fbpx

quinta, 02 de dezembro de 2021

Sobrou para o consumidor: Cosip muda e deixará conta de luz 10% mais cara

Alteração na cobrança da taxa de iluminação pública, a Cosip, impacta classes residenciais e industriais. Prefeitura argumenta que mudança é para bancar a Manaus Luz.

20 de outubro de 2021

Compartilhe

A lei aprovada pelos vereadores ainda isenta instituições religiosas, que vão deixar de pagar a Cosip (Foto: Divulgação)

A mudança do indexador que estabelece a cobrança da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip), a taxa de iluminação pública, vai gerar um aumento de 10% na conta de energia dos consumidores manauaras. A Prefeitura de Manaus atualizou, nesta quarta-feira (20), a cobrança depois da aprovação do projeto de lei pelos vereadores na segunda-feira.

O novo cálculo, que entra em vigor em 2022, atrela o reajuste da Cosip ao reajuste anual da tarifa de energia elétrica pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), antes era pela evolução da Unidade Fiscal do Município (UFM).

Atualmente, um domicílio que consome mensalmente de 301kw a 500 kw pagava R$ 26,36 de Cosip, mas com a mudança do indexador passará a pagar R$ 29. O mesmo acontece para indústria, comércio e serviços. Um empreendimento com a faixa de consumo mensal de 1.001kw a 1.500kw pagará agora R$ 56,73, contra R$ 51,57 quando o indexador era UFM.

Apesar dos números, a Prefeitura de Manaus nega que a nova forma de cobrança vai aumentar o preço da iluminação pública. Segundo a prefeitura, a nova sistemática vai promover justiça fiscal entre os contribuintes da Cosip.

Na segunda-feira (18), o superintendente da Unidade Gestora de Abastecimento de Energia Elétrica (UGPM Energia), Elson Ferreira, disse que a mudança visa bancar o contrato firmado na gestão do ex-prefeito Arthur Neto (PSDB) com a Manaus Luz, que faz a manutenção e ampliação da rede de iluminação pública.

O contrato feito com a Manaus Luz é progressivo e, segundo uma planilha apresentada por Elson, o valor do contrato vai alcançar em 2024 o valor de R$ 6,2 milhões.

A lei aprovada pelos vereadores ainda isenta instituições religiosas que vão deixar de pagar a Cosip. A proposta foi adicionada na lei do Executivo por emenda do vereador Marcelo Serafim (PSB).

Texto: Jefferson Ramos

Leia mais:

Leia mais sobre Política

BID aprova empréstimo de 80 milhões de dólares para o Prosamin+

Processo segue para o Senado para a aprovação da Operação de Crédito Internacional pela União, antes da assinatura do contrato

2 de dezembro de 2021

Plínio quer saber de onde partiu ordem de queimar flutuantes no rio Madeira

Plínio Valério acredita que o governo brasileiro, em termos de mineração, vem sendo levado a cumprir leis "paridas" na Europa por "forças estranhas".

2 de dezembro de 2021

Senado aprova André Mendonça para ocupar vaga de ministro no STF

O próximo passo para a entrada de Mendonça no STF é a publicação da decisão no Diário Oficial da União (DOU), em um decreto assinado pelo chefe do Executivo.

1 de dezembro de 2021

Comissão de Justiça do Senado aprova André Mendonça para o STF

Após 4 meses de espera, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou a indicação de André Mendonça ao STF. Placar foi de 18 votos a favor e 9 contra.

1 de dezembro de 2021

Câmara adia votação de projetos para homenagear secretário de David

O secretário de feiras Renato Júnior recebeu a medalha de ouro Guilherme Moreira na área de comércio. Sessão solene inviabilizou votação de pauta com 14 projetos de lei.

1 de dezembro de 2021

PDT flerta com Carol Braz de olho no Governo do Amazonas em 2022

Carol Braz confirmou ao RealTime1 que terá reunião nesta quinta-feira (2) com o presidente do PDT Nacional, Carlos Luppi, sobre o convite para se filiar ao partido.

1 de dezembro de 2021

Clientes devem ser notificados antes de vistoria em medidores de água ou luz

Projeto de lei foi de autoria dos deputados Sinésio Campos, Carlinhos Bessa e Dermilson Chagas, que são membros da Comissão Parlamentar de Inquérito da Amazonas Energia.

1 de dezembro de 2021

Wilson anuncia entrega da AM-070 duplicada para o dia 20 de dezembro

Governador fez o anúncio enquanto fiscalizava a pavimentação dos últimos 300 metros da estrada; próxima etapa é a instalação de 11 quilômetros de sinalização da rodovia.

1 de dezembro de 2021