fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Amom prepara ação para ir ao STF contra aumento do Cotão de vereadores

Vereador diz que não foram cumpridos os ritos necessários para garantir a legalidade do projeto que gerou o aumento do Cotão da CMM de R$ 18 mil para R$ 33 mil.

3 de maio de 2022

Compartilhe

Amom Mandel (Foto: Divulgação/Assessoria)

O vereador Amom Mandel (Cidadania) afirmou, nesta terça-feira (3), que pretende entrar com uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF), no Supremo Tribunal Federal (STF), como medida extrema para tentar barrar o aumento de 83% da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (Ceap), o popular “Cotão”.

Ouvidor da Casa Legislativa, Amom argumentou que alguns preceitos fundamentais da Constituição da República Federativa Brasileira não foram garantidos no processo legislativo que culminou no aumento do Cotão, que não é uma verba imprescindível para a atuação parlamentar, conforme afirmou.

“Todo parlamentar é eleito pela população para defender, se pronunciar e votar as matérias que tramitam pela Casa. Como membro da Mesa Diretora, tenho a prerrogativa de assinar ou não um projeto de lei que é de autoria da Mesa, e isso me foi tirado. A legislação preconiza uma série de prerrogativas que devem ser cumpridas para que uma matéria tramite em regime de urgência, não era o caso do aumento da Cota”, disse.

O parlamentar também ressaltou que acredita que um dos motivos para que a Casa Legislativa tenha determinado a tramitação do projeto em regime de urgência foi para impedir seu pronunciamento contrário, na ocasião.

Aumento do Cotão

No último dia 28 de abril, após nova decisão proferida pelo desembargador Paulo Lima como resposta à ação popular movida por Amom, o valor disponibilizado mensalmente aos 41 parlamentares passou de R$ 18 mil para R$ 33 mil. O vereador garantiu que irá recorrer da decisão. A verba é utilizada para gastos com aluguel de veículos, combustível e divulgação da atividade parlamentar.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

‘Tenho certeza que Wilson Lima se reelege no 1º turno’, avalia Bonates

O ex-secretário de Segurança Pública do Amazonas concedeu entrevista à TV RealTime1 e falou sobre os planos que apresentará em Brasília caso seja eleito deputado federal.

26 de maio de 2022

Pacheco quer ouvir governadores antes de votar projeto que limita ICMS

Temendo perdas de arrecadação, Estados prometem pressionar senadores e até mesmo ir ao STF para barrar a proposta que define teto de 17% para ICMS de combustíveis e energia.

26 de maio de 2022

‘Ele foi covarde e pequeno como sempre é’, diz Marcelo sobre Lira

Marcelo Ramos afirmou que sua saída do cargo de vice-presidente da Câmara foi uma questão política motivada pela ira de Bolsonaro e subserviência de Arthur Lira.

26 de maio de 2022

Bolsonaro planeja mais R$ 1,2 bi para trator e ignora famílias carentes

Ministério da Cidadania comprou 247 tratores e outras máquinas agrícolas usando recursos que deveriam ser direcionados para mitigar impacto da pandemia em comunidades pobres.

26 de maio de 2022

Roberto Jefferson usa estrutura do PTB para atacar STF, dizem ex-dirigentes

Parlamentares dizem que Roberto Jefferson utiliza pessoas da estrutura partidária "para proferir xingamentos a ministros e realizar manifestações em frente ao Supremo".

26 de maio de 2022

Senado aprova MP que altera incentivos para indústrias químicas

Aprovação da medida provisória teve a relatoria do senador Eduardo Braga (MDB-AM), que aperfeiçoou o regime tributário cobrando contrapartidas do setor.

26 de maio de 2022

‘Não desisti, mas está muito difícil’, diz Plínio sobre candidatura ao Governo

O senador Plínio Valério (PSDB) afirmou que nos próximos dias deve tomar a decisão final se premanece como pré-candidato ao Governo do Amazonas até as convenções partidárias.

26 de maio de 2022

TSE aprova federação entre PSDB e Cidadania; partidos ficam juntos por 4 anos

Criado para salvar partidos pequenos, a federação pode facilitar a eleição de quadros a cargos proporcionais, como é o caso dos deputados federais.

26 de maio de 2022