fbpx

sábado, 28 de maio de 2022

Governo ganha tempo na crise dos combustíveis com troca de ministro

Presidente da Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores vê uma tendência entre motoristas de desistir da atividade por conta do alto custo para trabalhar.

11 de maio de 2022

Compartilhe

(Foto: Divulgação/Agência Brasil)

A troca do ministro de Minas e Energia nesta quarta (11) foi vista por caminhoneiros como um gesto do governo Bolsonaro para encenar tentativa de mudança diante da crise dos preços dos combustíveis em ano eleitoral.

A mudança foi só para ganhar tempo, segundo a avaliação de Wallace Landim, o Chorão, presidente da Abrava (Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores) e um dos líderes da greve de 2018.

“Chegamos a uma opinião da maioria de que é só para ganhar tempo”, afirma Chorão. Ele diz ver uma tendência entre os motoristas de desistir da atividade devido à pressão não só no preço do diesel, mas também da manutenção de pneus, óleo lubrificante e graxa.

Plínio Dias, presidente do CNTRC (Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas), outra liderança da categoria, também não vislumbra a possibilidade de o governo conseguir conter a alta na bomba.

“Se tem um ministro que está lá e não pode resolver, é porque não compete à pasta dele. Por que o outro vai chegar e vai poder? Isso confunde a cabeça das pessoas. Apenas ganha tempo e empurra com a barriga”, afirma Dias.

Segundo ele, motoristas de algumas regiões estão cogitando paralisar as atividades, como o Espírito Santo.

A troca de ministro ocorre dias após a Petrobras anunciar um novo reajuste no preço do diesel. Na última segunda-feira (9), a companhia informou que o preço médio do combustível teria uma alta de 8,87% nas refinarias.

FolhaPress

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Saiba avaliar os custos envolvidos na compra da casa própria

Os gastos com a casa própria vão além do financiamento e precisam constar do planejamento, incluindo os gastos fixos mensais com água, luz, gás e internet.

28 de maio de 2022

Em Manaus, empresa oferta vagas de emprego na área da Segurança

A empresa não recebe currículos por e-mail ou contato telefônico e a candidatura é feita somente online, por meio de um perfil na rede social LinkedIn.

28 de maio de 2022

Fapeam inscreve propostas de CT&I em editais de R$ 25 milhões

Sete editais da Fapeam buscam o desenvolvimento de diversas cadeias produtivas do Estado com incremento da Ciência, Tecnologia e Inovação e recursos que somam R$ 25 milhões.

27 de maio de 2022

Programa Manaus + Agro contempla 70 produtores no ramal do Brasileirinho

Produtores rurais da região receberam alevinos, sementes e kits de agricultura familiar. Além disso, foram entregues 10 toneladas de ração para avicultores e piscicultores.

27 de maio de 2022

Ipea: Uma a cada quatro pessoas poderia trabalhar remotamente

Maioria dos trabalhadores que poderiam exercer atividades remotas é mulher (58,3%); branca (60%); com nível superior completo (62,6%); e tem idade entre 20 e 49 anos (71,8%).

27 de maio de 2022

Fundador do Grupo Digitron, Sung Un Song é o Industrial do Ano 2022

Título será concedido nesta sexta pela Fieam. Também serão homenageados os industriais Irani Bertolini e Gilberto Novaes e a empresa maior exportadora de 2021, a Recofarma.

27 de maio de 2022

Havan inaugura primeira megaloja em Manaus no dia 25 de junho

Nova Havan estará em anexo ao Shopping Manaus Via Norte. De acordo com a rede varejista, serão geradas 150 novas vagas de emprego diretos e cerca de 650 indiretos na capital.

27 de maio de 2022

5G poderá ser o ‘divisor de águas’ para a indústria do PIM, avalia Cieam

Segundo avaliação de representantes do setor, a nova tecnologia, caso implantada de forma satisfatória, poderá proporcionar agilidade ao processo produtivo, ao operacional.

27 de maio de 2022