fbpx

sexta, 26 de fevereiro de 2021

Sem doses: Prefeitura diz que não pode vacinar grupo de 50 a 69 anos

Grupo de pessoas com 50 a 69 anos ainda não pode ser vacinado, afirma a Prefeitura de Manaus em nota de esclarecimento, por falta de vacinas.

20 de fevereiro de 2021

Compartilhe

Falta vacina para ampliar imunização para grupo de 50 a 69 anos (Foto: Divulgação)

As afirmações de autoridades estaduais e federais acerca da ampliação das faixas etárias de 50 a 69 anos como novo grupo a ser vacinado levou a Prefeitura de Manaus a divulgar nota de esclarecimento informando sobre os fatos.

No documento, divulgado na noite de sexta-feira (19), o Executivo municipal informa que, como o município ainda não recebeu novo carregamento de vacinas, não é possivel vacinar outros grupos populacionais, como os de 50 a 69 anos, a não ser aqueles já incluídos na fase atual da campanha.

Os grupos prioritários atuais são: trabalhadores de saúde; idosos de 70 anos ou mais; idosos de instituições de longa permanência; pessoas com deficiência residentes em unidades assistenciais; e indígenas aldeados.

Leia a íntegra:

“NOTA DE ESCLARECIMENTO

Vacinação

Considerando a expectativa da população manauense quanto ao início da vacinação contra a Covid-19, para a faixa etária de 50 a 69 anos, a Prefeitura de Manaus esclarece que:

Até o momento, o município não recebeu novas remessas de vacinas que tornassem possível ampliar a população-alvo da campanha. Portanto, ainda não será possível dar início à vacinação das pessoas de 50 a 69 anos, mantendo o atendimento dos grupos prioritários da primeira etapa: trabalhadores de saúde; idosos de 70 anos ou mais; idosos de instituições de longa permanência; pessoas com deficiência residentes em unidades assistenciais; e indígenas aldeados.

Os grupos prioritários estão definidos no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, elaborado pelo Ministério da Saúde e atualizado no último dia 15. O plano elenca os segmentos populacionais a serem contemplados por ordem de prioridade e, até o momento, não inclui a faixa etária de 50 a 59 anos, a não ser no grupo das comorbidades (18 a 59 anos).

As vacinas encaminhadas pelo Ministério da Saúde são direcionadas para o atendimento de grupos populacionais específicos, com os percentuais de cobertura por grupo, não sendo possível aos municípios, alterar, por iniciativa própria, a destinação das doses recebidas.

De acordo com ofício circular do Ministério da Saúde enviado aos governos estaduais, no último dia 18, as próximas remessas destinadas ao Amazonas, com previsão de envio em fevereiro e março, contemplam os seguintes grupos: na primeira remessa, povos e comunidades tradicionais ribeirinhas, povos e comunidades tradicionais quilombolas e trabalhadores de saúde; e na segunda remessa, trabalhadores da saúde, pessoas de 75 a 79 anos, pessoas de 70 a 74 anos, pessoas de 65 a 69 anos e pessoas de 60 a 64, em percentuais específicos por grupo e tipo de vacina.

A Prefeitura de Manaus ainda não foi informada da quantidade a ser destinada ao município, mas, ainda assim, deu início ao reordenamento da campanha para fechar a etapa atual, garantindo a meta de imunizar 90% das populações contempladas e iniciar a nova etapa com novos fluxos e processos aprimorados.

Até o momento foram vacinados 85,6% dos trabalhadores de saúde, 79,2% das pessoas de 70 a 74 anos, 81,8% das pessoas de 75 a 79 anos, e 87,1% das pessoas com 80 anos e mais, além de 67,2% dos indígenas aldeados.

A Prefeitura de Manaus segue empenhada em realizar da forma mais transparente e eficiente a campanha de imunização contra a Covid-19, buscando todos os recursos estratégicos, materiais e humanos para o atendimento de qualidade que a população manauense merece.”

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Sem pauta e sem quórum deputados estaduais se limitam à falácia

Hoje, o alvo da base opositora foi uma viagem de Wilson Lima a Brasília. A Aleam, no ano passado, gastou com esses serviços R$ 11,3 milhões

25 de fevereiro de 2021

Sílvia Tuma é a nova corregedora do Ministério Público do Amazonas

Nova corregedora-geral terá mandato de dois anos e será responsável por fazer o controle interno das atividades de procuradores e promotores de Justiça do Amazonas

25 de fevereiro de 2021

Governo teve que fretar voo para buscar doses de vacina no Amapá

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

25 de fevereiro de 2021

REALTIME promove rodada de entrevistas com ‘reitoráveis’ da Ufam

Comunidade acadêmica realizará nos dias 10 e 11 de março a consulta que vai indicar a lista tríplice a ser levada para o presidente Jair Bolsonaro

25 de fevereiro de 2021

Novo corregedor-geral será escolhido hoje pelo Ministério Público

A votação virtual está sendo realizada até às 14h, pelo sistema Virtus através da internet. Para o cargo, entre os 20 procuradores no estado, há apenas uma candidata inscrita

25 de fevereiro de 2021

BR-319 ganha frente parlamentar em defesa da pavimentação da estrada

A Frente será composta por parlamentares da Amazônia e Ministério da Infraestrutura. Apara o início das obras, previstas para o 2o semestre

25 de fevereiro de 2021

Em plena pandemia, projetos de deputada priorizam a causa animal

Na sessão desta quarta-feira (24) quatro projetos da deputada Joana Darc (PL), com esse fim, foram retirados de pauta e ironizados pelos parlamentares.

24 de fevereiro de 2021

Declaração de Guedes à bancada do AM: mero deboche ou fritura à vista?

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

24 de fevereiro de 2021