fbpx

sexta, 23 de julho de 2021

Sem máscara e aglomerado: Bolsonaro participa de motociata em Porto Alegre

No próximo sábado (17), o motociata de Bolsonaro vai acontecer em Manaus. Organizadores esperam a participação de pelo menos 50 mil pessoas.

10 de julho de 2021

Compartilhe

Motociata acontece em Porto Alegre, neste sábado (10) (Foto: Reprodução/Facebook)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participou neste sábado (10) de uma motociata com apoiadores em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Vídeos compartilhados no perfil pessoal do presidente no Facebook, mostram o presidente em aglomeração de apoiadores durante o evento.

Nas imagens, Bolsonaro aparece interagindo com eleitores sem utilizar a proteção facial, item considerado indispensável por especialistas para o controle da disseminação do novo coronavírus.

No meio do passeio, Bolsonaro parou sua moto, ficou em pé sobre ela e acenou para os apoiadores. Ele aproveitou que estava em transmissão ao vivo no Facebook para falar para o público. 

“Não abriremos mão da nossa democracia, da nossa liberdade, dos nossos direitos, garantidos em nossa Constituição. Quem pensa o contrário, está no caminho errado”, disse o presidente aos espectadores do vídeo ao vivo.

Bolsonaro chegou ao Rio Grande do Sul nesta sexta-feira (9), quando participou da inauguração de uma planta produtiva de grafeno, na cidade de Caxias do Sul.

Segundo a agenda presidencial, ele participa de almoço com empresários gaúchos e, em seguida, retorna a Brasília.

Manaus vai receber o presidente no próximo sábado

Nas últimas semanas, o chefe do executivo federal participo de motociatas promovidas por apoiadores nas cidades do São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Chapecó (SC). No próximo sábado (17), o evento vai acontecer em Manaus.

Na capital do Amazonas, os organizadores esperam a participação de pelo menos 50 mil pessoas, incluindo eleitores de estados vizinhos, como Rondônia e Roraima. O grupo vai percorrer um percurso de 60 quilômetros, que inicia na Avenida do Turismo, passando pela Ponta Negra, Avenida Brasil, Ponte Jornalista Phelippe Daou, finalizando no Teatro Amazonas. O evento acontece em defesa do voto impresso auditável e pela conclusão da BR-319.

Texto: Lucas Raposo, com informações da Agência Brasil

Leia mais:

Leia mais sobre Política

E-mails da Saúde atestam que Manaus serviu como ‘cobaia’ na pandemia

Documentos encaminhados a CPI da Covid mostram que Ministério mandou 11 médicos para Manaus no auge da segunda onda com a missão de disseminar uso do tratamento precoce.

23 de julho de 2021

Joice Hasselman é agredida e recebe solidariedade da bancada feminina

Deputada federal por São Paulo revelou que sofreu um possível 'atentado' enquanto assistia séries de televisão na sala do apartamento funcional onde mora em Brasília.

23 de julho de 2021

Criação de leis relacionadas à pandemia não foi prioridade na Aleam

Mesmo com 12% dos projetos de lei apresentados pelos deputados estaduais tratando de temas relacionados à pandemia, apenas seis deles foram transformados em Lei.

22 de julho de 2021

Flávio Bolsonaro é vacinado no Rio e agradece ao pai ‘negacionista’

Após publicar, em janeiro, post em rede social dizendo que não se vacinaria, filho do presidente foi, nesta quinta-feira, a um posto de saúde e recebeu a dose da AstraZeneca.

22 de julho de 2021

Parceria entre Governo e Infraero vai modernizar aeródromos do AM

Há 13 aeródromos em oito calhas do Amazonas. Haverá a execução de projetos, captação de recursos e fiscalização de obras aeroportuárias no Estado.

22 de julho de 2021

Tenente do Exército fala em ‘meter fogo’ em índios isolados no AM

"Vocês têm de cuidar dos índios isolados, porque senão eu vou, junto com os marubos, meter fogo nos isolados”, disse Henry, durante reunião na aldeia Paulinho.

22 de julho de 2021

Guedes: Onyx e Nogueira melhoram laços de Bolsonaro com Senado

O anúncio dos nomes de Lorenzoni e Nogueira para comandar as duas pastas foi feito nesta quinta-feira pelo presidente Jair Bolsonaro.

22 de julho de 2021

Alexandre Saraiva adverte Braga Netto sobre o risco de prisão por desordem

Ex-superintendente da Polícia Federal no Amazonas escreveu numa rede social que o ministro poderia ser preso por tentativa de atrapalhar a eleição e promover a desordem.

22 de julho de 2021