fbpx

sexta, 21 de janeiro de 2022

Eleições 2022: confira as regras para propaganda eleitoral

Entre as principais novidades está o endurecimento das regras relativas à produção e compartilhamento de informações sabidamente inverídicas sobre candidatos e partidos.

9 de janeiro de 2022

Compartilhe

(Foto: Reprodução)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, em dezembro, todas as normas que valerão para as eleições gerais de 2022, incluindo aquelas referentes à propaganda eleitoral.

Entre as principais novidades está o endurecimento das regras relativas à produção e compartilhamento de informações sabidamente inverídicas sobre candidatos, partidos e o próprio processo eleitoral.

Tais condutas já eram vedadas e coibidas pela Justiça Eleitoral, mas a nova resolução prevê a responsabilização penal mais severa de quem espalhar desinformação.

Quem divulgar, na propaganda eleitoral ou durante a campanha, fake news sobre candidatos e partidos, por exemplo, fica agora sujeito à pena de detenção de dois meses a um ano, além de multa.

A mesma pena se aplica a quem produz, oferece ou vende vídeo com conteúdo inverídico acerca de partido ou candidato. A punição é acrescida de um terço se a conduta for praticada por meio de rádio, televisão ou redes sociais.

Pena ainda maior – de dois a quatro anos de prisão e multa de R$ 15 mil a R$ 50 mil – está prevista para quem contratar terceiros com a finalidade de emitir mensagens ou comentários na internet para ofender a honra ou desabonar a imagem de candidato, partido ou coligação.

A resolução ainda deixa explícito ser proibida a divulgação e compartilhamento de fatos sabidamente inverídicos ou gravemente descontextualizados que atinjam a integridade do processo eleitoral.

“Isso quer dizer que eventuais mentiras espalhadas intencionalmente para prejudicar os processos de votação, de apuração e totalização de votos poderão ser punidos com base em responsabilidade penal, abuso de poder e uso indevido dos meios de comunicação”, alertou o TSE.

Assim como em eleições anteriores, segue também vedado o disparo em massa de comunicações via aplicativos de mensagens instantâneas, embora seja possível contratar o impulsionamento de conteúdo na internet, desde que o serviço seja contratado junto a empresas previamente cadastradas no TSE.

Showmício

Segue vedada ainda a realização, seja de forma presencial ou via transmissão pela internet, dos chamados showmícios – eventos culturais com o objetivo claro de promover candidato ou partido. Contudo, fica permitida a realização de shows e eventos com objetivo específico de arrecadar recursos de campanha, desde que não haja pedido de votos.

Essas e outras regras específicas sobre propaganda eleitoral já foram publicadas  no Diário da Justiça Eletrônico e podem ser acessadas aqui.

Fonte: Agência Brasil

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Senador Omar Aziz revela que está com Covid, mas sem sintomas graves

O senador Omar Aziz, que presidiu a CPI da Covid do Senado, revelou, nas redes sociais, que tomava todas as precauções e seguia os protocolos, mas acabou contraindo a doença.

21 de janeiro de 2022

Mãe de Jair Bolsonaro morre aos 94 anos no interior de São Paulo

Olinda Bonturi Bolsonaro, morreu na madrugada desta sexta-feira (21), aos 94 anos, em Registro, no interior de São Paulo, onde estava internada desde a última segunda-feira.

21 de janeiro de 2022

PSOL aciona MPF contra aquisição da ‘DarkMatter’ pelo ‘gabinete do ódio’

Bancada do PSOL considera risco à democracia se 'gabinete do ódio' adquirir ferramenta de espionagem que pode ser usada para perseguir ativistas políticos e jornalistas.

21 de janeiro de 2022

Carol Braz e Luiz Castro ingressam no PDT durante convenção em Brasília

Defensora e ex-deputado vão liderar chapa majoritária do partido nas eleições. Filiação ocorrerá durante convenção que oficializará Ciro Gomes como candidato a Presidência.

21 de janeiro de 2022

Alas do MDB e do PSDB pressionam para união entre Doria e Simone

Doria tem dito que deseja ter uma mulher na sua chapa. Por meio de sua equipe de pré-campanha, ele afirmou que senadora estará ao seu lado na disputa pela presidência.

20 de janeiro de 2022

Presidente do TCE-AM determina retorno do regime híbrido de trabalho

Presidente Érico Desterro argumentou que o momento, onde os números de casos de Covid-19 voltaram a crescer no Amazonas, requer que se preserve a saúde dos servidores.

20 de janeiro de 2022

Mãe do presidente Bolsonaro continua internada em hospital no Sul de SP

Em agosto do ano passado, após uma visita à mãe, Jair Bolsonaro revelou que Olinda estava doente. “Ela não me reconhece mais”, disse, à época, a uma emissora de TV.

20 de janeiro de 2022

Aleam pede adiamento do início das aulas; Semed mantém data

Comissão de Educação da Aleam pediu adiamento do início das aulas por conta do novo cenário da pandemia. Rede municipal manteve a data, mas realizará de forma remota.

20 de janeiro de 2022