fbpx

terça, 24 de maio de 2022

PT, PCdoB e PV oficializam federação ‘Brasil da Esperança’ para 2022

Legendas da esquerda em torno da campanha de Lula (PT) registraram a federação 'Fe Brasil', nesta segunda-feira (18), e buscam criar uma base forte no Congresso Nacional.

19 de abril de 2022

Compartilhe

Gleisi Hoffmann, do PT, é a primeira presidenta da Fe Brasil, federação que junta a legenda com PCdoB e PV (Foto: Divulgação/PT)

As direções dos partidos de esquerda PT, PCdoB e PV registraram, nesta segunda-feira (18), a federação ‘Brasil da Esperança’ (Fe Brasil). As legendas estão mobilizadas pela campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para a Presidência e buscam criar uma base parlamentar forte no Congresso Nacional.

Nas redes sociais, as siglas da oposição comentaram a frente ampla pela campanha de Lula. “Com a Federação da Esperança, PT, PCdoB e PV vão com os parceiros do PSB, PSOL e Rede derrotar Bolsonaro criminoso e mostrar que um outro Brasil justo e humano é possível com Lula. Forças progressistas e democratas unidas pra fazer fortes bancadas e reconstruir o País”, postou no Twitter a primeira presidenta da Fe Brasil, Gleisi Hoffmann.

“PT, PCdoB e PV se unem para apresentar ao Brasil um programa de reconstrução do País, defesa da soberania nacional, da democracia e dos direitos do povo”, postou a administração do perfil oficial do PCdoB, também no Twitter.

O Partido Verde (PV) também fez postagem sobre a aliança, destacando que os documentos foram aprovados no último domingo (17).

De acordo com o material oficial do PCdoB, a Assembleia Geral da Federação será composta por 60 membros, sendo nove vagas distribuídas igualmente (três por partido) e 51 distribuídas na proporção dos votos obtidos por cada partido nas eleições para a Câmara dos Deputados de 2018.

Em trecho da nota oficial, a federação diz: “estamos ousando, construindo uma ferramenta nova, inovando e renovando a forma de fazer política, apostando na unidade e na convergência em torno de ideais e compromissos elevados com nosso País, que se expressam na Carta Programa de nossa Federação”.

Emerson Medina

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson confirma Bolsonaro em Manaus, mas não sabe se vai encontrá-lo

Wilson Lima afirmou que ainda está em tratativas com a equipe do presidente para saber se haverá um encontro. Essa é a primeira vez que Bolsonaro vem ao Amazonas em 2022.

24 de maio de 2022

Semmas defende educação ambiental para combater lixo em igarapés

Secretaria tem a menor previsão orçamentária para 2022 e qualquer implementação de política pública neste sentido pode ser afetada pela falta de recursos.

24 de maio de 2022

CPI da Amazonas Energia terá relatório final entregue até 30 de maio

O presidente da CPI, Sinésio Campos, destacou o trabalho de fiscalização dos medidores de energia que localizou diversos equipamentos com defeito prejudicando os clientes.

24 de maio de 2022

‘A responsabilidade é sua’, diz líder de caminhoneiros a Bolsonaro em vídeo

Wallace Landim, o "Chorão", um dos principais líderes da greve de 2018, cobrou atitude de Bolsonaro: "chame a responsabilidade, porque senão esse país vai estar parado".

24 de maio de 2022

Wilson afirma que luta continua para reverter danos à Zona Franca de Manaus

Antes de ingressar com ações no STF contra decretos federais, Wilson reuniu com Bolsonaro, e o presidenteu não cumpriu a promessa de rever os danos à Zona Franca de Manaus.

24 de maio de 2022

‘Próximo passo é trabalhar para termos ônibus a gás’, diz Wilson

Durante evento que anunciou a compra de ônibus elétricos na Prefeitura de Manaus, o governador afirmou que ter ônibus movidos a gás na capital é algo iminente.

24 de maio de 2022

AGU deveria ter aula de Geografia após ação contra ZFM, diz Serafim

Advogado-geral, Bruno Bianco Leal disse que grande distância não mais se apresenta como fator capaz de inibir o desenvolvimento econômico social da região

24 de maio de 2022

Shádia Fraxe deve substituir Fernanda Aryel na chapa federal do Avante

Aryel teria optado por recuar da disputa deste ano para priorizar projetos pessoais. Ela cursa Medicina. A decisão de deve aliviar a situação de pré-candidatos do Avante.

24 de maio de 2022