fbpx

sábado, 27 de fevereiro de 2021

Escolas particulares lutam para manter o valor da mensalidade

Sinepe luta pela permanência do valor da mensalidade e afirma que a liminar, de 2020, concedeu postergação para o pagamento de 20% do valor abatido durante aulas remotas.

29 de janeiro de 2021

Compartilhe

Escolas particulares retornarão às aulas de forma remota

O Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Amazonas (Sinepe-AM) apresentou argumentos à Justiça pelo não deferimento do pedido, ingressado pela Defensoria Pública do Estado (DPE-AM), de extensão da liminar, concedida em 2020, que determina a redução de 20% nas mensalidades das escolas particulares no Amazonas, a partir da segunda parcela do ano letivo de 2021.

O assessor jurídico do Sinepe, Rodrigo Melo, frisa que a liminar concedida no último ano não concedia descontos, mas a postergação de 20% do valor da mensalidade durante a permanência de aulas remotas, decorrentes da pandemia do novo coronavírus.

“Não existe nenhuma decisão judicial que conceda descontos às mensalidades escolares para o ano de 2021. A DPE fez um pedido de extensão de uma liminar à Justiça, o que pode ser acatado, ou não”, disse.

Segundo Melo, o sindicato é contrário aos argumentos apresentados pela DPE.

Investimentos

Ele afirma que os estabelecimentos de ensino investiram em equipamentos tecnológicos para o atendimento ao período que exige que o ensino aconteça de forma virtual.

“Vivemos um outro ano, com novos investimentos, novos custos e todos os valores compõem a planilha de custos da instituição, que faz com que a anuidade tenha o seu valor indicado aos seus clientes. Em boa parte dos contratos firmados constam cláusulas específicas sobre o ensino remoto e a possibilidade da prestação dessa forma de ensino sem qualquer prejuízo do valor da mensalidade”, explicou.   

O assessor jurídico ainda informou que o sindicato enviou documento às escolas associadas informando que o retorno às aulas deverá acontecer, totalmente, de forma remota.

Reportagem: Priscila Caldas

Leia mais:

Leia mais sobre Economia

Cheia dos rios afeta produção agrícola nas calhas do Purus e Juruá

Em 13 municípios, manejos que ocorrem em áreas de várzea, como o cultivo de frutas e hortaliças, e a pecuária, foram interrompidos pela elevação do nível das águas.

26 de fevereiro de 2021

IR: acaba hoje prazo para empresas entregarem informes de rendimento

Segundo a Receita, o empregador que deixar de fornecer o comprovante dentro do prazo ou fornecer com inexatidão, ficará sujeito ao pagamento de multa de R$ 41,43.

26 de fevereiro de 2021

Grileiros vendem terras públicas no Sul do Amazonas até pelo Facebook

Decisão da Justiça Federal mostra que pecuaristas estão comprando terras públicas ou de áreas de conservação ambiental a espera da MP da Grilagem

26 de fevereiro de 2021

Caminhoneiros: MEI pode desburocratizar e baratear frete

Como MEI, trabalhadores autônomos poderão ter redução de 30% no pagamento de tributos e acesso à liberação de cargas por meio eletrônico.

26 de fevereiro de 2021

Índices de confiança da indústria e dos serviços caem em fevereiro

Índice de Confiança da Indústria recuou 3,4 pontos, na segunda queda consecutiva, e chegou a 107,9 pontos em uma escala de zero a 200 pontos, o menor patamar desde setembro.

26 de fevereiro de 2021

13,4 milhões sem trabalho: Brasil bate recorde de desemprego em 2020

Com taxa média de desemprego de 13,5%, 2020 registrou o pior resultado desde o início da série histórica, em 2012, segundo números da Pnad Contínua, divulgada pelo IBGE.

26 de fevereiro de 2021

Amazonas continua sem resposta com relação ao imposto das bicicletas

Na última terça-feira, o ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu um prazo de 24 horas para dar uma resposta a sobre a redução no Imposto de Importação sobre bicicletas.

25 de fevereiro de 2021

Pandemia reduziu em quase 70% o número de voos para Manaus

Manaus teve queda de 69% no receptivo em janeiro de 2021, em relação a janeiro de 2020. Para Abear, menor fluxo de passageiros no aeroporto é reflexo da pandemia da Covid-19.

25 de fevereiro de 2021