fbpx

segunda, 04 de julho de 2022

Auditores do Trabalho entregam cargos por insatisfação a Bolsonaro

A ação reflete a insatisfação dos servidores públicos federais com o presidente Jair Bolsonaro após ele ter anunciado reajuste salarial somente para Policiais Federais.

6 de janeiro de 2022

Compartilhe

Mais de cem auditores do Trabalho entregaram os cargos após servidores do BC e da Receita (Foto: Divulgação Sinait)

Em movimento semelhante ao dos servidores do Banco Central e da Receita Federal, os auditores fiscais do Trabalho anunciaram a entrega de cargos de chefia e de coordenação. A ação reflete a insatisfação dos servidores públicos federais com o presidente Jair Bolsonaro após ele ter anunciado reajuste salarial exclusivamente para Policiais Federais.

De acordo com o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho (Sinait) são mais de cem servidores que entregaram os cargos em protesto pela falta de regulamentação do Bônus de Eficiência e Produtividade. A reivindicação foi comunicada pelo Sinait ao Ministério do Trabalho e Previdência (MTP) na terça-feira (4).

Na reunião de terça, o vice-presidente da entidade, Carlos Silva, e a diretora Rosa Jorge reuniram-se com o secretário Executivo Adjunto do MTP, Ricardo Moreira, que representou o ministro, Onyx Lorenzoni, e reforçaram a cobrança pela publicação do decreto de regulamentação.

Os representantes da entidade sindical lembraram que desde 2017 o pagamento da rubrica às carreiras é feito de forma isonômica e ressaltaram que, sem chefes e coordenadores, a área de fiscalização trabalhista ficará represada.

“O governo tem que cumprir a parte dele. Outro ponto que não conseguimos entender é a razão para que a nossa minuta de decreto não esteja tramitando conjuntamente com a minuta da Auditoria Fiscal da Receita. Desde 2017 recebemos o bônus igualitariamente, nunca houve nenhum tipo de diferenciação”, pontuou o vice-presidente Carlos Silva.

Com informações do Sinait

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro diz torcer para STF derrubar liminar que ampara ZFM

Presidente voltou a atribuir crise econômica no Brasil à manutenção dos incentivos para as empresas da Zona Franca de Manaus.

3 de julho de 2022

PT escolhe vereadora de Itacoatiara como suplente de Omar Aziz

Cheila Moreira é vice-presidente da Câmara Municipal de Itacoatiara e pessoa de confiança do deputado Sinésio Campos, presidente estadual do PT.

3 de julho de 2022

Reunião do PSol-AM acaba em briga e adia debate sobre disputa ao Governo

Partido reuniu filiados no último sábado no diretório regional, mas não conseguiu avançar na definição da disputa interna pela pré-candidatura ao Governo do AM.

3 de julho de 2022

Eleições 2022: restrições para agentes públicos começam a valer

Eles também não podem fazer pronunciamento oficial em cadeia de rádio de televisão, salvo em casos de questões urgentes e relevantes autorizados pela Justiça Eleitoral.

3 de julho de 2022

PT divulga nome de pré-candidatos a deputado federal e estadual no AM

Além dos pré-candidatos para a Aleam e Câmara Federal, os petistas homologaram o nome de Cheila Moreira para suplência do senador Omar Aziz (PSD).

2 de julho de 2022

Com apoio de Omar e Sidney, Manacapuru ganha escola construída sobre as águas

A escola municipal e a Quadra Poliesportiva Almir Batista da Silva, na comunidade Rainha dos Apóstolos, atenderão pelo menos 250 criança e jovens.

2 de julho de 2022

Datafolha: maioria diz que professor deve evitar falar de política

Pesquisa mostra que 54% dizem que pais têm o direito de proibir as escolas de ensinar temas que não achem adequados, mas apoiam discussão sobre pobreza e desigualdade social.

2 de julho de 2022

Com futuro incerto na disputa pelo Governo, PSol reúne filiados

Quatro nomes disputam internamente a preferência dos filiados, mas nenhum tem força suficiente para ser anunciado na briga pelo Governo sem ter que passar pelas prévias.

2 de julho de 2022