fbpx

sábado, 27 de novembro de 2021

Portos de Manaus elevam em mais de 900% a cobrança por contêineres

O comunicado do reajuste tarifário foi repassado pelos Portos Chibatão e Super Terminais por meio de documento ao Centro da Indústria do Estado do Amazonas.

28 de outubro de 2021

Compartilhe

Portos elevam cobrança por contêiner em mais de 900% (Foto: Reprodução)

Taxas cobradas por empresas portuárias para a armazenagem e o transporte de contêineres na modalidade cabotagem foram reajustadas em índices superiores a 900% em relação ao praticado até a última semana, no estado. Os preços, em média, saltaram de R$30 para mais de R$350 por dia. O reajuste reflete diretamente nos custos dos setores da indústria e do comércio, seguido do encarecimento do produto final ao consumidor.

O comunicado do reajuste tarifário foi repassado pelos Portos Chibatão e Super Terminais por meio de documento ao Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam).

No Porto Chibatão o valor cobrado por dia pelo contêiner saltou de R$38,55 para R$395. O aumento representa 924,64 %. O novo valor está em vigor desde segunda-feira (25/10).

No Porto Super Terminais o valor cobrado era R$37,05. O novo preço de R$390, que representa elevação de 953,63 %, deverá ser praticado a partir de 22 de novembro de 2021.

Segundo o presidente do Cieam, Wilson Périco, a elevação expressiva das taxas cobradas pelas empresas são injustificáveis. O empresário destacou que o conjunto de fatores econômicos negativos não justifica a majoração dos preços.

“Estamos sofrendo um impacto muito grande na atividade portuária. Nos dois portos a elevação do preço dos serviços saiu de R$30 para mais de R$300. É uma questão que merece esforço para o entendimento dos reais motivos dessa majoração porque não há inflação ou questão cambial que justifique aumento tão expressivo. Isso afeta todos nós”, disse o empresário.

De acordo com o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio-AM), Aderson Frota, os reajustes anunciados pelas empresas portuárias assim como os reajustes em cadeia que afetam o país há meses, refletem no contexto econômico em geral, principalmente, no aumento de preços no comércio.

“Os impactos mexem com o mapa geral da economia. No momento em que os preços do combustível e da energia elétrica começaram a aumentar, as operações portuárias também começaram a elevar os preços e isso repercute no produto final”, comentou.

Portos alegam aumento nos custos

O Porto Chibatão informou, no documento, que a variação do dólar e euro elevaram os custos operacionais de manutenção em 82%; somado à inflação (30%); dissídio salarial (5%); aumento do combustível (52%) e aumento nos gastos com energia elétrica (60%).

Conforme o comunicado da empresa enviado ao Cieam, o reajuste na infraestrutura portuária destinado a contêiner na modalidade cabotagem e longo curso na importação e exportação está em vigor desde segunda-feira.

Já o documento enviado pelo Porto Super Terminais ao Cieam cita como os principais impactos que motivaram a majoração os seguintes fatores: combustível e energia elétrica (55%); IGPM (36%); dissídio (5%); manutenção (87%), afetado pela variação do dólar.

A reportagem tentou contato com as empresas portuárias. O Porto Chibatão informou que não se pronunciaria sobre o assunto.

O Porto Super Terminais esclareceu que o reajuste da taxa de “Infraestrutura aquaviária e portuária” que valerá a partir de novembro de 2021 é justificado pelo atual cenário econômico que tem afetado financeiramente as operações da empresa, com absorção de sucessivos aumentos de custos de vários setores.

“Estão sendo feitos investimentos que totalizarão R$ 160 milhões em tecnologia e inovação portuária no biênio 2021/2022. Esses investimentos proporcionarão às indústrias, transportadoras e armadores maior agilidade em todos os processos oferecidos. A Super Terminais está em fase de implantação do mais moderno sistema de gestão portuária do mundo – TOS Cyber Logitech, o primeiro terminal a implementar esse sistema no Norte do país”, informou a empresa.

“Destacamos ainda a aquisição de três guindastes de última geração Super Post-Panamax, com lança de 64 metros, totalmente elétrico – os primeiros do mundo. Além de quatro Tug Tractors e cinco Reach Stackers. O terminal terá o parque de máquinas mais moderno da região Norte. A empresa reforça que sempre busca melhorias e excelência em seus serviços”, completou.

*Matéria atualizada em 28 de outubro às 10h14 para inclusão de resposta do porto Super Terminais

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Preocupação com nova variante derruba Bolsas da Europa

Ações ligadas a turismo e petroleiras despencaram. Paralelamente, dirigentes do Banco Central Europeu (BCE) reforçaram que inflação na zona do euro será temporária.

26 de novembro de 2021

Qualidade de vida no AM foi a sexta pior do país entre 2017 e 2018

Segundo dados do IBGE, a taxa de perda de qualidade de vida do Amazonas ficou em 0,216, obtendo resultado melhor apenas em relação ao Maranhão, Pará, Acre, Amapá e Alagoas.

26 de novembro de 2021

Renovação de incentivos fiscais estaduais segue em compasso de espera

Sefaz afirma que o PL que prevê o novo texto da legislação fiscal está em tramitação na Casa Civil e deverá ser enviado à Aleam no início de dezembro.

26 de novembro de 2021

Em Manaus, XP seleciona interessados para atuar no mercado financeiro

Programa 'XP Future' tem objetivo de reforçar o time de colaboradores em locais considerados estratégicas para a companhia, como Manaus. Na cidade, são oferecidas 10 vagas.

26 de novembro de 2021

Cursos ofertam 1.000 vagas para qualificação no Amazonas

Os cursos são direcionados para a população que busca por qualificação profissional, para concorrer a uma vaga no mercado de trabalho. Inscrições iniciam nesta sexta-feira.

26 de novembro de 2021

Pesca esportiva pode ser implementada na comunidade Boca do Mamirauá

Iniciativa busca incentivar turismo para geração de renda na comunidade, situada na zona rural de Uarini. Implantação está sendo viabilizada pelas secretarias Sepror e Sema.

26 de novembro de 2021

Juros cobrados de empresas e famílias sobem em outubro, diz BC

Famílias pagaram taxa média de 43,8% ao ano, com alta de 2,1 pontos percentuais em relação a setembro, e as empresas, 19,1% ao ano, aumento de 2 pontos percentuais.

26 de novembro de 2021

Projeto fixa prazo para elaboração de Processos Produtivos no PIM

PL 1077/19, aprovado da CCJ da Câmara, estabelece que o governo terá 120 dias para fixar processos produtivos básicos (PPBs) de empresa interessada em se instalar no PIM.

26 de novembro de 2021