fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

STF condena Silveira a inelegibilidade e 8 anos e 9 meses de prisão

Pena prevê regime fechado, perda do mandato e dos direitos políticos. Deputado bolsonarista, Daniel Silveira ameaçou ministros do STF e pregou fechamento do tribunal.

21 de abril de 2022

Compartilhe

Daniel Silveira é acusado de incitação à animosidade entre as Forças Armadas e o Supremo (Foto: Evaristo Sa/AFP)cccc

O Supremo Tribunal Federal (STF) condenou, nesta quarta-feira (20), por ampla maioria (10 votos a 1), o deputado federal Daniel Silveira (PTB) a inelegibilidade, prisão de 8 anos e nove meses, em regime fechado, e o pagamento de multa de R$ 192,5 mil.

Silveira responderá pelo crime de tentar impedir, com emprego de violência ou grave ameaça, o livre exercício de qualquer Poder da União ou dos estados, além do crime de coação no curso do processo.

Os magistrados acompanharam o voto do relator do caso, ministro Alexandre de Moraes, que submeteu um voto ao Plenário com a previsão de 8 anos e 9 meses de prisão em regime fechado para Silveira. Moraes também pede que o parlamentar perca o mandato e os direitos políticos.

Pelos crimes imputados a ele, Moraes ainda determinou pagamento de multa de é de R$ 192,5 mil, mais a correção.

Ao proferir o voto para o julgamento de mérito do caso pedindo a condenação de Silveira, Moraes imputou a ele os crimes de tentar impedir, com emprego de violência ou grave ameaça, o livre exercício de qualquer Poder da União ou dos Estados, além do crime de coação no curso do processo.

O ministro começou a votar pouco depois das 17h, depois de a Procuradoria-Geral da República (PGR) pedir a condenação do deputado por “afrontas à democracia”, o que seria “intolerável”.

Moraes citou diversas falas de Silveira contra ele, contra o STF, o sistema eleitoral e outros ministros da Corte. Ele considerou que Silveira extrapolou qualquer princípio de liberdade de expressão. Disse ainda que o parlamentar repetiu por diversas vezes ameaças à Corte Suprema, como fez nesta quarta-feira, na Câmara dos Deputados.

Da Redação, com informações do Metrópoles

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson Lima acompanha retomada das obras dos anéis viários Sul e Leste

Com 27 quilômetros, os anéis Viários Leste e Sul interligarão as zonas norte, leste e centro-sul de Manaus, proporcionaram maior fluidez no tráfego de veículos.

25 de maio de 2022

Governo do AM destina R$ 2 mi a São Paulo de Olivença, Novo Airão e Anamã

Em Novo Airão, a construção do Parque Pinheiral, em uma área de 5014 m², proporcionará à população um local de caminhada ao ar livre, promovendo saúde e bem-estar.

25 de maio de 2022

Sinésio se irrita com ausência de Nicolau e sai do plenário da Aleam

Incomodado com faltosos, Sinésio Campos afirmou que irá propor que sejam votados apenas Projetos de Lei de deputados que estejam presentes no plenário da Aleam.

25 de maio de 2022

TCE-AM adere a Programa para mapear sites da administração pública

Durante o evento, realizado no plenário do Tribunal de Contas do Município de São Paulo, foram apresentadas a metodologia e as ferramentas que serão utilizadas no projeto.

25 de maio de 2022

Tebet é confirmada pré-candidata do MDB e acredita no apoio do PSDB

Confirmada pré-candidata do MDB à Presidência, Simone Tebet diz que representa o centro democrático e acredita que pode avançar sobre os eleitorados de Lula e Bolsonaro.

25 de maio de 2022

Carpê faz ação midiática contra suposto roubo de medicamentos em UBS

Em 2020, Capitão Alberto Neto (PL) disputava a Prefeitura de Manaus e interviu em um suposto assalto a ônibus e prendeu um pedreiro. Na época, ele também divulgou o fato.

25 de maio de 2022

Lincoln Portela é eleito vice-presidente da Câmara no lugar de Marcelo Ramos

Lincoln Portela foi eleito com 232 votos e o mandato será até fevereiro de 2023. Ele assume o cargo que era ocupado pelo deputado federal Marcelo Ramos.

25 de maio de 2022

PL descarta Alberto Neto e escolhe evangélico para lugar de Marcelo Ramos

A eleição para três cargos da Mesa Diretora, está marcada para hoje (25) com votação exclusivamente presencial no plenário Ulysses Guimarães.

25 de maio de 2022