fbpx

sexta, 30 de julho de 2021

Bolsonaro ataca China e CPI teme retaliação na produção de vacina

Presidente disse que vivemos uma guerra e, logo em seguida, lembrou, sem citar, que a China teve grande aumento de PIB no ano passado.

5 de maio de 2021

Compartilhe

Embora tenha sido desenvolvida na Inglaterra e produzida na Índia, vacina Astrazeneca tem IFA produzido na China (Foto: Reprodução)

O discurso do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fazendo novas insinuações de que a China criou o vírus em “uma nova guerra” repercutiu rapidamente entre os senadores da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19 que temem uma retaliação dos chineses, produtores do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) que são a base das vacinas produzidas pelo Instituto Butantan, a CoronaVac, e pelo laboratório BioManguinhos, da Fundação Oswaldo Cruz, que produz a vacina Astrazeneca/Oxford no Brasil.

Em evento na manhã desta quarta-feira (5), Bolsonaro perguntou retoricamente ao público se a pandemia de Covid-19 não poderia ser “uma nova guerra”Logo depois, fez uma referência oblíqua à China. Deu a declaração no Palácio do Planalto. “É um vírus novo, ninguém sabe se nasceu em laboratório ou nasceu por algum ser humano ingerir um animal inadequado. Mas está aí”, disse.

E ainda completou: “Os militares sabem o que é guerra química, bacteriológica e radiológica. Será que não estamos enfrentando uma nova guerra? Qual o país que mais cresceu o seu PIB? Não vou dizer para vocês”, disse Bolsonaro sem querer citar a China, que registrou no ano passado 2%, o segundo melhor desempenho econômico em 2020 entre 50 países analisados pela Austin Rating. O 1º foi Taiwan (3,1%).

A fala de Bolsonaro foi considerada muito ruim pelo presidente da CPI, Omar Aziz (PSD), para quem brigar com a China neste momento em que precisamos do IFA é uma insanidade. O relator da CPI, Renan Calheiros (MDB/AL), também criticou a fala do presidente, evidenciando que esse comportamento é ruim para a diplomacia.

Texto: Gerson Severo Dantas, com informações do Poder360

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro ressuscita boatos de fraude nas Eleições e não prova nada

Presidente há um ano diz ter provas de que houve fraude nas Eleições em 2018. Nesta quinta-feira (29), mais uma vez não cumpriu com a palavra ao não revelar provas.

29 de julho de 2021

Punições pelo uso indevido de dados pessoais começam a valer domingo

Quem infringir a lei fica sujeito a advertência, multa simples, multa diária, suspensão parcial ou total de funcionamento, além de outras sanções.

29 de julho de 2021

CPI centrará fogo nas plataformas de redes sociais que divulgaram mentiras

O senador Omar Aziz considera um absurdo a quantidade de mentiras e desinformação que circula nas plataformas de redes sociais a partir de robôs de internet.

29 de julho de 2021

Senador do AM chama procurador do MPF de ‘militante ambiental’

O procurador proibiu que o Ibama realize audiências virtuais para expor o estudo de impacto ambiental para licenciamento da BR-319. Órgão tem 10 dias para acatar a decisão.

29 de julho de 2021

Pazuello depõe em inquérito da PF que apura prevaricação de Bolsonaro

O ex-ministro da Saúde começou a depor às 10h e até o momento segue na superintendência da Polícia Federal em Brasília. Pazuello hoje trabalha na cozinha do Planalto.

29 de julho de 2021

Procurador pede que Coari suspenda festividades pelos 89 anos da cidade

A comemoração dos 89 anos da fundação de Coari, recheada de eventos, deve ser suspensa a pedido Ministério Público do Amazonas devido ao risco sanitário.

29 de julho de 2021

STF desmente Bolsonaro sobre ‘proibir’ a União de atuar no combate à Covid

Desde o início da pandemia a ADI do STF é usada pelo presidente Jair Bolsonaro para mentir sobre a falta de ação do Governo Federal no combate à Covid-19.

29 de julho de 2021

Omar garante que CPI já tem provas que atestam crimes na pandemia

Presidente da CPI da Covid-19, Omar Aziz afirmou que documentos e depoimentos já tomados provam a existência de crimes cometidos por agentes públicos e particulares.

29 de julho de 2021