fbpx

segunda, 08 de agosto de 2022

Uber anuncia encerramento do serviço de entrega de refeições no país

Anúncio acontece um dia após publicação da Lei que obriga aplicativos a pagar auxílios aos entregadores em caso de acidente durante o trabalho e de contaminação por Covid-19.

6 de janeiro de 2022

Compartilhe

Mudança acontece como forma de "alterar sua estratégia de delivery no Brasil" (Foto: Reprodução)

A Uber anunciou nesta quinta-feira (6) que vai encerrar o seu serviço de entregas de refeições de restaurantes em domicílio, o Uber Eats, em todo o país, até o próximo dia 7 de março. Segundo comunicado da empresa, a mudança acontece como forma de “alterar sua estratégia de delivery no Brasil”.

“Nosso principal objetivo daqui para frente será oferecer acesso à seleção de supermercados, lojas especializadas, pet shops, floriculturas, lojas de bebidas e outros artigos no aplicativo”, diz a nota.

Com isso, a empresa vai focar em duas frentes: os serviços de intermediação de entrega de compras de supermercados, operado pela Cornershop; e as entregas rápidas de pacotes e encomendas, por meio do Uber Flash. Além disso, a ideia é também expandir o Uber Direct, serviço de entrega de lojas diretamente aos clientes, no mesmo dia.

A partir desta quinta, já não é mais possível optar pela modalidade de pagamento em dinheiro nos pedidos feitos pela plataforma Uber Eats. “Todos os usuários conseguirão continuar fazendo pedidos até 7 de Março, porém apenas por meios digitais como cartão de crédito e débito e PIX”, informou a empresa.

Anúncio do encerramento das atividades do Uber Eats acontece um dia após publicação da Lei que obriga aplicativos a pagar auxílios aos entregadores em caso de acidente durante o trabalho e de contaminação por Covid-19.

Outro fator que contribuiu com a nova estratégia de empresa é a pressão da liderança do mercado do Ifood, que hoje conta com 70% de participação no segmento de entregas de alimentos via aplicativos.

Da redação

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Caminhoneiros recebem benefício emergencial a partir desta terça

O Benefício Caminhoneiro-TAC do Governo Bolsonaro tem validade até 31 de dezembro de 2022 e será pago em seis parcelas mensais, no valor de R$ 1 mil.

7 de agosto de 2022

Pequenos negócios geram 72% das vagas de emprego no 1º semestre

Na divisão por setores da economia, os pequenos negócios apresentaram saldo positivo na criação de empregos em todos os segmentos no acumulado do ano.

7 de agosto de 2022

Ataques de hackers fazem ANP adiar divulgação de preços da gasolina

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis informou que os sistemas foram retirados do ar para avaliação dos riscos à segurança cibernética da agência.

6 de agosto de 2022

Bancada do AM continua luta para sustar decreto de Bolsonaro contra a ZFM

Novo decreto tenta burlar a decisão do STF que preservou os produtos da Zona Franca que são submetidos a PPB. Petição será encaminhada ao ministro Alexandre de Moraes.

5 de agosto de 2022

Santander destina R$ 2 milhões para projetos de emprego e renda no País

Dez instituições de todo o País serão contempladas com recursos para projetos de emprego e renda voltados para jovens e adultos com proposta de inclusão produtiva.

5 de agosto de 2022

Suframa promove debate sobre cenários da Bioeconomia até 2040

Inscrições para o “Fórum de Bioeconomia” estão abertas. Objetivo é alinhar diretrizes e ações efetivas de caráter estratégico com reflexos no desenvolvimento da região.

5 de agosto de 2022

Ronaldo ‘Fenômeno’ detalha criação da SAF em evento da Expert XP 2022

Ex jogador da Seleção Brasileira e de times nacionais e internacionais, Ronaldo "Fenômeno" detalhou como opera a primeira SAF do futebol do País.

4 de agosto de 2022

Fieam completa 62 anos e cobra cumprimento de liminar em favor da ZFM

Decreto presidencial publicado no fim de semana contraria decisão liminar do ministro do STF Alexandre de Moraes e determina nova redução do IPI para itens produzidos na ZFM.

3 de agosto de 2022