fbpx

sexta, 30 de julho de 2021

Presidente da Anvisa critica as posturas de Bolsonaro na pandemia

Antônio Barra Torres disse à CPI da Covid no Senado que falas do presidente Jair Bolsonaro contra as vacinas não refletem as ideias defendidas pela Anvisa.

11 de maio de 2021

Compartilhe

Antônio Barra Torres também criticou o passeio de moto promovido pelo presidente, no último domingo, em Brasília (Foto: Reprodução)

Durante depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid no Senado, o presidente da Agência Nacional de Segurança Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres, afirmou, nesta terça-feira (11), que o órgão não compactua com as falas do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) contra a vacinação.

Barra Torres também se colocou contra a promoção de aglomerações, como a convocada pelo presidente, no último domingo (9), onde aconteceu um passeio de motocicletas pelas ruas de Brasília.

Outro ponto em que ele deixou claro as discordâncias foi sobre o uso de máscaras. Aqui, ele lembrou que recebeu críticas por parte dos bolsonaristas por, numa live com o presidente promovida no início deste ano, passou o tempo todo de máscaras.

E as vacinas?

Sobre as vacinas, a resposta foi dada após o relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), relembrar diversos pronunciamentos polêmicos de Bolsonaro contra a vacinação da população: como a afirmação de que não compraria a “vacina chinesa do Dória” (governador de São Paulo, João Dória), comemorar a suspensão dos estudos clínicos da CoronaVac e dizer que não seria responsável se algum cidadão tomasse a vacina da Pfizer e virasse “jacaré”.

Segundo Torres, os trechos lido por Calheiros vai contra tudo o que tem sido repassado pela Anvisa e não lembra de nenhuma manifestação pública de diretores e gerentes do órgão contra a polêmica de vacinação, que para ele é essencial.

“A população não deve se orientar por condutas dessa maneira. Deve se orientar por aquilo que está sendo preconizado, principalmente, pelos órgãos que estão na linha de frente do enfrentamento da doença”, destacou o presidente.

Barra Torres defendeu a vacinação da população e a manutenção do uso de máscaras e distanciamento social mesmo após o recebimento da vacina e se disse esperançoso enquanto a flexibilização das medidas após a imunização.

Texto: Giovanna Marinho

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro ressuscita boatos de fraude nas Eleições e não prova nada

Presidente há um ano diz ter provas de que houve fraude nas Eleições em 2018. Nesta quinta-feira (29), mais uma vez não cumpriu com a palavra ao não revelar provas.

29 de julho de 2021

Punições pelo uso indevido de dados pessoais começam a valer domingo

Quem infringir a lei fica sujeito a advertência, multa simples, multa diária, suspensão parcial ou total de funcionamento, além de outras sanções.

29 de julho de 2021

CPI centrará fogo nas plataformas de redes sociais que divulgaram mentiras

O senador Omar Aziz considera um absurdo a quantidade de mentiras e desinformação que circula nas plataformas de redes sociais a partir de robôs de internet.

29 de julho de 2021

Senador do AM chama procurador do MPF de ‘militante ambiental’

O procurador proibiu que o Ibama realize audiências virtuais para expor o estudo de impacto ambiental para licenciamento da BR-319. Órgão tem 10 dias para acatar a decisão.

29 de julho de 2021

Pazuello depõe em inquérito da PF que apura prevaricação de Bolsonaro

O ex-ministro da Saúde começou a depor às 10h e até o momento segue na superintendência da Polícia Federal em Brasília. Pazuello hoje trabalha na cozinha do Planalto.

29 de julho de 2021

Procurador pede que Coari suspenda festividades pelos 89 anos da cidade

A comemoração dos 89 anos da fundação de Coari, recheada de eventos, deve ser suspensa a pedido Ministério Público do Amazonas devido ao risco sanitário.

29 de julho de 2021

STF desmente Bolsonaro sobre ‘proibir’ a União de atuar no combate à Covid

Desde o início da pandemia a ADI do STF é usada pelo presidente Jair Bolsonaro para mentir sobre a falta de ação do Governo Federal no combate à Covid-19.

29 de julho de 2021

Omar garante que CPI já tem provas que atestam crimes na pandemia

Presidente da CPI da Covid-19, Omar Aziz afirmou que documentos e depoimentos já tomados provam a existência de crimes cometidos por agentes públicos e particulares.

29 de julho de 2021