fbpx

quarta, 17 de agosto de 2022

Aos gritos de ‘Bolsonaro genocida’, manifestantes marcham em Manaus

Lideranças políticas, movimentos sindicais, sociais e estudantil se reuniram neste sábado em Manaus na manifestação nacional #Dia2ForaBolsonaro.

2 de outubro de 2021

Compartilhe

Serafim, Sinésio, Marcelo Ramos e Zé Ricardo marcharam lado a lado no movimento contra Bolsonaro, em Manaus (Foto: Reprodução/Twitter/Zé Ricardo)

Por volta das 16h deste sábado (2) manifestantes de oposição ao governo do presidente Bolsonaro (sem partido) saíram da praça da Saudade, no Centro, Zona Sul, em marcha até à Praça do Congresso, também no Centro. Aos gritos de “Fora Bolsonaro Genocida”, o público percorreu a avenida Epaminondas, rua José Clemente e avenida Eduardo Ribeiro.

No Amazonas, o movimento, que é organizado por movimentos sociais, estudantis e sindicais da esquerda e conta com o apoio de profissionais da Educação, estava previsto para ter início às 15h, porém iniciou com atraso em meio ao clima de chuva que se instalou em Manaus desde o início da tarde de hoje.

Entre os políticos que participaram do ato estão os deputados federais José Ricardo (PT) e Marcelo Ramos (PL), os deputados estaduais Serafim Corrêa (PSB) e Sinésio Campos (PT), a ex-senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), entre outros.

Sinésio avaliou que o ato só não teve maior adesão na capital amazonense por conta da chuva que caiu na região do Centro Histórico de Manaus e acabou atrasando o início da manifestação.

Zé Ricardo destacou que o povo não aguenta mais o governo Bolsonaro. “O povo nas ruas não aguenta mais a fome, a miséria, o desemprego, o aumento do valor da gasolina e o do gás de cozinha”, disparou o deputado federal.

Gritos de “Ai, ai ai ai, se empurrar o Bozo cai” também ecoaram pelas ruas do Centro Histórico da capital amazonense durante a marcha.

Após a marcha, os manifestantes pararam na Praça do Congresso. No local, ocorreu um ato cultural em homenagem a Paulo Freire e alguns dos políticos subiram em um trio elétrico (carro de som), onde discursaram sobre as causas defendidas no protesto e gritaram “fora Bolsonaro”.

‘Com Bolsonaro não dá’

A ex-senadora Vanessa Grazziotin disse, na tarde deste sábado (2), durante a manifestação em Manaus, que “não dá para chegar em 2022 com o presidente Bolsonaro (sem partido) no poder”.

Para ela, o povo precisa lutar para sensibilizar o Congresso Nacional, para que Bolsonaro seja retirado do comando do Brasil.

Manifestação #Dia2ForaBolsonaro

Neste sábado acontece o movimento nacional #Dia2ForaBolsonaro em várias cidades brasileiras. Em Manaus, o ato iniciou à tarde com concentração na praça da Saudade, situada na rua Simão Bolívar, bairro Centro, Zona Sul.

A manifestação contou com uma ampla gama de partidos e forças políticas desde a esquerda revolucionária ao centro social-liberal.

Além da pressão a favor da instalação do processo de impeachment de Bolsonaro, o movimento também diz não à Proposta de Ementa à Constituição 32/20 (PEC), que trata sobre a reforma administrativa – atualmente em tramitação na Câmara dos Deputados.

Manifestação em outras capitais brasileiras contra Bolsonaro

Pela manhã, foram registradas manifestações na cidade do Rio de Janeiro, de Salvador, Fortaleza, Belém, Boa Vista, Maceió e Goiânia.

Os atos pedem o impeachment do presidente, mais vacinas para a população, mudanças na política econômica do governo, ampliação das políticas de combate à fome, respeito à democracia e aos direitos humanos, mudanças na reforma administrativa, entre outros temas.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Moraes destaca união da Justiça Eleitoral a presidentes dos TREs

O presidente do TSE destacou que é importante que a Justiça Eleitoral tome algumas medidas preventivas em conjunto, e de forma padronizada, antes e no dia da Eleição.

17 de agosto de 2022

Tebet diz que aplausos a Moraes no TSE foram o maior recado a Bolsonaro

Simone Tebet ainda falou que a posse no TSE na noite anterior foi um momento histórico por reunir tantas personalidades do mundo político, em particular os ex-presidentes.

17 de agosto de 2022

De empresários a misses e policiais: 424 nomes disputam vaga na Aleam

Dos 23 partidos que lançaram nomes para Aleam, 10 apostaram em chapa completa, com 25 candidatos. O número de candidaturas deste pleito reduziu em relação às eleições 2018.

17 de agosto de 2022

Wilson faz corpo a corpo com os eleitores na zona Leste de Manaus

O candidato à reeleição irá realizar na tarde de hoje caminhada da Avenida Itaúba encerrando com um bandeiraço na Bola do Produtor para se aproximar do eleitor da capital.

17 de agosto de 2022

Primeira doação para campanha de Eduardo Braga é de R$ 200

O candidato recebeu doação de pessoa física no valor de R$ 200. Confira as regras e os limites de doação em dinheiro ou cessão de bens por eleitor para apoiar campanha.

17 de agosto de 2022

TRE-AM aprova envio de militares para sete municípios do interior

O TRE-AM solicitou tropas federais depois que o comando-geral da Polícia Militar disse não haver contingente para atender os municípios durante a eleição.

17 de agosto de 2022

Jingles de Amazonino, Braga e Wilson apostam em ritmos populares

Jingles de três candidatos têm elementos do axé, arrocha e música de beiradão, variam no tamanho dos versos e apresentam também coreografia para as redes sociais.

17 de agosto de 2022

Nenhum candidato ao Governo registrou gastos do 1º dia de campanha

O limite de gastos no primeiro turno é de R$ 7.115.522,46. No segundo, o valor é de R$ 3.557.761,23, para cada um dos candidatos ao Governo do Amazonas.

17 de agosto de 2022