fbpx

sexta, 23 de julho de 2021

Filhos de Bolsonaro provocam Renan, e senador revida com foto de penitenciária

Os filhos de Bolsonaro defendem que o pai é um homem honesto e, em contra partida, chamam o relator da CPI da Covid-19, senador Renan Calheiros, de vagabundo.

11 de julho de 2021

Compartilhe

Eduardo Bolsonaro (à esquerda) e Flávio Bolsonaro (Foto: Arquivo pessoal/ Instagram Eduardo Bolsonaro)

Os filhos de Bolsonaro (sem partido), senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), usaram duas camisas com frases em provocação ao senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, que investiga as ações e omissões do Governo Federal no combate ao novo coronavírus nos estados brasileiros. Renan respondeu às provocações dos bolsonaristas com uma foto da penitenciária do Rio de Janeiro.

Inicialmente, a postagem com a foto foi feita por Eduardo, no sábado (10), e republicada por Flávio em seus stories. No conteúdo, Flávio usa uma camisa com a frase: “Imagina um cidadão honesto ser preso por um vagabundo como Renan Calheiros”.

A frase já foi dita por Flávio Bolsonaro em uma das reuniões da Comissão. Na foto, ao lado do senador, está o irmão, deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), com uma peça escrita “genocida não é quem destina, e sim quem desvia…” A postagem foi feita inicialmente por Eduardo e republicada por Flávio em seus stories.

O senador Renan Calheiros, que já chegou a afirmar que não responderia mais as provocações da família Bolsonaro, declarou em seu twitter que “alguns vestem camisetas de escracho porque o que temem mesmo são as camisetas inevitáveis da clausura”, e publicou uma foto da Secretaria de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro.

Os irmãos trabalham na defesa do mandato do pai, o presidente Jair Bolsonaro, que está tendo o seu governo desgastado pelas acusações feitas na CPI da Covid. Atualmente, a Comissão investiga denúncias de irregularidades nas negociações das compras da vacina indiana Covaxin.

O presidente Bolsonaro está sendo acusado por crime de prevaricação, após receber a denúncia das irregularidades pelo deputado Luís Miranda (DEM-DF), e do seu irmão, servidor de carreira do departamento de Logística do Ministério da Saúde, Luís Ricardo Miranda, e não ter tomado providências.

Da Redação, com informações do site Congresso em Foco

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Auxílios e soluções tributárias foram destaque na Aleam durante a pandemia

Apesar da baixa quantidade de projetos propostos diretamente pelos parlamentares sobre ajuda financeira, a maioria recebeu celeridade na aprovação na Assembleia Legislativa.

23 de julho de 2021

Wilson Lima quer ‘transformar Amazonas’ com 13 projetos do Educa+

Abrangendo 13 projetos, o Educa+ busca transformar a educação em todos os 62 municípios com o intuito de formar estudantes com pensamentos mais críticos.

23 de julho de 2021

E-mails da Saúde atestam que Manaus serviu como ‘cobaia’ na pandemia

Documentos encaminhados a CPI da Covid mostram que Ministério mandou 11 médicos para Manaus no auge da segunda onda com a missão de disseminar uso do tratamento precoce.

23 de julho de 2021

Joice Hasselman é agredida e recebe solidariedade da bancada feminina

Deputada federal por São Paulo revelou que sofreu um possível 'atentado' enquanto assistia séries de televisão na sala do apartamento funcional onde mora em Brasília.

23 de julho de 2021

Criação de leis relacionadas à pandemia não foi prioridade na Aleam

Mesmo com 12% dos projetos de lei apresentados pelos deputados estaduais tratando de temas relacionados à pandemia, apenas seis deles foram transformados em Lei.

22 de julho de 2021

Flávio Bolsonaro é vacinado no Rio e agradece ao pai ‘negacionista’

Após publicar, em janeiro, post em rede social dizendo que não se vacinaria, filho do presidente foi, nesta quinta-feira, a um posto de saúde e recebeu a dose da AstraZeneca.

22 de julho de 2021

Parceria entre Governo e Infraero vai modernizar aeródromos do AM

Há 13 aeródromos em oito calhas do Amazonas. Haverá a execução de projetos, captação de recursos e fiscalização de obras aeroportuárias no Estado.

22 de julho de 2021

Tenente do Exército fala em ‘meter fogo’ em índios isolados no AM

"Vocês têm de cuidar dos índios isolados, porque senão eu vou, junto com os marubos, meter fogo nos isolados”, disse Henry, durante reunião na aldeia Paulinho.

22 de julho de 2021