fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Ex-superintendentes da Suframa criticam redução do IPI

Advogado Appio Tolentino classificou a decisão como "um ataque vil e covarde". Já o consultor tributário Thomaz Nogueira afirmou que Bolsonaro age de forma unilateral.

17 de abril de 2022

Compartilhe

Ex-superintendentes manisfestaram indignação e preocupação após o decreto (Foto: Reprodução)

Ex-dirigentes da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) manisfestaram indignação e preocupação após a publicação do decreto nº 11.047/2022 que determina a redução linear das alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) em 25%, sem excluir os produtos fabricados no Polo Industrial de Manaus (PIM).

Por meios das redes sociais, o engenheiro e advogado tributarista Appio Tolentino classificou a decisão do governo federal, que descumpriu o acordo firmado entre o presidente Bolsonaro (PL) e o governador Wilson Lima (UB), como “um ataque vil e covarde”.

“Mais um vez um golpe. Mais um vez um ataque. Um ataque covarde. Tentáculos do mal tentam inviabilizar nosso estado e nosso projeto de uma forma vil. Às vésperas de um feriado, o presidente da República reedita um decreto que dá um golpe muito grande que já vinha sendo dado contra a Zona Franca de Manaus”, disse o ex-superintendente.

O também ex-titular da Superintendência da Suframa e consultor tributário, Thomaz Nogueira, também se pronunciou publicamente sobre o tema, afirmando que Bolsonaro age de forma unilateral e tapa os ouvidos aos argumentos técnicos vindos tanto do governo Estadual, que o apóia, quanto da bancada, que o critica.

“Com este Governo (Federal) não há dados, evidências, racionalidade que construa um diálogo. Véspera da Sexta-feira Bolsonaro publicou novo decreto. Ignorou olímpicamente o 2° PIB industrial do Brasil que é o Polo Industrial de Manaus.”, pontuou Nogueira em um post feito nas suas redes sociais.

Menezes é a voz dissonante

Apoiador incondicional do presidente, Alfredo Menezes foi o único, entre os ex-superintendes da Suframa, a afirmar que a medida não traz prejuízos à indústria local, contrariando análises da maioria dos economistas e políticos do Estado. Candidato à única vaga do Senado disponível na disputa eleitoral de outubro, ele classificou o posicionamento de parlamentares contrários à medida como “oportunista” e “não racional”.

Texto: Lucas Raposo

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

‘Nosso Centro’ quer expandir empreendimentos na região central de Manaus

Programa da Prefeitura prevê a revitalização do centro histórico com a implantação dos projetos 'Mais Negócios', 'Mais Vida' e 'Mais História', ao longo dos próximos 3 anos.

25 de maio de 2022

Em apoio a petroleiros, parlamentares questionam venda da Reman no TCU

Deputado Zé Ricardo e o senador Jean Paul (PT/RN) acionaram o Tribunal de Contas da União solicitando medida cautelar para suspender o processo de privatização da refinaria.

25 de maio de 2022

Comércio do Amazonas teve alta de até 20% nas vendas do Dia das Mães

Mais da metade dos estabelecimentos do comércio disse que as vendas do Dia das Mães cresceram entre 11% e 20% com destaque para pagamento no cartão parcelado.

25 de maio de 2022

Programa do Cetam realiza curso de criação de startups em Itacoatiara

Programa Trilhas de Empreendedorismo Digital vai receber 40 alunos para três dias de imersão no processo de criação de startups. Curso começa nesta quarta-feira (25).

25 de maio de 2022

Wilson Lima institui Sistema de Informações de Custos do Amazonas

Com o Sica, o governo vai ampliar o rigor no controle das informações com o objetivo de melhorar a qualidade dos investimentos. O sistema funcionará de forma eletrônica.

25 de maio de 2022

Operadoras de telemarketing vão ao STF contra uso do prefixo 0303

Argumento é de que a norma viola a Constituição por supostamente afetar o exercício de atividade empresarial e prejudicar a livre iniciativa e a busca do pleno emprego.

25 de maio de 2022

Fieam aponta distorção e afirma que ‘lista misteriosa’ prejudica o PIM

Fieam considera que a lista de produtos elaborada pela Suframa e pelo Ministério da Economia não atende às necessidades do PIM. Presidente da entidade demonstra preocupação.

25 de maio de 2022

Resultado preliminar do concurso público da PGE-AM é divulgado

Provas ocorreram no dia 17 de abril, quando quase oito mil candidatos concorreram a uma das 44 vagas ofertadas, sendo 37 para ampla concorrência e sete para PcDs.

25 de maio de 2022