fbpx

domingo, 28 de novembro de 2021

Sindarma: Piratas dos rios geram prejuízos de R$100 milhões por ano

Os prejuízos advêm de custos com escolta nas embarcações e de pagamentos de cargas roubadas. Além dos assaltos a categoria também registra ocorrência de mutilações.

26 de novembro de 2021

Compartilhe

Furtos que podem estar ligados ao garimpo geram prejuízos de R$100 m (Foto: Reprodução)

Levantamento do Sindicato das Empresas de Navegação Fluvial no Estado do Amazonas (Sindarma) aponta que nos últimos cinco anos o segmento amargou, em média, R$100 milhões em prejuízos, a cada ano. As perdas são decorrentes de assaltos de cargas de combustíveis e demais produtos transportados.

A entidade relata que a situação é agravada a cada ano e pode estar ligada à operação ilegal do garimpo, na região.

O presidente do Sindarma, Galdino Alencar, relata que o problema da insegurança sobre os rios é crônico e acontece em paralelo à atuação dos garimpeiros na extensão do Rio Madeira.

“O garimpo ilegal transformou o Rio Madeira numa ‘terra sem Lei’, aumentando consideravelmente o roubo de combustível nas embarcações petroleiras. É esse combustível roubado que abastece o garimpo ilegal e que fomenta a prostituição infantil, o narcotráfico e outros males”, disse Alencar.

Além dos assaltos, os ‘piratas’ também agridem os tripulantes das embarcações. O sindicato registra ocorrências de trabalhadores que foram mutilados.

Apesar do problema ser crônico, Alencar relata que o poder público não toma medidas enérgicas para solucionar o caso. As empresas precisam arcar com despesas relacionadas à segurança privada, o que também contribui para o aumento dos custos da navegação.

“Os prejuízos advêm de custos com escolta nas embarcações e de pagamentos de cargas roubadas. O transportador paga o valor corresponde ao combustível saqueado diretamente à distribuidora. Geralmente a empresa não tem lucro e ainda precisa arcar com o valor da carga furtada”, esclareceu.

“Outro fator que nos preocupa é que além de assaltos também estão ocorrendo espancamentos e mutilações. Houve um caso de tripulante que teve parte da orelha arrancada pelo assaltante. Isso tem intimidado os trabalhadores, muitos optam em não aceitar o trabalho quando o trajeto é para o baixo Amazonas”, completou.

Ordenamento do rio para a navegação segura

Para o presidente da Associação Brasileira para Desenvolvimento da Navegação Interior (ABANI), Dodó Carvalho, somente a regulamentação viabilizaria o ordenamento do rio e consequentemente, a segurança para o setor.

Carvalho considera que as ocorrências são reflexos da ausência dos órgãos que têm poder de controle do setor.

“Há mais de 15 anos registramos problemas de garimpo ilegal no rio Madeira e nem a Marinha e nem o Ibama, Ipaam ou Polícia Federal se atentaram ou quiseram controlar isso. Já ocorrem inúmeros acidentes envolvendo balsas de transporte de combustível, de cargas em geral, de contêineres, com as balsas garimpeiras”, disse.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Pilotos e Comissários aceitam proposta do TST e cancelam greve

A proposta lançada pelo TST para renovação da Convenção Coletiva de Trabalho da aviação regular foi aprovada por meio de votação eletrônica entre a categoria.

27 de novembro de 2021

Senai oferta mais de 1,7 mil vagas em cursos técnicos gratuitos

As aulas iniciarão em janeiro de 2022, de forma presencial e a distância (EaD). Os interessados deverão se inscrever a partir de segunda-feira (29) até o dia 7 de janeiro.

27 de novembro de 2021

Defensoria lança concurso para provimento de servidores auxiliares

São ofertadas duas vagas para o cargo de analista jurídico e uma para assistente técnico administrativo. Os aprovados vão trabalhar na DPE-AM em Manicoré.

27 de novembro de 2021

Manaus faz Cultura destina R$900 mil para descentralização artística

No total, 45 projetos foram contemplados. Cada projeto receberá o valor de R$ 20 mil, totalizando R$ 900 mil destinados à formação, vivências artísticas e oficinas.

27 de novembro de 2021

Projeto de renovação dos incentivos fiscais é encaminhado à Aleam

Governador pediu à Aleam a tramitação do PL em regime de urgência. PL prorroga a política estadual de incentivos fiscais e extrafiscais para atrair investimentos ao AM.

27 de novembro de 2021

Para indústria, Projeto não vai eliminar atrasos na aprovação de PPB

Proposta quer garantir atração de investimentos ao Polo Industrial de Manaus a partir de prazos mais céleres para respostas da Suframa e governo federal à empresa solicitante

27 de novembro de 2021

Preocupação com nova variante derruba Bolsas da Europa

Ações ligadas a turismo e petroleiras despencaram. Paralelamente, dirigentes do Banco Central Europeu (BCE) reforçaram que inflação na zona do euro será temporária.

26 de novembro de 2021

Qualidade de vida no AM foi a sexta pior do país entre 2017 e 2018

Segundo dados do IBGE, a taxa de perda de qualidade de vida do Amazonas ficou em 0,216, obtendo resultado melhor apenas em relação ao Maranhão, Pará, Acre, Amapá e Alagoas.

26 de novembro de 2021