fbpx

segunda, 08 de agosto de 2022

CMM tem R$ 50 milhões de sobras orçamentárias do exercício de 2020

Valor das sobras poderia ser devolvido à Prefeitura de Manaus. Orçamento da Câmara Municipal em 2020 foi de R$ 168,6 milhões; Casa gastou R$ 118,2 milhões.

1 de outubro de 2021

Compartilhe

O repasse mensal da Prefeitura à CMM foi de R$ 14 milhões. Ainda conforme o relatório, R$ 108 milhões foram gastos com pessoal. (Foto: Foto Robervaldo Rocha)

O orçamento de 2020 da Câmara Municipal de Manaus (CMM) teve R$ 50 milhões de sobras. Esse é o valor que a Casa deixou de usar no exercício orçamentário passado e que poderia ser devolvido à Prefeitura Municipal de Manaus (PMM).

Segundo o relatório de gestão fiscal disponível na aba de transparência do site da CMM, a Câmara gastou, no período de janeiro a dezembro de 2020, R$ 118,2 milhões. A Lei Orçamentária Anual (LOA) aprovada em dezembro de 2019, que fixa em 6,2 bilhões o orçamento do município para o ano seguinte, reservou R$ 168,6 milhões à CMM.

O repasse mensal da Prefeitura à CMM foi de R$ 14 milhões. Ainda conforme o relatório, R$ 108 milhões foram gastos com pessoal.

No ano passado, a Câmara Municipal era presidida pelo vereador Joelson Silva (Patriota). Com a eleição da atual legislatura, em janeiro, o vereador David Reis (Avante) ascendeu à presidência do Legislativo municipal propondo a construção de um prédio anexo que custaria R$ 32 milhões aos cofres da Casa.

Nesta semana, Reis sinalizou que vai desistir definitivamente do “puxadinho”. A decisão vem depois que ele travou uma disputa judicial com os vereadores Rodrigo Guedes (PSC) e Amom Mandel (sem partido) pela construção do anexo.

O que mais pesou no recuo do chefe da Mesa Diretora foi a decisão judicial da desembargadora Socorro Guedes do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) que na última sexta-feira (24), recusou recurso da Câmara para retomar o andamento da licitação do prédio.

Guedes já chegou a cobrar de David Reis que o vereador devolva o excedente orçamentário do ano anterior à Prefeitura. Nas últimas duas semanas, Reis evitou aparecer no plenário Ruy Araújo, passando o controle dos trabalhos legislativos nesse período ao 1° vice-presidente, vereador Wallace Oliveira (Pros).

O RealTime1 perguntou da Câmara qual é o número exato de sobras orçamentárias no exercício anterior passado e também questionou o que a Casa faz com o excedente. A reportagem não recebeu nenhum retorno da assessoria até o momento.

Texto: Jefferson Ramos

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson Lima se reúne com agricultores no Ramal do Brasileirinho

Governador conversou com cerca de 1 mil agricultores do ramal do Brasileirinho, na zona rural de Manaus, onde ouviu demandas do setor primário do Estado.

7 de agosto de 2022

Multidão invade ruas de Maués em apoio à comitiva do PSD e aliados

A comitiva percorreu ruas do município e foi seguida por uma multidão de apoiadores que prestigiaram o lançamento da candidatura de Sidney Leite à reeleição na Câmara.

7 de agosto de 2022

Bolsonaro paga R$ 89 milhões em campanhas que elogiam sua gestão

Três campanhas institucionais são as mais caras pagas pelo Governo Bolsonaro. 60% do valor gasto até o momento é com ênfase nas redes sociais.

7 de agosto de 2022

Campanha de Lula quer Petrobras fora de privatização e ações da Eletrobras

Proposta da campanha de Lula inclui ainda a fusão da Petrobras com a Eletrobras criando uma estatal da energia. Assessores veem erros nas privatizações de Bolsonaro.

7 de agosto de 2022

Ambev pode sair do Amazonas e causar desemprego, alerta senador

Omar Aziz alertou que decretos de redução do IPI de concentrados ameaçam empregos em Maués, pois a Ambev, que compra guaraná do município; pode sair do Amazonas.

7 de agosto de 2022

Michelle Bolsonaro diz em culto que Planalto já foi ‘consagrado a demônios’

Michelle Bolsonaro reforça aspecto evangélico da campanha de Bolsonaro e tenta diminuir rejeição do presidente junto ao eleitorado das mulheres.

7 de agosto de 2022

1º debate com candidatos ao Governo do AM acontece neste domingo

Band Amazonas mantém tradição com debate e com o formato, anunciando o fim do botão de tempo que era administrado pelos próprios candidatos.

7 de agosto de 2022

Mais de 23 milhões de eleitores estão aptos a votar voluntariamente

A Constituição Federal estabelece o voto facultativo, ou seja, opcional, para os jovens de 16 e 17 anos de idade; pessoas com 70 anos ou mais e também para analfabetos.

7 de agosto de 2022