanuta ao postar que era contra o aluguel de 41 pick-ups para o uso dos parlamentares.

Carpê deu a entender que não aproveitou a deixa de Amom e Rodrigo para não parecer aproveitador. ”Não é da minha índole se aproximar de alguém com o intuito de interesse próprio”. Em um vídeo, ele se manifestou intempestivamente após a Justiça ter barrado a licitação. O vereador disse ainda que além dele, os colegas Kennedy Marques (PMN) e Raiff Matos (DC) também são contra o ”puxadinho”.

”Eu concordo plenamente com o que os vereadores Amom e Rodrigo Guedes estão falando, porém discordo quando eles dizem que isso é uma luta apenas deles. Dá a entender que são super heróis, que são só eles que levantaram essa bandeira”, criticou Carpê.

Justiça jogou um balde de água fria no sonho de David Reis

Na última sexta-feira (17), o juiz Marcelo da Costa Vieira, do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), concedeu liminar de suspensão do procedimento licitatório para a construção do prédio anexo.

Após a negativa da Justiça pela construção do anexo e a repercussão negativa gerada ao tornar público o aviso de licitação para alugar 41 pick-ups para os vereadores. Na noite de sexta-feira (17) a CMM divulgou o aviso de suspensão em seu Diário Oficial.

Texto: João Luiz Onety

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Após viagens na pandemia e diagnóstico de Covid-19, Assis volta à CMM

Vereador chamava a atenção de pessoas por aglomerações e o não uso de máscara, mas na Pandemia emendou duas viagens seguidas em agosto e voltou pra Manaus com Covid-19.

22 de outubro de 2021

Ex-ministro Esteves Colnago assumirá Secretaria de Tesouro e Orçamento

A nomeação foi confirmada há pouco pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, em declaração conjunta ao lado do presidente Jair Bolsonaro.

22 de outubro de 2021

Presidência ou Senado? Sérgio Moro confirma filiação ao Podemos

O ex-juiz deve decidir se concorrerá à Presidência ou ao Senado em breve. A expectativa dentro do partido é que Moro concorra ao Palácio do Planalto.

22 de outubro de 2021

Precatórios: mudanças no teto de gastos, vacinas e Auxílio Brasil

O relator, deputado Hugo Motta, destacou que a aprovação é importante para garantir o Auxílio Brasil, com a previsão de R$ 400 para atender 17 milhões de famílias em 2022.

22 de outubro de 2021

Magistrados do TJAM custaram quase 50 mil em 2020, diz CNJ

Relatório Justiça em Números, produzido pelo Conselho Nacional de Justiça, apresenta números detalhados da atividade dos tribunais brasileiros em 2020.

22 de outubro de 2021

Grupo Samel se posiciona sobre estudo com a proxalutamida

Diretoria do grupo Samel explicou, em direito de resposta obtido na Justiça contra o jornal O Globo, qual papel da empresa na pesquisa com medicamento proxalutamida.

22 de outubro de 2021

Senado aprova PL que prevê repasse de R$ 2 bilhões para Santas Casas

As entidades a serem beneficiadas são aquelas que complementam as operações do SUS, recebendo demandas do sistema público. O texto ainda precisa ser votado na Câmara.

22 de outubro de 2021

Governo pede correção na autorização de empréstimo de R$ 452 milhões

Governo alegou que o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) solicitou garantias mais sólidas para a celebração do contrato entre as partes.

22 de outubro de 2021