sexta-feira, 12 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Aos gritos de 'Bolsonaro genocida', manifestantes marcham em Manaus

Lideranças políticas, movimentos sindicais, sociais e estudantil se reuniram neste sábado em Manaus na manifestação nacional #Dia2ForaBolsonaro.
COMPARTILHE
Manifestação de 2 de outubro de 2021 contra Bolsonaro em Manaus

Por volta das 16h deste sábado (2) manifestantes de oposição ao governo do presidente Bolsonaro (sem partido) saíram da praça da Saudade, no Centro, Zona Sul, em marcha até à Praça do Congresso, também no Centro. Aos gritos de “Fora Bolsonaro Genocida”, o público percorreu a avenida Epaminondas, rua José Clemente e avenida Eduardo Ribeiro.

No Amazonas, o movimento, que é organizado por movimentos sociais, estudantis e sindicais da esquerda e conta com o apoio de profissionais da Educação, estava previsto para ter início às 15h, porém iniciou com atraso em meio ao clima de chuva que se instalou em Manaus desde o início da tarde de hoje.

Entre os políticos que participaram do ato estão os deputados federais José Ricardo (PT) e Marcelo Ramos (PL), os deputados estaduais Serafim Corrêa (PSB) e Sinésio Campos (PT), a ex-senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB), entre outros.

Sinésio avaliou que o ato só não teve maior adesão na capital amazonense por conta da chuva que caiu na região do Centro Histórico de Manaus e acabou atrasando o início da manifestação.

Zé Ricardo destacou que o povo não aguenta mais o governo Bolsonaro. “O povo nas ruas não aguenta mais a fome, a miséria, o desemprego, o aumento do valor da gasolina e o do gás de cozinha”, disparou o deputado federal.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

Gritos de “Ai, ai ai ai, se empurrar o Bozo cai” também ecoaram pelas ruas do Centro Histórico da capital amazonense durante a marcha.

Após a marcha, os manifestantes pararam na Praça do Congresso. No local, ocorreu um ato cultural em homenagem a Paulo Freire e alguns dos políticos subiram em um trio elétrico (carro de som), onde discursaram sobre as causas defendidas no protesto e gritaram “fora Bolsonaro”.

‘Com Bolsonaro não dá’

A ex-senadora Vanessa Grazziotin disse, na tarde deste sábado (2), durante a manifestação em Manaus, que “não dá para chegar em 2022 com o presidente Bolsonaro (sem partido) no poder”.

Para ela, o povo precisa lutar para sensibilizar o Congresso Nacional, para que Bolsonaro seja retirado do comando do Brasil.

Manifestação #Dia2ForaBolsonaro

Neste sábado acontece o movimento nacional #Dia2ForaBolsonaro em várias cidades brasileiras. Em Manaus, o ato iniciou à tarde com concentração na praça da Saudade, situada na rua Simão Bolívar, bairro Centro, Zona Sul.

A manifestação contou com uma ampla gama de partidos e forças políticas desde a esquerda revolucionária ao centro social-liberal.

Além da pressão a favor da instalação do processo de impeachment de Bolsonaro, o movimento também diz não à Proposta de Ementa à Constituição 32/20 (PEC), que trata sobre a reforma administrativa – atualmente em tramitação na Câmara dos Deputados.

Manifestação em outras capitais brasileiras contra Bolsonaro

Pela manhã, foram registradas manifestações na cidade do Rio de Janeiro, de Salvador, Fortaleza, Belém, Boa Vista, Maceió e Goiânia.

Os atos pedem o impeachment do presidente, mais vacinas para a população, mudanças na política econômica do governo, ampliação das políticas de combate à fome, respeito à democracia e aos direitos humanos, mudanças na reforma administrativa, entre outros temas.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

COMPARTILHE