fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Podemos estima gastos de R$2 mi com pré-campanha de Sérgio Moro

A sigla estima um gasto em torno de R$ 2 milhões, despesas de pesquisas eleitorais, eventos, salários e viagens de Moro, sua mulher, Rosângela, e sua equipe.

2 de abril de 2022

Compartilhe

Podemos estima gastos de R$2 mi com pré-campanha de Sérgio Moro (Foto: Reprodução)

Após a saída de Sérgio Moro do Podemos, o partido analisa os gastos para tentar chegar a uma conclusão em relação ao valor gasto com o ex-ministro em pré-campanha para a candidatura à Presidência da República. A sigla estima um gasto em torno de R$ 2 milhões, despesas de pesquisas eleitorais, eventos, salários e viagens de Moro, sua mulher, Rosângela, e sua equipe.

Em nota ao jornal O Estado de S. Paulo, Sergio Moro justificou seus gastos, apontando que essa é a função do Fundo Partidário, que, em suas palavras, “serve para o financiamento de atividades da legenda e seus filiados, seguindo a legislação em vigor, o que foi feito em relação às despesas de pré-campanha”.

O antigo partido do ex-juiz ainda está buscando encontrar o número exato de gastos, no entanto, de acordo com apuração do Estadão, o Podemos já havia investido pelo menos R$660 mil. A quantia acima foi encontrada com base em dados sobre os gastos somente com Moro, seja com seu salário, de R$ 22 mil, o evento de filiação, que custou R$ 210 mil, e até R$ 110 mil com passagens aéreas.

Essa notícia vem após a decisão da esposa de Moro, Rosangela Moro, de sair do partido também, o que evita mais gastos do Podemos, que iria investir um salário de R$ 20 mil à candidata para a Câmara Federal.

Fonte: Portal UOL

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro planeja mais R$ 1,2 bi para trator e ignora famílias carentes

Ministério da Cidadania comprou 247 tratores e outras máquinas agrícolas usando recursos que deveriam ser direcionados para mitigar impacto da pandemia em comunidades pobres.

26 de maio de 2022

Roberto Jefferson usa estrutura do PTB para atacar STF, dizem ex-dirigentes

Parlamentares dizem que Roberto Jefferson utiliza pessoas da estrutura partidária "para proferir xingamentos a ministros e realizar manifestações em frente ao Supremo".

26 de maio de 2022

Senado aprova MP que altera incentivos para indústrias químicas

Aprovação da medida provisória teve a relatoria do senador Eduardo Braga (MDB-AM), que aperfeiçoou o regime tributário cobrando contrapartidas do setor.

26 de maio de 2022

‘Não desisti, mas está muito difícil’, diz Plínio sobre candidatura ao Governo

O senador Plínio Valério (PSDB) afirmou que nos próximos dias deve tomar a decisão final se premanece como pré-candidato ao Governo do Amazonas até as convenções partidárias.

26 de maio de 2022

TSE aprova federação entre PSDB e Cidadania; partidos ficam juntos por 4 anos

Criado para salvar partidos pequenos, a federação pode facilitar a eleição de quadros a cargos proporcionais, como é o caso dos deputados federais.

26 de maio de 2022

Câmara pode votar sobre venda direta de etanol aos postos de combustíveis

A Medida Provisória 1100/22 faz ajustes na tributação da comercialização de etanol para viabilizar a venda direta do combustível dos produtores ao varejo.

26 de maio de 2022

PL aciona Lula e o PT no TSE por campanha eleitoral antecipada

O PL questiona atos pró-Lula em eventos da CUT e do PSol onde teria havido infração eleitoral, já que a pré-campanha veda pedido explicito de votos e ataque a adversários.

26 de maio de 2022

Plínio questiona programa de demissões do Banco da Amazônia

De acordo com o senador, a situação desses profissionais tende a se agravar ainda mais diante da crise social e econômica que o País atravessa, provocada pela pandemia.

26 de maio de 2022