fbpx

terça, 15 de junho de 2021

Teich considera que Pazuello não poderia ser ministro

Ex-ministro disse em depoimento a CPI que o general poderia cumprir missões sob a orientação dele, mas não tinha conhecimento para exercer o cargo.

5 de maio de 2021

Compartilhe

Nelson Teich nomeou Pazuello para o cargo de secretário-executivo do ministério por sugestão de Bolsonaro (Foto: Reprodução)

O ex-ministro da Saúde Nelson Teich considera que o sucessor dele no cargo, o general Eduardo Pazuello, não tinha condições de dirigir o ministério porque tinha pouco conhecimento sobre o funcionamento do Sistema Único de Saúde (SUS).

Em resposta ao relator da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19, Renan Calheiros, que perguntou, nesta quarta-feira (5), sobre as qualificações de Pazuello para ser o número 2 de Teich no ministério uma vez que ele próprio havia dito que não conhecia o sistema.

“Ele foi uma sugestão do presidente [Jair Bolsonaro], eu conversei com ele e considerei que ele poderia dar uma contribuição por ter conseguido dar soluções para questões complexas [de logística]”, disse, referindo-se a atuação do general na Operação Acolhida, que atende venezuelanos na fronteira de Roraima, e nas Olimpíadas do Rio de Janeiro.

Segundo Teich, Pazuello poderia dar (e deu) uma contribuição para o enfrentamento da pandemia estando sob a supervisão dele, agindo para cumprir tarefas. No entanto, Teich foi claro ao dizer que o general não tinha condições de ser o ministro, orientando e executando políticas públicas de saúde

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Privatização da Eletrobrás em debate no Senado já tem voto contra do AM

Os senadores amazonenses Omar Aziz (PSD) e Plínio Valério (PSDB) anunciaram seus votos contrários ao texto aprovado na Câmara dos Deputados.

15 de junho de 2021

Braga ‘esquece’ que defendeu abertura do comércio em dezembro

Crítico da gestão de Wilson Lima (PSC) e em busca da cadeira de governo do Estado, o senador Eduardo Braga (MDB) chegou a afirmar que não era "hora de fechar o comércio".

15 de junho de 2021

Para comprometer Wilson, Braga flerta com governistas na CPI da Covid

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

15 de junho de 2021

Governo Federal não atendeu as demandas do Amazonas, diz ex-secretário

Em depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito, ex-secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo considerou que socorro a Manaus não foi o adequado e nem o esperado.

15 de junho de 2021

Marcelo Serafim pede que FVS-AM inclua grupo de 12 a 17 anos na vacinação

Órgão de vigilância em saúde explicou que é responsável pela distribuição das vacinas contra Covid no Estado e que é o Ministério da Saúde quem define os grupos prioritários.

15 de junho de 2021

Mayra recomendou tratamento precoce em Manaus, diz Campêlo à CPI

Apesar da recomendação, o ex-secretário informou à CPI da Covid que o governo jamais usou essa estratégia para conter o avanço da doença e a explosão de casos em Manaus.

15 de junho de 2021

Versão reforçada: crise de oxigênio em Manaus durou apenas 2 dias

Tese defendida pelo ex-ministro Eduardo Pazuello e pelo ex-secretário-executivo Élcio Franco sobre o desabastecimento de oxigênio em Manaus foi repetida por Marcellus.

15 de junho de 2021

Nunes Marques suspende quebra de sigilo de Élcio Franco na CPI

Nunes Marques suspendeu quebra de sigilo do ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde Elcio Franco e de Helio Angotti, secretário de Ciência e Tecnologia da pasta.

15 de junho de 2021