fbpx

sábado, 27 de novembro de 2021

Senador Plínio Valério cobra instalação imediata da CPI das ONGs

Senador quer investigar organizações não-governamentais que atuam na Amazônia e recebem recursos públicos. Requerimento foi apresentado em novembro e tinha 37 assinaturas.

10 de novembro de 2021

Compartilhe

Na época da instalação da CPI da Covid, em abril, Plínio teve o compromisso de Rodrigo Pacheco de que instalaria CPI das ONGs ao termino daquela investigação (Foto: Reprodução)

O senador Plínio Valério (PSDB) cobrou, nesta quarta-feira (10), a instalação imediata da Comissão Parlamentar de Inquérito das ONGs proposta por ele em novembro do ano passado e que tem 37 assinaturas de senadores, número bem maior que o necessário para a abertura da investigação.

Segundo Plínio Valério, é preciso investigar as atividades dessas instituições ambientais que atuam no território amazônico para poder identificar e separar as que prestam bons serviços das que não estão aptas a atuar na região.

No requerimento, o senador amazonense aponta duas razões para iniciar uma investigação. A primeira é o fato, comprovado pelo Tribunal de Contas da União (TCU), de que as ONGs aplicam 80% do que recebem de recursos públicos nelas próprias, pagando salários de colaboradores e por consultorias. A outra razão é a revelação feita pelo ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta de que pagou mais de R$ 400 milhões a ongs ligadas à saúde indígena, mas que o dinheiro era mal aplicado.

Na época da instalação da CPI da Covid, em abril, Plínio havia recebido o compromisso do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD/MG), de que a CPI das ONGs seria instalada a seguir, pois o regimento determina que os senadores só podem fazer uma investigação por vez. É esse compromisso que Plínio está cobrando agora considerando o interesse sobre o tema gerado pela realização, até o fim desta semana, da COP-26, a Conferência das Partes das Nações Unidas para a Mudança Climática, que acontece em Glasgow, na Escócia.

“Causaram comoção mundial os indicadores que apontam aumento no desmatamento da Amazônia, assim como o surto de queimadas que assolam a região, com graves efeitos tanto para a preservação do meio ambiente quanto para a imagem do Brasil no plano internacional. As reais dimensões desses graves fatos, assim como a responsabilidade por eles, precisam ser investigadas de forma independente”, afirma Plínio.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Coari: Justiça libera entrega de cartões do Auxílio Estadual e cestas básicas

No último dia 20, populares se revoltaram com o ex-prefeito de Coari, Adail Filho, após a juíza da eleição suplementar, Mônica do Carmo, ter proibido a entrega dos cartões.

26 de novembro de 2021

‘Dinheiro pro espaço’: Aleam compra direito de uso em satélite

Mesmo diante de uma grave crise econômica, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, Roberto Cidade não tem feito esforços para poupar o erário público.

26 de novembro de 2021

Plínio vota em Eduardo Leite e descarta Arthur Neto nas prévias do PSDB

'Manda quem tem mandato. E eu tenho', diz Plínio sobre disputa com Arthur. Avalia disputar a eleição para o Governo, mas não conta com a garantia de apoio do ex-prefeito.

26 de novembro de 2021

Prefeito reúne secretariado para alinhar estratégias econômicas para 2022

Entre os projetos está a construção de seis viadutos; o Mirante da Ilha de São Vicente; o Mirante “Encontro das Águas” Rosa Almeida; e a reforma de paradas de ônibus.

26 de novembro de 2021

Candidato à presidência pelo PSDB deve ser revelado neste sábado

Após cinco dias de suspensão por conta de problemas no aplicativo de votação, o PSDB vai retomar suas prévias presidenciais a partir deste sábado (27), das 8h às 17h.

26 de novembro de 2021

Lula diz que Bolsonaro segue sendo o maior aliado do coronavírus no país

Ex-presidente responsabiliza atual governante por manter fronteiras abertas mesmo com novas variantes detectadas. Hoje, a Anvisa recomendou algumas restrições para viajantes.

26 de novembro de 2021

Texto que institui Auxílio Brasil será analisado pelo Senado Federal

A manutenção da famílias beneficiárias dependerá, no mínimo, do cumprimento de algumas condições relativas à realização do pré-natal, calendário de vacinação e entre outras.

26 de novembro de 2021

Teste do pezinho é ampliado e passa a detectar até 53 doenças no bebê

O projeto aprovado pelo Senado Federal ampliou o alcance do exame, detectando até doenças raras e que só podem ser descobertas após testes na rede particular de saúde.

26 de novembro de 2021