fbpx

terça, 24 de maio de 2022

Psol-AM reúne sábado para pressionar saída de Raoni Lopes da sigla

Raoni Lopes é secretário-geral do partido e enfrenta denúncia de violência política de gênero. Ao RealTime1, ele diz que sofre perseguição política dentro do partido.

13 de maio de 2022

Compartilhe

Raoni Lopes anunciou pré-candidatura ao Senado para fortalecer palanque de Lula no Amazonas (Foto: Reprodução/Facebook)

A presidente do PSol Amazonas, Rosilene Almeida, anunciou para este sábado (14) uma reunião com dirigentes do partido para organizar os rumos da sigla no Estado. O partido vive uma guerra interna pela disputa de poder entre ela e o secretário-geral Raoni Lopes, que enfrenta pedidos de afastamento e até expulsão da legenda.

Pesa sobre Raoni denúncia de violência política de gênero contra Marklize Siqueira que, por isso, deixou a sigla e se filiou ao PCdoB. Agora, Rosilene também diz que é vítima de violência política de gênero praticada, segundo ela, também por Raoni Lopes.

Informativo da presidência estadual do PSol Amazonas convocando para reunião no sábado (Foto: Reprodução)

Mesmo sob denúncias internas no partido, Raoni lança pré-candidatura

Recentemente, Raoni anunciou sua pré-candidatura ao Senado Federal. Porém, a decisão não conta com o apoio da presidência do partido. Mas, segundo o objetivo da pré-campanha é, além de apresentar um nome, fazer um debate em torno de um palanque progressista para o ex-presidente Lula no Amazonas.

“Queremos dialogiar com o PT, PCdoB e PV, para viabilizar um debate regional. Wilson é bolsonarista, Amazonino é neutro, então nós precisamos de um palanque no Amazonas para o Lula. Nosso candidatura é uma luta contra o Governo Bolsonaro”, explicou ele.

Justiça impõe multa a convocações no partido sem autorização da presidência

Um comunicado da direção estadual do partido revela que Raoni tem convocado filiados para movimentos contrários ao da atual gestão. Inclusive, segundo Rosilene, integrantes do partido têm boicotado reuniões convocadas por ela. Clique aqui e leia a nota oficial da presidente regional da sigla.

Na quarta (11), o Tribunal de Justiça do Amazonas concedeu liminar favorável à presidência do PCdoB, que pediu a anulação de atos em nome do partido que não tenham sido convocados pela presidente da sigla. Justiça estipulou multa de R$ 5 mil, caso a decisão seja descumprida por quem quer que seja dentro do PSol.

Raoni diz que está tranquilo e à disposição do partido para esclarecimentos

O secretário-geral da legenda, por sua vez, diz que tem respeito por Marklize e a decisão de sair do partido foi única e exclusivamente dele. No entanto, Marklize alega que encaminhou ao conselho de ética do Psol denúncia contra Raoni por se sentir “em perigo”. Além da denúncia no PSol, Marklize também registrou Boletim de Ocorrência por injúria e difamação. O caso é investigado pela Polícia Civil do Amazonas.

O Psol Amazonas é composto por sete tendências. Dessas, cinco assinaram um manifesto pela expulsão de Raoni, enquanto duas ficaram de fora.

Hoje, Raoni tem a seu favor a maioria dentro da sigla. Ele acredita que sofre perseguição política por não apoiar a candidatura de Marcelo Amil ao Governo do Amazonas pelo Psol.

“Não deixarei que o Marcelo faça no Psol o mesmo que fez pelos outros dois últimos partidos que passsou, o PMN e o Partido da Mulher”, promete o secretário-geral da legenda.

Marcelo diz que presidente do Psol enfrenta sabotagem

Pré-candidato ao Governo pelo Psol, Amil informou, por meio de nota, que não não concorda com a sabotagem covarde contra a presidente do partido, e dipara: “golpistas, machistas e misóginos não passarão”.

Da Redação

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

CPI da Amazonas Energia terá relatório final entregue até 30 de maio

O presidente da CPI, Sinésio Campos, destacou o trabalho de fiscalização dos medidores de energia que localizou diversos equipamentos com defeito prejudicando os clientes.

24 de maio de 2022

‘A responsabilidade é sua’, diz líder de caminhoneiros a Bolsonaro em vídeo

Wallace Landim, o "Chorão", um dos principais líderes da greve de 2018, cobrou atitude de Bolsonaro: "chame a responsabilidade, porque senão esse país vai estar parado".

24 de maio de 2022

Wilson afirma que luta continua para reverter danos à Zona Franca de Manaus

Antes de ingressar com ações no STF contra decretos federais, Wilson reuniu com Bolsonaro, e o presidenteu não cumpriu a promessa de rever os danos à Zona Franca de Manaus.

24 de maio de 2022

‘Próximo passo é trabalhar para termos ônibus a gás’, diz Wilson

Durante evento que anunciou a compra de ônibus elétricos na Prefeitura de Manaus, o governador afirmou que ter ônibus movidos a gás na capital é algo iminente.

24 de maio de 2022

AGU deveria ter aula de Geografia após ação contra ZFM, diz Serafim

Advogado-geral, Bruno Bianco Leal disse que grande distância não mais se apresenta como fator capaz de inibir o desenvolvimento econômico social da região

24 de maio de 2022

Shádia Fraxe deve substituir Fernanda Aryel na chapa federal do Avante

Aryel teria optado por recuar da disputa deste ano para priorizar projetos pessoais. Ela cursa Medicina. A decisão de deve aliviar a situação de pré-candidatos do Avante.

24 de maio de 2022

Lula diz que é ‘crime’ atentar contra a Zona Franca de Manaus

O ex-presidente disse que o Amazonas não pode ser prejudicado por interesses dos estados que têm mais vantagens de infraestrutura e mão-de-obra qualificada.

24 de maio de 2022

Wilson repassa R$ 34,9 mi a David para aquisição de ônibus elétricos

A assinatura do convênio faz parte do pacote de mais de meio milhão que contempla os investimentos na Mobilidade Urbana entre prefeitura de Manaus e o governo do Estado.

24 de maio de 2022