fbpx

quarta, 03 de maro de 2021

Iludida por Pazuello, população acima de 50 anos não terá vacina tão cedo

Ao contrário do que foi prometido, só serão contemplados com as vacinas o público-alvo formado por povos e comunidades ribeirinhas, quilombolas e trabalhadores da saúde.

20 de fevereiro de 2021

Compartilhe

Doses prometidas ao público a partir de 50 sequer tem previsão de serem aplicadas (Foto: Reprodução)

Depois de alardear que a aceleração do Plano Nacional de Imunização iniciaria pelo Amazonas na próxima segunda-feira (22), com a vacinação público-alvo a partir de 50 anos de idade, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, frustra, mais uma vez, as expectativas do estado mais fortemente afetado pela pandemia da Covid-19 no país.

O portal RealTime1 adiantou, no dia 13 de fevereiro, que as vacinas não chegariam no dia 22. Leia matéria aqui.

O dia 22 de fevereiro seria, na verdade, a data prevista para que as vacinas sejam liberadas pelos laboratórios ao Ministério da Saúde, e não para a entrega em Manaus.

Vacinas apenas para ribeirinhos e quilombolas

Um ofício do Ministério da Saúde, enviado à Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) nesta sexta-feira (19), informa que até o fim deste mês somente os públicos-alvo formado por povos e comunidades ribeirinhas, quilombolas e trabalhadores da saúde serão contemplados com as vacinas

Com isso, de acordo com o documento, o estado vai receber 178.166 doses das vacinas, sendo 166.143 doses destinadas a povos e comunidades tradicionais ribeirinhos, 8.563 doses para povos e comunidades tradicionais quilombolas e 3.460 doses para trabalhadores de saúde.

Novos prazos

O cronograma do Ministério da Saúde prevê para março apenas a vacinação de pessoas na faixa etária dos 60 aos 65 anos (65.080 doses), de 65 a 69 anos (56.799 doses) e profissionais da saúde (32.880 doses).

Com isso, o Ministério da Saúde mostra que não possui sequer uma previsão de quando vai aplicar as prometidas doses destinadas ao público a partir de 50 anos.

E, mais uma vez, o ministro Eduardo Pazuello frustra a população de seu próprio estado.

Reportagem: Lucas Raposo

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Eleição Ufam: para Andrea Waichman, prioridade é ajustar ano letivo

A Professora-titular da Universidade Federal do Amazonas Andrea Waichman abriu, nesta terça-feira (2), a série de entrevistas com os candidatos à reitoria da Ufam.

2 de março de 2021

REALTIME1 entrevista hoje a candidata a reitora da Ufam Andrea Waichman

Professora-titular da Universidade Federal do Amazonas abre, nesta terça-feira às 20h, a série de entrevistas com os candidatos a reitores da instituição.

2 de março de 2021

Vanessa: retorno e encontro marcado com procuradores da Lava Jato

Conversas dos procuradores que estão no âmbito da operação Spoofing mostram procuradores da Lava Jato comemorando a derrota de Vanessa na eleição de 2018.

2 de março de 2021

Em meio à pandemia, Câmara está há quatro dias sem votar projetos

Na semana passada, os vereadores se encaixaram no feriado no Enem e não realizaram sessões plenárias. Nessa segunda e terça-feira também não houve votação de nenhum projeto.

2 de março de 2021

Polsin defende Zona Franca, mas silencia sobre ataques do Governo Federal

Durante sua fala na ALE-AM o superintendente Algacir Polsin disse que a ZFM cumpre o seu papel de colaborar com o crescimento da Amazônia Ocidental e preservação da floresta

2 de março de 2021

Tony Medeiros decide assumir a vaga na Assembleia após saída de Josué Neto

Josué Neto foi escolhido por unanimidade entre os deputados para assumir a vaga do seu pai, Josué Filho, para a vaga no conselho do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM).

2 de março de 2021

Pela culatra: discurso raivoso Wilker rende elogios à atuação do governo

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

2 de março de 2021

Vereador lança plataforma gratuita de educação política para a população

Inicialmente serão abordados assuntos como a Constituição Federal, a divisão dos poderes, a competência legal dos vereadores e como funcionam as eleições no Brasil.

1 de março de 2021