fbpx

sábado, 22 de janeiro de 2022

Roraima negocia acordo para liberação de carretas entre BV e Manaus

Segundo o Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal, por conta da paralisação da categoria, cerca de 800 carretas estão paradas entre o Amazonas e Roraima.

6 de janeiro de 2022

Compartilhe

Roraima tenta intermediar acordo entre auditores e governo federal (Foto: Reprodução)

O governador de Roraima (RR), Antonio Denarium (PP) tenta intermediar conversa entre auditores fiscais da Receita Federal e o governo federal, com o intuito de contribuir para o fechamento de um acordo e encerramento da greve da categoria. Na quarta-feira (5), o governador entrou em contato com o secretário especial da Receita Federal, Júlio Vieira, e se reuniu com os representantes do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco).

De acordo com o Sindifisco, por conta do movimento, 800 carretas estão paradas entre o Amazonas e Roraima.

O movimento pleiteia o pagamento de uma gratificação associada à produtividade, que não foi incluído no orçamento aprovado pelo Congresso, como prometido pelo Ministério da Economia. Em reivindicação, os auditores fiscais decidiram entregar cargos comissionados, que envolvem superintendentes regionais e delegados, e deflagrar greve.

O ato iniciou no dia 23 de dezembro. A paralização das atividades em áreas de fronteira iniciou na segunda-feira (3).

O governador tentou contato com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, que está em período de férias e repassou a demanda ao chefe-geral da Receita Federal, segundo a assessoria de comunicação do Ministério da Economia.

Denarium disse que se sensibiliza aos pedidos da categoria e seguirá na tentativa de contribuir para o fechamento de um acordo.

“Estão abertas as negociações para o reconhecimento do bônus salarial, de todos os auditores fiscais da Receita Federal. E o Governo de Roraima se sensibiliza com os caminhoneiros e as transportadoras que estão paradas. Reconhecendo também a necessidade da reposição salarial dos auditores da Receita Federal”, frisou o governador.

A reportagem questionou ao Sindifisco AM sobre o cenário da retenção de cargas em Manaus e nos postos da Receita Federal entre o Amazonas e Roraima, mas a representação do sindicato informou que não tem informações. A delegacia da alfândega portuária de Manaus também afirmou não ter informações.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Sorte grande: Mega-Sena deve pagar R$ 22 milhões neste sábado

O último concurso da Mega-Sena (2.445), na última quarta-feira (19), não teve acertadores. As apostas podem ser feitas até as 18h (horário de Manaus) deste sábado.

22 de janeiro de 2022

Projeto visa combater discriminação racial no acesso ao crédito

Levantamentos indicam que 32% dos empreendedores negros do país já tiveram pedidos de crédito negados sem que houvesse explicações. Problema foi inensificado com a pandemia.

22 de janeiro de 2022

Desempenho do varejo deve ser negativo no 1º trimestre, diz Ibevar

Segundo dados da pesquisa de intenção de compra, projeções do varejo ampliado indicam queda de 2,22% para o primeiro trimestre de 2022, em relação ao mesmo período de 2021.

22 de janeiro de 2022

Abertura de empresas cresce 4,5% em outubro, revela Serasa Experian

De acordo com o Indicador de Nascimento de Empresas, foram abertos 325.732 empreendimentos, sendo que em 2020 haviam sido registrados 311.590 novos negócios no Brasil.

22 de janeiro de 2022

Nubank oferece primeiro fundo da família de renda fixa, o Nu Reserva

Fundo é composto por títulos públicos, operações compromissadas e títulos de crédito privado. É uma opção para quem busca alternativa para investir sua reserva de emergência.

22 de janeiro de 2022

Itaú destina recursos para projetos de proteção à infância no Amazonas

Dois projetos de ações sociais em defesa da infância e da adolescência no interior do Amazonas foram contemplados com recursos oriundos do Fundo Itaú Social .

22 de janeiro de 2022

Dívidas do Simples poderão ser pagas ou renegociadas até 31 de março

Prazo encerraria em 31 de janeiro. Regularização dos débitos é necessária para os micro e pequenos empresários e os profissionais autônomos continuarem no Simples Nacional.

21 de janeiro de 2022

Falha de segurança expõe dados de mais de 160 mil chaves Pix

Dados referentes a 160.147 chaves Pix foram vazados. Segundo o BC, informações expostas são de natureza cadastral e não permitem movimentação de recursos ou acesso às contas.

21 de janeiro de 2022