fbpx

sábado, 21 de maio de 2022

Yamaha sente falta de componentes e altera ritmo de produção até maio

Yamaha reduzirá o ritmo das atividades entre os meses de março e maio de 2022, com retorno à normalização das operações no dia 1º de junho. Problema é a falta de componentes.

25 de fevereiro de 2022

Compartilhe

Yamaha sente falta de componentes e altera ritmo de produção (Foto: Divulgação)

A Yamaha Motor da Amazônia divulgou nota nesta sexta-feira (25) informando que vai reduzir o ritmo das atividades entre os meses de março e maio de 2022, com retorno à normalização das operações no dia 1º de junho. Segundo a empresa, a medida será necessária para ajustar a produção ao fluxo de recebimento de insumos.

O presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Wilson Périco, confirmou que a falta de insumos segue afetando as fabricantes e que cada empresa tenta seguir o planejamento produtivo conforme a oferta de materiais.

“Foi uma decisão da empresa. A falta de insumos não é novidade. As fabricantes estão se planejando de acordo com a disponibilidade dos insumos e a decisão da Yamaha está baseada nisso. Mas é algo particular de cada empresa”, comentou Périco.

A reportagem solicitou detalhes à Yamaha Motor da Amazônia sobre o anúncio de alteração no cronograma de produção. Mas até o fechamento da edição não obteve resposta.

A equipe do RT1 ainda pediu informações à Moto Honda da Amazônia para saber se a falta de insumos compromete, neste período, o ritmo dos trabalhos. Mas a assessoria da empresa informou que não poderia atender à demanda até o final da sexta-feira (25).

Verticalizar produção é a saída, aponta Abraciclo

De acordo com o diretor executivo da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), Paulo Takeuchi, a a escassez dos semicondutores afeta menos o setor de duas rodas. Mas ainda há riscos de desabastecimento globalmente. Ele afirma que a verticalização da cadeia produtiva no Polo Industrial de Manaus (PIM) contribui para a redução da dependência da importação.

“A escassez dos semicondutores afeta menos o setor de duas rodas. O processo produtivo é verticalizado e a maioria das peças foi nacionalizada, o que reduz nossa dependência de fornecedores externos. Dessa forma, o setor não é tão impactado pela falta de insumos como acontece com outros setores da indústria”, informou.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Lei de tempo de espera máximo para atendimento é sancionada, no AM

O Instituto de Defesa do Consumidor do Amazonas destaca que, para que o consumidor consiga indenização perante a Justiça, é necessário recorrer ao Poder Judiciário.

20 de maio de 2022

PL destina recursos do pré-sal para políticas de pesca e aquicultura

Projeto de Lei 6114/19 destina para as políticas de aquicultura e pesca dos estados e municípios até 1% dos recursos arrecadados pela União com venda dos barris de petróleo.

20 de maio de 2022

PIM poderá ganhar fábrica da Tesla, empresa de Elon Musk, diz colunista

Informação é do colunista Igor Gadelha, do site Metrópoles. Em setembro do ano passado, a empresa apresentou, pela primeira vez, um protótipo de um veículo de duas rodas.

20 de maio de 2022

Em 4 meses, a arrecadação tributária do AM cresce 4% e supera R$ 5 bi

Crescimento reflete o bom desempenho da atividade comercial, e ainda, do subsetor de postos de combustíveis, que registraram alta na arrecadação, respectivamente, de 6% e 10%

20 de maio de 2022

Governo publica decreto com regras para mercado de carbono

Medida exige que os ministérios do Meio Ambiente e da Economia criem um plano de mitigação das mudanças climáticas, em que serão definidas metas de emissão de gases.

20 de maio de 2022

Eneva mais do que dobra reservas de gás na Bacia do Amazonas

Auditoria de reservas e recursos na Bacia do Amazonas mostra que as reservas de gás natural da Eneva passaram de 7,1 bilhão de m³ (Bm³) no fim de 2021 para 14,8 Bm³ em abril.

20 de maio de 2022

Brasil terá geração mais pobre com fechamento de escolas na pandemia, diz FMI

Aprendizado incompleto na pandemia pode diminuir o rendimento médio dessa geração de estudantes em 9,1%. Prognóstico coloca o país na 3ª pior posição entre os países do G20.

20 de maio de 2022

Startups podem obter crédito para acessar soluções tecnológicas

Programa Serpro Booster seleciona empresas tecnológicas e oferece créditos para que acessem algumas das melhores soluções tecnológicas de administração de dados públicos.

20 de maio de 2022