terça-feira, 23 de julho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

R$180 MIL

Sem explicar recursos de campanha, pastor tem contas reprovadas no TRE-AM

Candidato disse não ter bens em seu nome e declarou ter usado na campanha R$180 mil de recursos próprios, o que configurou divergência para a Justiça.
COMPARTILHE
TRE-AM

Candidato a deputado federal nas eleições de 2022, o pastor José Nilmar Alves de Oliveira (PL) teve as contas reprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) por não ter conseguido comprovar a origem total dos recursos usados em campanha, que chegaram a quase R$400 mil.

O caso foi um dos cinco julgados pela corte eleitoral em sessão desta semana.

O candidato havia declarado à justiça eleitoral não possuir bens em seu nome. Para o pleito do ano passado, ele recebeu recursos que somaram R$ 398.330,00, divididos entre financeiros, vindos de recursos próprios e do Fundo Partidário.

O principal argumento para a reprovação de contas é o fato do candidato, que disse não possuir bens, ter declarado doação, de recursos próprios, no valor de R$180 mil. Segundo o TRE, isso compromete a confiabilidade das contas, já que não há como comprovar a origem.

O pastor do partido Liberal teve 6.772 votos nas eleições do ano passado.

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

A reportagem entrou em contato com a defesa do candidato, mas até o fechamento desta reportagem os esclarecimentos não foram respondidos. Caso haja manifestação, essa matéria será atualizada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COMPARTILHE