fbpx

domingo, 28 de novembro de 2021

Lei que prorroga isenções do ICMS por 15 anos é sancionada por Bolsonaro

O texto sancionado prevê a prorrogação de benefícios para os setores de comércio atacadista e empresas que desenvolvem atividades portuárias e aeroportuárias.

28 de outubro de 2021

Compartilhe

Lei beneficia comércio atacadista e atividades aeroportuárias (Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quarta-feira (27) um Projeto de Lei Complementar (PLP) que prorroga por 15 anos benefícios fiscais concedidos por estados para setores do comércio. O projeto já passou por análise do Congresso Nacional e agora entrará em vigor. 

O texto prevê a prorrogação de benefícios no Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para os setores de comércio atacadista e empresas que desenvolvem atividades portuárias e aeroportuárias. Além disso, podem ser beneficiados comerciantes e transportadores interestaduais de produtos agropecuários e extrativos vegetais in natura.

O objetivo desses benefícios fiscais é, na prática, atrair empresas e estimular investimentos. A nova lei prevê uma redução gradual dos benefícios prorrogados ao longo dos últimos quatro anos dos 15 previstos. Apenas o setor de vendas de produtos agropecuários e extrativos vegetais in natura ficam de fora dessa redução.

A lei dá respaldo aos benefícios concedidos pelos estados e pelo Distrito Federal por meio de normas internas, mas sem aval do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), episódio que ficou conhecido como “guerra fiscal” de ICMS. 

“A medida, ao facultar aos estados e ao Distrito Federal a ampliação do prazo de fruição de incentivos fiscais relativos ao ICMS, não apenas tem o potencial de beneficiar setores relativos à distribuição de mercadorias e de produtos agropecuários e extrativos de vegetais, importantes para a economia como um todo, mas também permite a ampliação do consumo com a redução de preços de itens essenciais ao destinatário final pela diluição da carga tributária”, informou a Secretaria-Geral da Presidência em comunicado para anunciar a sanção.

Fonte: Agência Brasil

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Câmara deve votar PEC de incentivos à tecnologia na terça

A Proposta de Emenda à Constituição 10/21 mantém incentivos tributários para empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TICs) e de semicondutores.

27 de novembro de 2021

Lira diz que Câmara está pronta para agir contra nova variante

Deputado afirmou que a Câmara estará pronta para responder, caso seja necessário adotar novas medidas de enfrentamento à nova variante do coronavírus, a Ômicron.

27 de novembro de 2021

Wilson Lima iniciou entrega do Auxílio Permanente em Maués e Parintins

No total, o Governo do Estado já levou a ajuda financeira para 20 cidades do interior. Em todo o estado, mais de 140 mil cartões já foram entregues.

27 de novembro de 2021

CPI da Covid: PGR envia ao STF dez medidas a serem adotadas após relatório

Os senadores do G7 - grupo majoritário da CPI - entregaram o relatório a Aras no dia 27 de outubro, um dia após o encerramento dos trabalhos da comissão.

27 de novembro de 2021

Bolsonaro: quem viajar da Argentina para o Brasil pode ter quarentena de 4 dias

Presidente diz que para quem viaja da Argentina de carro para o Brasil não há problemas. No entanto, quem viajar de avião tem que ficar quatro dias em quarentena.

27 de novembro de 2021

Coari: Justiça libera entrega de cartões do Auxílio Estadual e cestas básicas

No último dia 20, populares se revoltaram com o ex-prefeito de Coari, Adail Filho, após a juíza da eleição suplementar, Mônica do Carmo, ter proibido a entrega dos cartões.

26 de novembro de 2021

‘Dinheiro pro espaço’: Aleam compra direito de uso em satélite

Mesmo diante de uma grave crise econômica, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, Roberto Cidade não tem feito esforços para poupar o erário público.

26 de novembro de 2021

Plínio vota em Eduardo Leite e descarta Arthur Neto nas prévias do PSDB

'Manda quem tem mandato. E eu tenho', diz Plínio sobre disputa com Arthur. Avalia disputar a eleição para o Governo, mas não conta com a garantia de apoio do ex-prefeito.

26 de novembro de 2021