fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Amazonino Mendes anunciará futuro partidário na sexta-feira

O ex-governador Amazonino Mendes sofreu reveses na última semana e a possível filiação ao PSDB ficou mais difícil com a anunciada pré-candidatura do senador Plínio Valério.

14 de março de 2022

Compartilhe

Sem partido desde que deixou o Podemos, em meados do ano passado, Amazonino Mendes tem dificuldades para definir a filiação dele após ação de adversários (Foto: Reprodução)

O ex-governador Amazonino Mendes (sem partido) informou nesta segunda-feira (14), por meio da assessoria, que está “finalizando as articulações” e até a próxima sexta-feira (18) anunciará a pré-candidatura dele ao Governo do Estado e por qual partido disputará o cargo.

O destino partidário de Amazonino Mendes sofreu duros reveses na última semana, quando o governador Wilson Lima assinou ficha de filiação no União Brasil, partido que surgiu da fusão do DEM com o PSL; e o senador Plínio Valério anunciou que será o candidato do PSDB. Os dois partidos eram as principais opções do ex-governador.

O União Brasil era tido como o destino de Amazonino desde que a fusão do DEM com o PSL foi aprovada pelas direções dos dois partidos, em outubro do ano passado. Agora em fevereiro, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou a fusão e o União passou a existir legalmente, mas agora com a filiação de Wilson Lima já acertada.

Como o RealTime1 mostrou, o ingresso do governador no União Brasil deixou Amazonino com pouquíssimas opções viáveis e PSDB e MDB, dirigidos por ex-adversários dele na política amazonense, surgiram no horizonte do ex-governador na semana passada. O MDB, contudo, segue como opção menos problemática desde a decisão de Plínio de ser candidato ao Governo pelo PSDB.

O risco de Plínio prevalecer na disputa que trava com o atual presidente do Diretório Estadual tucano, o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto, é grande e a candidatura de Amazonino poderia ser abatida ainda no nascedouro.

Arthur chegou a anunciar a filiação do ex-governador, mas o senador garantiu em primeira mão durante uma entrevista à TV RealTime1 que Amazonino pode se filiar ao PSDB, mas não será candidato ao Governo.

A segunda opção de Amazonino seria fazer uma composição com o senador Eduardo Braga, que também é pré-candidato ao Governo do Estado e preside o MDB no Amazonas.

Nas conversas que teve com o senador no ano passado houve, segundo amigos de ambos, um acerto para que o candidato do partido fosse o que tivesse melhores condições no primeiro e no segundo turno da eleição. Quem estiver em melhor condição deve sair como candidato ao Governo e o outro, para o Senado.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro planeja mais R$ 1,2 bi para trator e ignora famílias carentes

Ministério da Cidadania comprou 247 tratores e outras máquinas agrícolas usando recursos que deveriam ser direcionados para mitigar impacto da pandemia em comunidades pobres.

26 de maio de 2022

Roberto Jefferson usa estrutura do PTB para atacar STF, dizem ex-dirigentes

Parlamentares dizem que Roberto Jefferson utiliza pessoas da estrutura partidária "para proferir xingamentos a ministros e realizar manifestações em frente ao Supremo".

26 de maio de 2022

Senado aprova MP que altera incentivos para indústrias químicas

Aprovação da medida provisória teve a relatoria do senador Eduardo Braga (MDB-AM), que aperfeiçoou o regime tributário cobrando contrapartidas do setor.

26 de maio de 2022

‘Não desisti, mas está muito difícil’, diz Plínio sobre candidatura ao Governo

O senador Plínio Valério (PSDB) afirmou que nos próximos dias deve tomar a decisão final se premanece como pré-candidato ao Governo do Amazonas até as convenções partidárias.

26 de maio de 2022

TSE aprova federação entre PSDB e Cidadania; partidos ficam juntos por 4 anos

Criado para salvar partidos pequenos, a federação pode facilitar a eleição de quadros a cargos proporcionais, como é o caso dos deputados federais.

26 de maio de 2022

Câmara pode votar sobre venda direta de etanol aos postos de combustíveis

A Medida Provisória 1100/22 faz ajustes na tributação da comercialização de etanol para viabilizar a venda direta do combustível dos produtores ao varejo.

26 de maio de 2022

PL aciona Lula e o PT no TSE por campanha eleitoral antecipada

O PL questiona atos pró-Lula em eventos da CUT e do PSol onde teria havido infração eleitoral, já que a pré-campanha veda pedido explicito de votos e ataque a adversários.

26 de maio de 2022

Plínio questiona programa de demissões do Banco da Amazônia

De acordo com o senador, a situação desses profissionais tende a se agravar ainda mais diante da crise social e econômica que o País atravessa, provocada pela pandemia.

26 de maio de 2022