fbpx

sexta, 21 de janeiro de 2022

Servidores da Semsa a um passo de reajuste salarial e indenização

Dois projetos estão em análise na CMM; um deles prevê reajuste salarial de 10,51% a servidores da saúde do município e outro idenização por atuação no combate à Covid-19.

13 de dezembro de 2021

Compartilhe

PLs já receberam parecer favoráveis de comissões e agora estão para análise em plenário (Foto: Divulgação)

O prefeito de Manaus, David Almeida, encaminhou à Câmara Municipal de Manaus (CMM), em regime de urgência, dois Projetos de Lei (PL’s) que beneficiarão profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). Os projetos estão em análise, mas já receberam, nesta segunda-feira (13), parecer favoráveis da procuradoria e também de comissões.

Um dos PLs tem o objetivo de indenizar profissionais de saúde que atuaram durante a pandemia de Covid-19 na capital amazonense.

A mensagem foi apresentada ao legislativo municipal no dia 6 de dezembro deste ano. Nesta segunda-feira (13), recebeu parecer favorável de duas comissões: a de Finanças, Economia e Orçamento (CFEO) e a de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), e também da Procuradoria Legislativa da CMM.

Com isso, o PL agora segue para deliberação em plenário.

A indenização, conforme o prefeito, é em prol da valorização e reconhecimento pelas atividades desempenhadas pelos servidores da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) no combate à pandemia da Covid-19.

O prefeito justifica que é preciso recompensar, valorizar, reconhecer e bonificar o servidor com a indenização. O pagamento dessa indenização, caso o projeto seja aprovado pela CMM, será realizada em folha de pagamento de cada servidor da Semsa.

Clique aqui para ler o PL na íntegra.

Reajuste salarial

Também no último dia 6, o prefeito um PL que concede reajuste salarial de 10,051% aos servidores da Semsa a partir do dia 1º de janeiro de 2022. O Projeto recebeu parecer favorável da Procuradoria e das comissões de Saúde (Comsau), de Serviços e Obras Públicas (Comsop), além da CFEO e da CCJR.

O texto agora segue pra análise em plenário. Clique aqui para o ler o PL na íntegra.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Mãe de Jair Bolsonaro morre aos 94 anos no interior de São Paulo

Olinda Bonturi Bolsonaro, morreu na madrugada desta sexta-feira (21), aos 94 anos, em Registro, no interior de São Paulo, onde estava internada desde a última segunda-feira.

21 de janeiro de 2022

PSOL aciona MPF contra aquisição da ‘DarkMatter’ pelo ‘gabinete do ódio’

Bancada do PSOL considera risco à democracia se 'gabinete do ódio' adquirir ferramenta de espionagem que pode ser usada para perseguir ativistas políticos e jornalistas.

21 de janeiro de 2022

Carol Braz e Luiz Castro ingressam no PDT durante convenção em Brasília

Defensora e ex-deputado vão liderar chapa majoritária do partido nas eleições. Filiação ocorrerá durante convenção que oficializará Ciro Gomes como candidato a Presidência.

21 de janeiro de 2022

Alas do MDB e do PSDB pressionam para união entre Doria e Simone

Doria tem dito que deseja ter uma mulher na sua chapa. Por meio de sua equipe de pré-campanha, ele afirmou que senadora estará ao seu lado na disputa pela presidência.

20 de janeiro de 2022

Presidente do TCE-AM determina retorno do regime híbrido de trabalho

Presidente Érico Desterro argumentou que o momento, onde os números de casos de Covid-19 voltaram a crescer no Amazonas, requer que se preserve a saúde dos servidores.

20 de janeiro de 2022

Mãe do presidente Bolsonaro continua internada em hospital no Sul de SP

Em agosto do ano passado, após uma visita à mãe, Jair Bolsonaro revelou que Olinda estava doente. “Ela não me reconhece mais”, disse, à época, a uma emissora de TV.

20 de janeiro de 2022

Aleam pede adiamento do início das aulas; Semed mantém data

Comissão de Educação da Aleam pediu adiamento do início das aulas por conta do novo cenário da pandemia. Rede municipal manteve a data, mas realizará de forma remota.

20 de janeiro de 2022

AM executou 100% das emendas impositivas da Educação em 40 cidades

Foram aplicados mais de R$ 45 milhões em 40 municípios do AM, incluindo Manaus, totalizando 100% das emendas impositivas destinadas pela Aleam para a Educação.

20 de janeiro de 2022