fbpx

sexta, 25 de junho de 2021

CPI: governistas entram em choque com bancada das mulheres

De acordo com os governistas, por não ter titulares na comissão, a bancada feminina só poderia entrar na ordem de perguntas depois de todos os titulares e suplentes.

5 de maio de 2021

Compartilhe

A senadora Eliziane Gama discutiu com o senador governista Ciro Nogueira (Foto: Reprodução)

A CPI da Covid ficou paralisada por cerca de 20 minutos devido a um bate-boca entre senadores da base governista e a bancada feminina que buscava fazer perguntar ao ex-ministro Nelson Teich logo após o relator e o vice-presidente, como foi determinado pelo presidente da CPI, Omar Aziz (PSD).

De acordo com os governistas, por não ter titulares na comissão, a bancada feminina só poderia entrar na ordem de perguntas depois de todos os 11 titulares e os sete suplentes.

O senador governista Ciro Nogueira (PP-PI) afirmou que nada ficou acertado quanto a isso e não consta no regimento interno essa oportunidade dada as mulheres, causando desentendimentos com as senadores presentes, principalmente com a senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) e Simone Tebet (MDB-MS), escaladas pela bancada para falar na oitiva de Teich.

“Eu não sei porque tanto medo das mulheres”, disparou Eliziane.

“Isso foi uma concessão feita por nós, não está no regimento. Ontem, fizemos um apelo para que pudéssemos conceder esse direito às mulheres. E a concessão é por elas terem representatividade”, disse Omar Aziz, sobre a autorização de fala das mulheres.

“Nós pedimos ao plenário desta comissão na data de ontem que pudéssemos ter direito a uma fala na lista dos titulares e suplentes. Vossa excelência pôs a esta comissão aos senadores que estavam presentes e quando deliberou ao final”, disse Simone Tebet.

Os senadores continuaram a discussão e a sessão foi suspensa por alguns minutos, enquanto os ânimos eram alcamados.

Como não há nenhuma senadora integrando a CPI, quer seja como titular quer seja como suplente, a bancada escalou representantes para participar dos trabalhos. Ocorre que pelo regimento elas só poderiam falar após os titulares e suplentes. Com a concessão de Omar, uma senadora falará após o relator e o vice-presidente e outra senadora falará antes dos suplentes.

Texto: Milena Soares

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Especialistas em Saúde são contrários, mas Alemão quer comércio 100% aberto

Empresário e parlamentar, William Alemão afirma que maioria das pessoas dos grupos de risco para a Covid-19 está imunizada e que cenário é ideal para flexibilizar medidas.

25 de junho de 2021

Agenda antiambiental de Bolsonaro pode prejudicar Zona Franca de Manaus

A transgressão de compromissos internacionais para a preservação da floresta amazônica pode acarretar boicotes a produtos brasileiros em outros países.

25 de junho de 2021

Maioria do STF impede convocação de governadores pela CPI da Covid

Os ministros seguem decisão individual da ministra Rosa Weber, que suspendeu as convocações de governadores determinadas pela CPI da Pandemia.

24 de junho de 2021

Por ordem de Alexandre de Moraes, Daniel Silveira é preso novamente

O ministro do STF alega em sua decisão que Daniel Silveira violou mais de 30 vezes as regras da prisão domiciliar que o deputado está cumprindo desde o início do ano.

24 de junho de 2021

Câmara autoriza candidatura de gestor multado por conta irregular

A lei aprovada por 345 favoráveis, 98 contrários e quatro abstenções, libera para concorrer os gestores que foram punidos apenas com multa. A matéria segue para o Senado.

24 de junho de 2021

Irmãos bolsonaristas prometem ‘bomba’ na CPI para derrubar República

Além de revelar que possuem informações quentes do Governo Federal, os irmãos Miranda pediram segurança à CPI após intimidação de Onix Lorenzoni.

24 de junho de 2021

Filipe Martins ganha liminar para ficar calado em depoimento na CPI

Assessor Internacional da Presidência da República será ouvido para esclarecer a presença dele na reunião com representantes da Pfizer, em novembro, para a compra de vacinas.

24 de junho de 2021

Luis Miranda pede prisão de Onyx Lorenzoni e Elcio Franco à CPI

O deputado federal encaminhou um ofício ao presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz, no qual afirma que Onyx e Élcio estariam buscando coagi-lo antes do seu depoimento.

24 de junho de 2021