fbpx

terça, 24 de maio de 2022

Secretários de Fazenda mantêm congelamento do ICMS dos combustíveis

Secretários de Fazenda aprovaram o Convênio ICMS, que disciplina o ICMS para o óleo diesel; e também prorrogaram o congelamento do ICMS sobre os combustíveis até junho.

24 de março de 2022

Compartilhe

Secretários de Fazenda mantêm congelamento do ICMS dos combustíveis (Foto: Reprodução)

Os secretários de Fazenda aprovaram nesta quinta-feira (24) um Convênio ICMS que disciplina o imposto para o óleo diesel e cria a alíquota uniforme ad rem para o novo regime monofásico de cobrança. Também alteraram a redação do Convênio 1/2022, prorrogando o congelamento do ICMS sobre gasolina, etanol e gás de cozinha (GLP) até o dia 30 de junho deste ano. As medidas foram aprovadas durante a 347ª Reunião Extraordinária do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

O congelamento do Preço Médio Ponderado ao Consumidor Final (PMPF), que serve de base de cálculo do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) a ser recolhido sobre o preço final da gasolina, etanol e gás de cozinha foi prorrogado por mais 90 dias.

Para o diesel, o desenho da Lei Complementar 192/2022, que adota uma alíquota uniforme, sugeria a possibilidade de se adotar uma média de alíquotas e compensações para estados que reduzissem recursos para chegar à média, que seria financiado por aumento de carga para os que estivessem abaixo dessa média, o que poderia redundar inclusive em reajustes em, aproximadamente, metade dos estados.

Para que isso não ocorresse, os técnicos dos estados trabalharam num modelo para chegar à proposta do Convênio ICMS, com a criação de alíquota ad rem para o diesel. A arrecadação da média sugerida pela Lei Complementar e a do Convênio, conforme o Confaz, será a mesma.

O valor da alíquota ad rem para o óleo diesel S10 (o de uso mais difundido), foi fixado em R$ 1,0060.

O Convênio contém em anexo um subsídio de ajuste de equalização de carga cuja repercussão não ultrapassará a arrecadação em vigor para o estado, a partir do parâmetro do congelamento de novembro.

Adaptação de sistemas

Os efeitos do Convênio ICMS de disciplinamento do ICMS do diesel ocorrerão, na prática, a partir de 1º de julho, tempo necessário para que o sistema “Scanc”, que administra a distribuição de arrecadação de combustíveis dos estados, seja ajustado, assim como o programa da nota fiscal eletrônica para o novo modelo de tributação do ICMS, seja adaptado.

Durante esse intervalo serão considerados os valores congelados do PMPF, de novembro de 2021.

O congelamento já reduziu em cerca de 1 bilhão por mês os recursos de ICMS combustíveis para os estados (250 milhões mês para municípios) até fevereiro de 2022. E a partir de março, com os PMPFs atuais, reduzem receitas em cerca de 1,15 bilhão a cada mês, para os estados.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Procon volta a multar Claro/Net em R$ 3,6 mi por apagão de internet no AM

O apagão de internet ocorreu no dia 12 de fevereiro deste ano, em Manaus. O Procon-AM já havia multado a empresa, com o mesmo valor, por outro apagão também em fevereiro.

24 de maio de 2022

Governo do AM beneficia colônia de pescadores de Maués

Governo assinou dois termos de doação onerosa com a Colônia de Pescadores Z-16. Por meio da ação, pescadores foram contemplados com um kit feira e uma fábrica de gelo.

24 de maio de 2022

Lira determina instalação de comissão para analisar reforma tributária

A proposta prevê que estados e municípios criem seus impostos sobre renda e patrimônio na forma de um adicional do imposto federal, delegando sua cobrança ao fisco federal.

24 de maio de 2022

Em reunião emergencial, governadores discutem ICMS dos combustíveis

Fórum dos Governadores vai discutir nesta terça-feira como enfrentar a votação, marcada para esta tarde na Câmara dos Deputados, doprojeto de lei que limita em 17% o ICMS.

24 de maio de 2022

Câmara deve votar hoje PL que limita impostos sobre energia e combustíveis

Projeto considera essenciais bens e serviços relativos a combustíveis, energia elétrica, impedindo a aplicação de alíquotas de tributos iguais às de produtos supérfluos.

24 de maio de 2022

Sebrae acelera pequenos negócios da bioeconomia da Amazônia

Iniciativa faz parte do programa Inova Amazônia. Entre as soluções apoiadas estão a produção de fármaco para tratamento de dependência química e produção de cosméticos.

24 de maio de 2022

Intenção de Consumo das Famílias cresce pelo quinto mês seguido

Índice atingiu 79,5 pontos em uma escala de zero a 200 pontos, maior patamar desde maio de 2020 (81,7 pontos). Na comparação com maio de 2021, crescimento chega a 17,7%.

24 de maio de 2022

BNDES lança edital de seleção de startups de impacto socioambiental

No estágio de criação, programa irá selecionar até 20 empreendedores ou startups de impacto e, no tração, até 25 startups de impacto com faturamento inferior a R$ 16 milhões.

24 de maio de 2022