fbpx

sexta, 22 de outubro de 2021

Vanessa Grazziotin: ‘não dá para chegar em 2022 com Bolsonaro no poder’

Nesse sábado acontece em Manaus e diversas cidades brasileiras o movimento nacional #Dia2ForaBolsonaro. Na capital amazonense o ato reúne manifestantes no Centro, Zona Sul.

2 de outubro de 2021

Compartilhe

Ex-senadora divulgou vídeo na tarde deste sábado (2) falando sobre o movimento contra Bolsonaro em Manaus (Foto: Reprodução)

A ex-senadora pelo PCdoB Amazonas, Vanessa Grazziotin, que tem nome cogitado nos bastidores da política amazonense como pré-candidata a uma vaga de deputada federal nas Eleições de 2022, disse, na tarde deste sábado (2), durante manifestação contra o atual governo brasileiro, que “não dá para chegar em 2022 com o presidente Bolsonaro (sem partido) no poder”.

O pronunciamento da militante do PCdoB foi durante uma live feita na Praça da Saudade, no Centro, Zona Sul de Manaus, onde opositores ao atual governo federal se reúnem em Manaus para protestar contra a administração de Bolsonaro.

Para Vanessa, o povo precisa lutar para sensibilizar o Congresso Nacional, para que Bolsonaro seja retirado do comando do Brasil.

“O povo não aguenta mais pagar mais de R$ 7 pelo litro da gasolina e R$ 110 pelo botijão do gás. Não dá para chegar na Eleição de 2022 com esse presidente. Ele está dilapidando o Brasil, acabando com o povo brasileiro”, disparou Vanessa Grazziotin.

Confira o vídeo divulgado por ela diretamente da manifestação na tarde de hoje no Centro de Manaus:

Manifestação #Dia2ForaBolsonaro

Neste sábado acontece o movimento nacional #Dia2ForaBolsonaro em várias cidades brasileiras. Em Manaus, o ato teve início às 15h na Praça da Saudade, situada na rua Simão Bolívar, bairro Centro, Zona Sul.

A manifestação contou com uma ampla gama de partidos e forças políticas desde a esquerda revolucionária ao centro social-liberal.

Além da pressão a favor da instalação do processo de impeachment de Bolsonaro, o movimento também diz não à Proposta de Ementa à Constituição 32/20 (PEC), que trata sobre a reforma administrativa – atualmente em tramitação na Câmara dos Deputados.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Contratos realizados pela ManausCult são questionados por vereador

A dispensa de licitação envolve três empresas. Órgãos de controle e fiscalização foram acionados para investigar contratos da gestão de Alonso Oliveira na ManausCult.

22 de outubro de 2021

Marcelo Ramos é eleito o melhor deputado federal de 2021

Pelo terceiro ano consecutivo, o deputado federal pelo Amazonas e vice-presidente da Câmara dos Deputados esteve entre os premiados da seletiva do Prêmio Congresso em Foco.

22 de outubro de 2021

Após manobra para Auxílio de R$ 400, secretários de Guedes pedem demissão

A decisão ocorre no mesmo dia em que o governo definiu um acordo para rever a regra do teto de gastos em busca de garantir o Auxílio Brasil de R$ 400.

21 de outubro de 2021

Presidente do Senado quer mediar reunião entre estados e Petrobras

Os governadores reclamam que a matéria, que agora precisa passar pela análise do Senado, implica na perda de R$ 24,1 bilhões em arrecadação apenas para os estados.

21 de outubro de 2021

Militares perdem ação no TJAM e vão ter de pagar mais pela previdência

ADIN apresentada pela Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia e Bombeiros questionava lei que estabelece novas alíquotas de contribuição deles para a previdência.

21 de outubro de 2021

Confira: relatório da CPI não ficou só nas sugestões de indiciamentos

Além do indiciamento de 66 pessoas e duas empresas, relatório de Renan Calheiros propõe 15 projetos de lei, um projeto de lei complementar e uma PEC.

21 de outubro de 2021

Senado avalia projeto que destina 10% das vagas no Sine às mulheres violentadas

Pesquisa encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública revelou que, em 2020, uma em cada 4 mulheres acima de 16 anos afirmou ter sofrido algum tipo de violência.

21 de outubro de 2021

Semmas seguirá com baixo orçamento pelos próximos quatro anos

Plano Plurianual em análise na Câmara prevê que pasta do Meio Ambiente receberá em média, de 2022 a 2025, somente R$ 17,1 milhões, o menor orçamento dentre as secretárias.

21 de outubro de 2021