fbpx

sábado, 08 de maio de 2021

Movimentos sociais repudiam título de Cidadão do Amazonas a Bolsonaro

O documento, assinado por 40 entidades sociais do estado, lembra a tragédia ocorrida em janeiro no estado, quando centenas de amazonenses morreram devido à falta de oxigênio.

21 de abril de 2021

Compartilhe

Projeto foi aprovado com votos favoráveis de 19 dos 24 deputados estaduais nesta terça-feira (Foto: Reprodução)

Representantes de movimentos sociais do Amazonas divulgaram Nota de Repúdio ao Projeto de Lei n. 187/2021, de autoria do deputado Delegado Péricles (PSL) que concede o título de Cidadão Amazonense ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O projeto foi aprovado com votos favoráveis de 19 dos 24 deputados estaduais nesta terça-feira (20), na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

O documento, assinado por 40 entidades sociais do estado, lembra a tragédia ocorrida em janeiro no estado, quando centenas de amazonenses morreram devido à falta de oxigênio hospitalar nas unidades de saúde do estado, tragédia que, segundo as entidades, poderia ter sido evitada.

Para os movimentos sociais que assinam a nota, a concessão do título ao presidente Bolsonaro representa uma afronta à sociedade.

Confira a nota na íntegra:

“Nós dos Movimentos Sociais do Amazonas, vimos à público manifestar nosso TOTAL REPÚDIO à iniciativa dos Deputados da Assembleia Legislativa do Amazonas (Dep. Abdala Fraxe, Dep. Álvaro Campelo, Dep. Cabo Maciel, Dep. Delegado Péricles, Dep. Dra. Mayara Pinheiro, Dep. Fausto Júnior, Dep. João Luiz, Dep. Ricardo Nicolau, Dep. Saullo Viana, Dep. Therezinha Ruiz, Dep. Wilker Barreto, Dep. Adjunto Afonso, Dep. Berlamino Lins, Dep. Carlinhos Bessa, Dep. Dr. Gomes, Dep. Felipe Souza, Dep. Nejmi Aziz, Dep. Roberto Cidade, Dep. Tony Medeiros) de concederem ao presidente Bolsonaro, o título de Cidadão Amazonense.

O Brasil todo acompanhou a tragédia vivenciada pelos amazonenses, sem oxigênio, sem UTI, sendo tratados com remédios sem eficácia cientifica, sofrendo com o descaso do governo federal e provocando uma tragédia que poderia ter sido evitada..

Conceder esse título é uma afronta à sociedade amazonense, é desconsiderar o sofrimento de mais de doze mil famílias do Amazonas e de trezentas e setenta e duas mil famílias no Brasil todo”.

ASSINAM ESTA NOTA:

Frente Brasil Popular-FBP
Frente Povo Sem Medo
FETRAF-AM
Movimento Nacional de Luta Pela Moradia- MNLM-AM
Coletivo na Luta e Redes
MAB-AM
GT Estudos de Gênero do Amazonas/ANPUH
Partido dos Trabalhadores-PT
Partido Comunista do Brasil-PCdoB
Partido Socialismo e Liberdade-PSOL
Movimento de Mulheres Solidárias do Amazonas.
Fórum Amazonense de Saúde Mental.
Coletivo Para Todos
ADUA- Seção Sindical Amazonas
União da Juventude Socialista-UJS
JART-AM
Núcleo do PT de Petrópolis
Movimento Tucumã-TM
Ver. Sassá da Construção Civil
JAE Amazonas
Intersindical
Kizomba-AM
União Brasileira dos Estudantes Secundaristas-UBES
União Nacional dos Estudantes-UNE
Associação Nacional de Pós Graduandos-ANPG
Movimento Unificado do Servidores Públicos do Amazonas-MUSP
Fórum Permanente das Mulheres de Manaus
Movimento de Mulheres Negras da Floresta-Dandara
Espaço Feminista Uri Hi
Rede Nacional de Mulheres no Combate a Violência
Coletivo Mulheres da Educação
Patrícia Gil Cabral
Gleice Oliveira, historiadora e professora.
Xwɛgbɛ́ Acɛ́ Mina Gɛgi Vodún Xɛ́byosɔ Toy Gbadɛ́
Associação de Desenvolvimento Sócio Cultural Toy Badé
Articulação Amazônica dos Povos e Comunidades Tradicionais de Terreiro de Matriz Africana – ARATRAMA
Ponto de Cultura Tambor de Mina: História, Memória e Tradição
Instituto Cultural Mawu Lissá
Marcelo Lopes, líder do Movimento Amazonas Pela Democracia
Associação, Beneficente, Cultural e Religiosa do Ilê Axé Opô Opará
Serviço Amazônico de Ação Reflexão e Educação Socioambiental- Sares
Fórum das Águas
Articulação pela Convivência com Amazônia

Reportagem: Lucas Raposo

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Codajás recebe quase R$ 400 mil em projetos de crédito rural do Governo

Os valores foram destinados para pesca artesanal (R$301.656,85) e agricultura familiar (R$96.288,00), sendo financiados pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

7 de maio de 2021

Pacheco escreve a embaixador chinês e fala em ‘relação construtiva’

O presidente do Senado finaliza a carta convidando Yang Wanming para uma visita à Casa Legislativa assim que as condições pandêmicas tornarem o encontro favorável.

7 de maio de 2021

Auxílio Enchente começa a ser pago em Anamã pelo governador Wilson Lima

Operação Enchente leva ajuda humanitária, água potável e ações nas áreas social, de saúde e de fomento aos municípios em Situação de Emergência.

7 de maio de 2021

Gasolina do Cotão dos 24 deputados estaduais enche 300 tanques

No período em que a presença física nas sessões é facultativa, dois dos 24 deputados consumiram gasolina suficiente para ir e voltar sete vezes a Boca do Acre.

7 de maio de 2021

Carlos Almeida não deve ser ouvido pela CPI da Covid no Senado

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

7 de maio de 2021

Vereadores gastam R$ 272 mil com assessoria e divulgação

O vereador campeão nesse gasto foi Ivo Neto (Patriota), que utilizou R$ 19.800 nessas atividades. No entanto, assessoria não evitou que ele apresentasse um projeto repetido.

7 de maio de 2021

Não vai ter ‘pizza’: para 38% dos brasileiros, CPI atingirá objetivos

Segundo levantamento EXAME/IDEIA, 38% acreditam que a CPI vai apontar culpados pelas falhas no combate à pandemia, aumentar o ritmo da vacinação e a elevar valor do auxílio.

7 de maio de 2021

Mourão diz que Pazuello foi ‘risco’ à Saúde e o quer em ‘traje civil’ na CPI

Para o vice-presidente, decisão em colocar o general Pazuello à frente do Ministério foi um risco e que ser general 'da ativa ou reserva' não o impede de ir ao Senado depor.

7 de maio de 2021