fbpx

segunda, 08 de agosto de 2022

Roberto Cidade destaca aprovação de leis, mas ‘alivia’ gastos da gestão

Roberto Cidade destacou aprovações de leis importantes, como a que criou o Auxílio Estadual permanente, mas aliviou gastos volumosos feitos em sua primeira gestão.

17 de dezembro de 2021

Compartilhe

Roberto Cidade também disse estar preocupado com a situação vacinal dos amazonenses (Foto: João Luiz Onety/RealTime1)

Nesta sexta-feira (17), o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (PV), fez uma coletiva à imprensa para divulgar um balanço de suas ações. Cidade afirmou que conseguiu cumprir os projetos que estavam prontos para serem votados.

”Aprovamos a Lei do Gás que é um marco para a Assembleia, regulamentamos o transporte hidroviário no Amazonas, que é uma lei que se arrastava há muitos anos, sem falar na aprovação do Auxílio Estadual permanente que vai beneficiar milhares de famílias em situação de vulnerabilidade”, elencou o parlamentar.

O presidente da Casa destacou que 50% das emendas impositivas dos deputados, em 2022, serão destinadas para a área da saúde, que segundo ele é o principal “gargalo” do Estado e também considerou positiva a aprovação da Lei Orçamentária Anual (LOA) nesta quinta-feira (16).

Dentre os destaques do balanço da Aleam, Roberto Cidade reforçou que teve preocupação com o bem estar dos servidores da Casa ao conceder para eles o maior aumento salarial dos últimos anos. Segundo o deputado, os 38% a mais no bolso servirão como motivação diária.

Responsabilidade com o erário x licitação milionárias

Questionado sobre os desafios, Roberto Cidade disse que “2022 é ano de avançar com muita responsabilidade e maturidade, vendo a estrutura da Casa e vendo o que poderá ser feito e cumprido”.

Entretanto, a postura apresentada parece não condizer com o que o cidadão pode acompanhar nos diários oficiais do Legislativo em diversas licitações.

No Diário Oficial do Legislativo do último dia 23 de novembro, foi divulgada a homologação de um processo licitatório milionário que dá ”sinal verde” para compra de uma série de itens destinadas à uma ‘repaginada’ no mobiliário da Casa.

O custo das eventuais aquisições chega a R$ 10.559.318,50. Só de cadeiras, seriam 1.082 unidades ao custo total de R$ 2.109.459.

Questionado sobre o tema, Cidade disse que o processo será revisto para que todos os preços sejam reajustados, principalmente aqueles que estiverem em desacordo com a realidade dos valores praticados no mercado atual.

Ele reforçou que o prédio da Aleam tem 15 anos e que, por isso, já precisa de reparos. ”Existe uma necessidade. Vocês querem que eu deixe a Assembleia cair aos pedaços?”, disparou o chefe do legislativo estadual.

Fim das sessões híbridas

O fim das sessões híbridas, que têm gerado polêmica entre os parlamentares que comparecem com frequência e aqueles que dificilmente marcam presença no plenário, será discutido na primeira sessão de 2022, marcada para o dia 1º de fevereiro.

”A sessão híbrida já é um marco, é difícil tirar isso. Mas a gente tem que construir normas, botar regras, ela está muito cômoda (…) então, temos que criar regras para que a gente não tenha perda de quórum”, comentou Cidade.

Texto: João Luiz Onety

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson Lima se reúne com agricultores no Ramal do Brasileirinho

Governador conversou com cerca de 1 mil agricultores do ramal do Brasileirinho, na zona rural de Manaus, onde ouviu demandas do setor primário do Estado.

7 de agosto de 2022

Multidão invade ruas de Maués em apoio à comitiva do PSD e aliados

A comitiva percorreu ruas do município e foi seguida por uma multidão de apoiadores que prestigiaram o lançamento da candidatura de Sidney Leite à reeleição na Câmara.

7 de agosto de 2022

Bolsonaro paga R$ 89 milhões em campanhas que elogiam sua gestão

Três campanhas institucionais são as mais caras pagas pelo Governo Bolsonaro. 60% do valor gasto até o momento é com ênfase nas redes sociais.

7 de agosto de 2022

Campanha de Lula quer Petrobras fora de privatização e ações da Eletrobras

Proposta da campanha de Lula inclui ainda a fusão da Petrobras com a Eletrobras criando uma estatal da energia. Assessores veem erros nas privatizações de Bolsonaro.

7 de agosto de 2022

Ambev pode sair do Amazonas e causar desemprego, alerta senador

Omar Aziz alertou que decretos de redução do IPI de concentrados ameaçam empregos em Maués, pois a Ambev, que compra guaraná do município; pode sair do Amazonas.

7 de agosto de 2022

Michelle Bolsonaro diz em culto que Planalto já foi ‘consagrado a demônios’

Michelle Bolsonaro reforça aspecto evangélico da campanha de Bolsonaro e tenta diminuir rejeição do presidente junto ao eleitorado das mulheres.

7 de agosto de 2022

1º debate com candidatos ao Governo do AM acontece neste domingo

Band Amazonas mantém tradição com debate e com o formato, anunciando o fim do botão de tempo que era administrado pelos próprios candidatos.

7 de agosto de 2022

Mais de 23 milhões de eleitores estão aptos a votar voluntariamente

A Constituição Federal estabelece o voto facultativo, ou seja, opcional, para os jovens de 16 e 17 anos de idade; pessoas com 70 anos ou mais e também para analfabetos.

7 de agosto de 2022