fbpx

sexta, 27 de maio de 2022

UB, MDB, PSDB e Cidadania negociam candidato único para o Planalto

UB, MDB , PSDB e Cidadania dizem que vão divulgar o nome que será o candidato das legendas para o Planalto no dia 18 e tentam assim viabilizar a "terceira via" presidencial.

7 de abril de 2022

Compartilhe

Os presidentes do UB, MDB, PSDB e Cidadania assinaram a nota ofical comunicando a iniciativa (Foto: Divulgação/PSDB)

Os partidos União Brasil, MDB, PSDB e Cidadania estão negociando a indicação de um candidato único para concorrer à Presidência da República na eleições 2022. Nessa quarta-feira (6/4), após reunião em Brasília, as legendas, defensoras da ‘terceira via’, reafirmaram que estão em “tratativas” para indicar o nome ao Planalto e lançaram o convite a outros partidos.

A informação foi divulgada em nota e em postagens em redes sociais, como o Twitter. No texto, as siglas “reafirmam tratativas para apresentar um candidato(a) à Presidência da República como a alternativa no campo democrático”.

O movimento tenta lançar o nome da tão chamada “terceira via”, que é desejada por setores da política como alternativa às campanhas de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do atual presidente Jair Bolsonaro (PL). Até o momento, os partidos não falaram em construírem uma federação.

No próximo dia 14 de abril, conforme a nota divulgada pelas legendas, o União Brasil confirmará o nome do partido para apreciação “desse conjunto de forças políticas”. O candidato (a) de consenso será anunciado (a) no dia 18 de maio, uma quarta-feira, em Brasília.

“Conclamamos outras forças políticas democráticas para que possam se incorporar a esse projeto em defesa do Brasil e de todos os brasileiros”, afirma o texto divulgado. Assinam a nota: Luciano Bivar (União Brasil), Baleia Rossi (MDB), Bruno Araújo (PSDB) e Roberto Freire (Cidadania).

A corrida presidencial esquenta de novo com o movimento, pois até o início da semana, parecia consenso que o ex-juiz Sérgio Moro (UB e ex-Podemos) desistiria da campanha para tentar o Senado ou a vaga de deputado federal por São Paulo. Isso ocorreu após ele ter afirmado anteriormente que não desistia de nada, contrariando uma ala do UB.

Do outro lado, dentro do PSDB há a disputa entre o ex-governador de São Paulo, João Dória, e o ex-governador do Rio Grande Sul, Eduardo Leite. Dória, aprovado nas prévias do partido do ano passado para concorrer à Presidência, foi surpreendido com a articulação no nome de Leite. O tucano gaúcho já acenou ser propenso a uma candidatura a vice-presidente, tanto em uma chapa com Sérgio Moro, quanto com Simone Tebet (MDB).

Texto: Emerson Medina

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Edson Fachin diz que acatar resultado da eleições é inegociável

Em várias ocasiões, o presidente Jair Bolsonaro deu a entender que não aceitará outro resultado que não seja a sua vitória em outubro deste ano.

27 de maio de 2022

Terra Yanomami demarcada há 30 anos vê crescimento de garimpo

Bolsonaro é um defensor da mineração em terras indígenas, apesar da visível destruição e dos problemas que o garimpo ilegal leva para essas áreas socioambientais protegidas.

27 de maio de 2022

Radicalização explica revés de Bolsonaro no Datafolha, diz Lira

Pesquisa Datafolha divulgada nessa quinta-feira (26) mostra que Lula lidera a disputa presidencial com 48% das intenções de voto no primeiro turno, ante 27% de Bolsonaro.

27 de maio de 2022

Ex-militante defende que esquerda deve apostar na rebeldia de jovens

O advogado George Tasso avalia que hoje "falta formação política nas bases da educação e do trabalho para a esquerda avançar pelas ruas de Manaus e reconquistar espaço".

27 de maio de 2022

Como em 2018, vereadores querem fazer CMM de trampolim este ano

Nas eleições de 2018, oito vereadores da legislatura 2016-2020 foram eleitos deputados estaduais e um para o Senado. Políticos aproveitam a visibilidade do cargo.

27 de maio de 2022

Livre de acusação por crise de oxigênio, Pazuello visita obras em Manaus

Na manhã desta sexta-feira (27), Pazuello acompanhou o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante) e o governador Wilson Lima (UB) que visitaram obras de asfaltamento.

27 de maio de 2022

Projeto que limita ICMS deve ter tramitação lenta, avaliam senadores

Senadores avaliam que a proposta que fixa o ICMS de combustívveis e energia em 17%, aprovada pela Câmara dos Deputados, deverá deixar um grande rombo nos cofres regionais.

27 de maio de 2022

Petrobras e Minas e Energia devem explicar alta dos combustíveis na Câmara

Sidney Leite propôs audiência para discutir as constantes subidas nos preços dos combustíveis e a inflação com o presidente da Petrobras e o ministro de Minas e Energia.

27 de maio de 2022