fbpx

sexta, 27 de maio de 2022

PDT aposta no discurso da diferença para conquistar eleitor no AM

Com a presença de Ciro Gomes em Manaus, nos últimos dois dias, o PDT embalou a militância e reforçou o discurso de que apresentará uma proposta diferente de governo.

18 de março de 2022

Compartilhe

Lideranças do PDT participaram, nos dois últimos dias, de eventos com o candidato do partido à Presidência, Ciro Gomes. (Foto: Reprodução)

A presença do candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, nestas quinta e sexta-feira em Manaus, sinalizou qual discurso o partido oferecerá ao eleitor amazonense na eleição deste ano. A palavra de ordem de todas as lideranças foi “opção diferente”, com a qual Carol Braz e Luiz Castro vão tentar conquistar o eleitoral mantendo distância regulamentar dos candidatos adversários.

Para Luiz Castro, candidato ao Senado pelo PDT, o Amazonas precisa ter uma representação “diferenciada” no Senado, cujos atuais titulares são classificados por ele como “mais do mesmo”. “A nossa representação (no Senado) precisa ser diferenciada, não só honrada e ética, mas principalmente sendo uma representação do povo e não só de uma elite”, disse Castro em entrevista à TV RealTime1.

A primeira mulher candidata ao Governo do Estado pelo PDT, a defensora pública afirmou que o partido está a caminho de oferecer ao povo do amazonense – e aos brasileiros – uma proposta diferenciada e nova, lembrando que o PDT é a “opção” verdadeira para mudar os rumos do Brasil e do Amazonas. Para exemplificar a prática diferente do PDT, Carol lembrou de um ícone da política do partido, o ex-senador Jeferson Peres.

Risco de ruptura institucional

O candidato Ciro Gomes, que deixou Manaus nesta sexta-feira (18), reforçou esse discurso dos candidatos acrescentando que o PDT do Amazonas tem uma história de qualidade de políticos que prestaram grandes serviços ao País, citando o ex-senador Jeferson Péres e o suplente que completou o mandato, o ex-senador Jeferson Praia.

“Teremos a eleição mais importante da nossa história e o PDT tem a responsabilidade de oferecer as melhores propostas, o que certamente farão a Carol e o Luiz Castro”, defendeu.

Sobre a importância desta eleição, Ciro Gomes lembrou que uma eventual derrota do presidente Jair Bolsonaro implicará em tensões graves entre a eleição e a posse do vencedor. Lembrando que o presidente militarizou o governo, com mais de 5 mil nomeações de militares para cargos civis, o presidenciável do PDT disse não ter dúvidas sobre a intenção do presidente “dar um golpe de Estado”, que, na avaliação dele, não contaria com o apoio das Forças Armadas.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Péricles minimiza destituição de cargo de Marcelo: ‘problema do Congresso’

O deputado Delegado Péricles, que agora integra o partido de Jair Bolsonaro, o PL, minimizou os efeitos da destituição de Marcelo Ramos (PSD) da vice-liderança da Câmara.

27 de maio de 2022

Pré-candidato do PL reconhece ‘deslizes’ do Governo Bolsonaro

O Delegado Costa e Silva, pré-candidato a deputado federal pelo PL, mesmo partido de Bolsonaro, falou ao RealTime1 sobre os planos para chegar à Câmara dos Deputados.

27 de maio de 2022

Omar diz que Amazonas precisa voltar a investir em programas sociais

A declaração do senador - que concorre à reeleição - aconteceu durante a prestação de contas que ele fez na noite desta quinta-feira (26), nas zonas Leste e Sul de Manaus.

27 de maio de 2022

Eleição Geral testará lei que combate violência política contra a mulher

Para acompanhar emprego da lei no pleito de outubro, o Comitê de Combate a Corrupção e Caixa 2 Eleitoral criou o grupo de mulheres de combate à violência política de gênero.

27 de maio de 2022

Bolsonaro adia live em dia de derrota nas pesquisas para Lula nos dois turnos

Bolsonaro estabiliza e Lula cresce em nova pesquisa Datafolha divulgada no dia que o presidente adia tradicional live de quinta-feira para falar com apoiadores .

26 de maio de 2022

Datafolha: cresce diferença entre Lula e Bolsonaro para o segundo turno

Pesquisa do Datafolha divulgado nesta quinta-feira aponta que Lula tem 58% das intenções de voto no segundo turno, enquanto Bolsonaro chega a 33%

26 de maio de 2022

TSE aprova federação partidária do PSol com o Rede Sustentabilidade

PSol e Rede formalizam federação no TSE no mesmo dia que o PSDB e Cidadania e agora as legendas devem manter unidade política pelos próximos quatro anos.

26 de maio de 2022

‘Criar municípios é política de pão e circo’, diz cientista político

Para Carlos Santiago, discurso de criar novos municípios, às vésperas das eleições, para sanar o problema de comunidades que sofrem descaso e miséria, não é melhor caminho.

26 de maio de 2022