fbpx

sábado, 25 de setembro de 2021

Grupo Chibatão mantém planos de investimentos no setor portuário

Entre os investimentos informados pelo grupo, está o repasse de R$36,9 milhões viabilizados por meio do Ministério da Infraestrutura. Recursos serão destinados a ampliações.

30 de julho de 2021

Compartilhe

Grupo Chibatão afirma dar continuidade aos investimentos no terminal portuário. (Foto: Reprodução)

Em meio a rumores de que entraves familiares e judiciais pudessem prejudicar e até interromper a atuação do Grupo Chibatão, responsável pelo recebimento de aproximadamente 80% das cargas que abastecem o parque industrial e o comércio de Manaus, a companhia assegura pretensão de investimentos para ampliação dos serviços prestados no segmento portuário, no estado.

Por meio de nota, o Grupo Chibatão salientou que tem feito investimentos em todas as unidades de negócios com o intuito de garantir o nível de serviço e suporte aos armadores.

“Não havendo, portanto, riscos que afetem os serviços prestados pelas empresas do Grupo Chibatão”, ressaltou a empresa.

No início de julho, o grupo assinou contrato com o Ministério da Infraestrutura viabilizando investimentos no Terminal de Uso Privado (TUP) Chibatão Navegação e Comércio Ltda no valor de R$ 36,9 milhões. Os recursos deverão ser utilizados para a melhoria da infraestrutura do porto (ampliações, perfil de carga e aumento da capacidade).

“Mais uma vez o administrador do Grupo Chibatão, José Ferreira de Oliveira, consolidou seu compromisso com o desenvolvimento da região do Brasil, firmando contrato com o Ministério da Infra Estrutura, onde a finalidade é a ampliação e crescimento para superar os desafios logísticos do Amazonas”, cita trecho da nota.

A presidente do Sindicato das Empresas de Navegação Fluvial no Estado do Amazonas (Sindarma), Jéssica Sabá, frisou a relevância da atuação do Porto Chibatão para a economia do estado.

“Números da Antaq nos confirmam que 80% das cargas que chegam ao Amazonas desembarcam pelo Porto Chibatão. É um porto importante para a atividade econômica porque abastece o comércio e a indústria”, disse.

Segundo o estatístico aquaviário da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), de janeiro a maio deste ano do total de 11.969.447 cargas desembaraçadas nos terminais portuários, no estado, 2.685.776 (22,4%), foram recebidas por meio do Porto Chibatão.

Na análise mensal da movimentação portuária da Antaq o Porto Chibatão se mantém entre os primeiros no ranking dos terminais que recebem maior volume de cargas no Amazonas.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Municípios receberão R$ 423 mil como auxílio por desastres naturais

São Sebastião do Uatumã terá R$ 333,7 mil para a compra de alimentos e de kit de limpeza. Já Careiro da Várzea terá R$ 89,4 mil para serviços de limpeza em áreas urbana.

25 de setembro de 2021

Entenda o que vai mudar com a chegada da tecnologia 5G ao Brasil

Veículos autônomos, sensores de saúde, estações meteorológicas, fábricas remotas, cirurgias remotas, registros de água, luz, telefone serão realidade com a 5G.

25 de setembro de 2021

Concurso público para Caixa encerra as inscrições nessa segunda-feira

Caixa oferecerá 28 vagas para aprovados trabalharem em agências do Amazonas. Inscrições podem ser feitas no site da Fundação Cesgranrio na internet.

25 de setembro de 2021

‘Teto’ do Casa Verde e Amarela sobe 10% e dá ‘fôlego’ às construtoras

Segundo o Sinduscon, o reajuste destinado ao Amazonas não acompanha os custos das despesas na totalidade, mas minimiza uma distorção decorrente da alta dos preços.

25 de setembro de 2021

CNC: comércio terá a melhor contratação de temporários desde 2013

Para 2021, a expectativa é de mais de 94,2 mil vagas para atender o movimento sazonal de fim de ano. Segundo previsão da CNC, as vendas deverão crescer 3,8% no Natal.

24 de setembro de 2021

Índice de Preços ao Consumidor tem variação de 1,14% em setembro

Com isso, o IPCA-15 apresenta a maior variação mensal desde fevereiro de 2016, quando encerrou em 1,42%. Variação mensal deste mês foi a maior para setembro desde 1994.

24 de setembro de 2021

Preços de mercadorias e combustíveis pressionam os pequenos negócios

De acordo com a 12ª edição da Pesquisa de Impacto da Pandemia nos Pequenos Negócios, realizada pelo Sebrae em parceria com a FGV, esses são os principais gastos das empresas.

24 de setembro de 2021

Mentoria ‘Gestão 4.0 Amazônia’ foca em empresários e executivos

Evento, que acontece nos dias 1° e 2 de outubro em Manaus, tem como objetivo elevar a capacidade técnica e as habilidades de empresários e altos executivos da cidade.

24 de setembro de 2021