fbpx

sexta, 28 de janeiro de 2022

Pelo menos 750 carretas ainda aguardam liberação em Pacaraima

Segundo os auditores, 250 veículos aguardam despacho, além de aproximadamente 500 carretas que estão em trânsito nas rodovias oriundas de Manaus e de Boa Vista.

7 de janeiro de 2022

Compartilhe

Pelo menos 750 carretas aguardam liberação em Pacaraima (Foto: Divulgação)

Pelo menos 750 carretas aguardam liberação na alfândega da Receita Federal em Pacaraima (RR), fronteira com a Venezuela, para dar continuidade ao transporte de cargas. A liberação dos veículos que escoam insumos diversos ao país ocorre lentamente por conta da greve dos auditores fiscais da Receita Federal, em reivindicação ao reajuste salarial.

O auditor fiscal e inspetor substituto da Receita Federal em Pacaraima, Aderaldo Eugênio da Silva, informou que a meta para essa sexta-feira (7), é a liberação de 70 veículos. Segundo ele, existem 250 veículos em fila de espera aguardando despacho, além de aproximadamente 500 carretas em trânsito nas rodovias oriundas de Manaus e de Boa Vista (RR).

Conforme o inspetor, na quinta-feira (6) 72 veículos foram liberados. A operação prioriza cargas perecíveis, que envolvem produtos congelados, medicamentos, alimentos com data próxima ao vencimento.

“A operação padrão continua pois o governo federal, infelizmente, não reconhece o nosso trabalho. Estamos aguardando a regulamentação de um acordo trabalhista desde de 2017. O acordo é a implantação do bônus de eficiência. Outra reivindicação é a recomposição do orçamento da Receita Federal”, expressou.

Pendências nas liberações crescem em Manaus

O vice-presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais de Tributos Estaduais do Estado do Amazonas (Sindifisco-AM), Marcos José de Souza Neto, informou que o quantitativo de declarações sob análise da Receita Federal, nos postos alfandegários do porto e do aeroporto em Manaus, nesta sexta-feira (7) é cinco vezes maior em relação ao volume de documentos mantidos em período normal (sem greve).

Existem 500 declarações aguardando liberação por parte da Receita Federal. Em período normal, o volume é de 100 declarações.

Ele explica que o aumento no volume de declarações pendentes é ocasionado pela vistoria mais exigente, que consiste na operação padrão.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Defensoria Pública abre processo seletivo de estágio em Direito

As inscrições no Cadastro de Reserva da Defensoria Pública do Estado do Amazonas estão abertas para candidatos ao Estágio de Direito com bolsa de R$987 e auxílio transporte.

27 de janeiro de 2022

Secretários de Fazenda aprovam congelamento de ICMS dos combustíveis

Congelamento do preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF), base para cálculo do ICMS, tinha validade até 31 de janeiro. Com a decisão, valerá por mais 60 dias.

27 de janeiro de 2022

Jovem aprendiz colabora em média com 30% da renda das famílias, diz fórum

Fórum lançado nesta quinta, busca soluções para ampliar estágio e primeiro emprego no Brasil por meio de ações alinhadas com Estados e Municípios e ao Novo Ensino Médio.

27 de janeiro de 2022

Empresas podem acionar Justiça para liberar mercadorias na Receita

Mais empresas podem seguir a Moto Honda e acionar a Justiça para desembaraçar mercadorias fiscalizadas no operação padrão dos auditores fiscais, diz a Fieam.

27 de janeiro de 2022

Setor imobiliário deve frear reação devido Inflação e juros altos, em 2022

Conjuntura de 2022 com inflação e juros altos tem diferença em relação ao ano passado quando o mercado imobiliário reagiu bem apesar da pandemia, dizem especialistas.

27 de janeiro de 2022

Faturamento do PIM cresce 32% até novembro de 2021 e bate recorde

De acordo com dados da Suframa, o faturamento do Polo Industrial de Manaus acumulado de janeiro a novembro de 2021 atingiu volume recorde de quase R$ 145,59 bilhões.

27 de janeiro de 2022

5 milhões de m³/dia: consumo de gás natural atinge volume inédito no AM

Volume demandado em 2021 alcançou média de 5,2 milhões de m³/dia, alta de 5,5 % em comparação com o ano de 2020, segundo cálculos da Cigás.

27 de janeiro de 2022

Confiança da indústria registra sexta queda consecutiva, informa FGV

Índice de Confiança da Indústria (ICI) caiu 1,7 ponto em janeiro, para 98,4 pontos, o menor nível desde julho de 2020, quando o índice atingiu 89,8 pontos.

27 de janeiro de 2022