fbpx

domingo, 09 de maio de 2021

Sobre a ‘homenagem ao presidente’: ‘O momento não é de festejar nada’

Omar Aziz diz que não costuma questionar as decisões da Aleam, mas diz que o momento não é de festa e sim de focar todos os esforços no combate à Covid-19 no Amazonas.

21 de abril de 2021

Compartilhe

Concessão do título pelo Amazonas vem de encontro aos desejos de Bolsonaro (Foto: Reprodução)

Ao comentar sobre a homenagem concedida pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) na última terça-feira (20) ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que passa a ser considerado oficialmente como “Cidadão do Amazonas” – apesar dos ataques do Governo Federal à Zona Franca de Manaus nos seus 28 meses de gestão – o senador Omar Aziz (PSD) disse em entrevista ao RealTime1 que o “momento não é de festa, o momento é de focar todos os esforços no combate à Covid-19”.

“Tudo tem seu momento. Longe de mim de questionar os projetos aprovados pela Assembleia, mas não vejo que seja o momento de estar festejando absolutamente nada. O próprio presidente sabe do momento que o Amazonas está passando com a Covid”, ressaltou, lembrando que o número de casos no Amazonas, volta a crescer e isso preocupa.

A Assembleia Legislativa tem sido duramente criticada pelo título dado à Bolsonaro que, na opinião de observadores políticos, foi realizado a toque de caixa e de maneira oportunista poucos dias antes da realização da Cúpula de Líderes sobre o clima, que acontece nesta quinta (22) e sexta-feira (23) em formato virtual e que reunirá 40 chefes de Estado, tendo como anfitrião o presidente americano Joe Biden.

Bom moço”?

A concessão do título pelo Amazonas vem de encontro aos desejos de Bolsonaro, que estaria querendo se “apresentar como bom moço”, inclusive vindo à capital do Amazonas “coincidentemente” durante o evento global que discutirá questões climáticas. Bolsonaro é percebido com o um dos piores gestores do mundo na área ambiental e colocando o Brasil na mídia nacional de forma negativa.

A BBC News, por exemplo, lembra que “Bolsonaro se elegeu presidente com as propostas de reduzir multas ambientais, interromper as demarcações de terras indígenas e promover os interesses de produtores rurais. Os dois primeiros anos de seu mandato foram marcados por sucessivas altas no desmatamento. A taxa de perda florestal saltou de 7,5 mil km2, em 2018, para 10,1 mil km2 e 11,1 mil km2 em 2019 e 2020, sucessivamente. Foram os maiores valores desde 2008.”

Movimentos sociais do Amazonas repudiaram o título de “Cidadão do Amazonas” e já estão colhendo assinaturas em um abaixo assinado solicitando que a Assembleia torne sem efeito a decisão de conceder o título.

Entre os motivos apontados estão não só em respeito aos cidadãos e cidadãs amazonense mortos pela Covid-19 sem que Bolsonaro providenciasse oxigênio e vacina, mas pelo fato de Bolsonaro “estimular queimadas na floresta amazônica e estimular a invasão de terras indígenas no Estado”.

Da Redação

Leia mais:

Leia mais sobre Política

385 vídeos de canais bolsonaristas saíram do ar desde início da CPI

A maioria dos vídeos apagados tem ligação ao "tratamento precoce" contra covid-19. O comentarista Alexandre Garcia, por exemplo, escondeu 109 vídeos neste período.

9 de maio de 2021

STF começa a julgar voto aberto a presidências do Congresso

O julgamento de um mandado de segurança que discute a tese deve durar até o final da semana que vem. Os ministros debatem um mandado de segurança apresentado em janeiro.

9 de maio de 2021

CPI: investigação mira vacinas em audiências com Anvisa e Pfizer

Comissão ouvirá a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Pfizer, empresa americana cujas vacinas foram rejeitadas pelo governo federal em 2020.

8 de maio de 2021

Gastos do Cotão ultrapassam R$ 2,3 milhões em três meses na Aleam

Líder em gastos do 'Cotão', o deputado Carlinhos Bessa pode ficar com um déficit de R$ 70 mil, se permanecer gastando uma média de R$ 50 mil ao mês.

8 de maio de 2021

Reforma Tributária fatiada acende alerta, mas bancada está otimista

Sem ter a ideia de todas as modificações que serão feitas no sistema tributário, Estado fica sem saber onde perde e onde ganha na principal reforma em discussão na Câmara.

8 de maio de 2021

Codajás recebe quase R$ 400 mil em projetos de crédito rural do Governo

Os valores foram destinados para pesca artesanal (R$301.656,85) e agricultura familiar (R$96.288,00), sendo financiados pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

7 de maio de 2021

Pacheco escreve a embaixador chinês e fala em ‘relação construtiva’

O presidente do Senado finaliza a carta convidando Yang Wanming para uma visita à Casa Legislativa assim que as condições pandêmicas tornarem o encontro favorável.

7 de maio de 2021

Auxílio Enchente começa a ser pago em Anamã pelo governador Wilson Lima

Operação Enchente leva ajuda humanitária, água potável e ações nas áreas social, de saúde e de fomento aos municípios em Situação de Emergência.

7 de maio de 2021