fbpx

sexta, 28 de janeiro de 2022

Carol Braz confirma filiação ao PDT e chapa majoritária com Luiz Castro

Em entrevista a TV RealTime1, a defensora pública confirmou sua pré-candidatura ao Governo do Estado e de Luiz Castro ao Senado. Filiação está marcada para o próximo dia 21.

13 de janeiro de 2022

Compartilhe

Carol Braz fez uma avaliação crítica da participação dela no governo de Wilson Lima e revelou propostas que vai colocar no debate eleitoral (Foto: RealTime1)

A defensora pública Carol Braz confirmou, nesta sexta-feira (14), em entrevista a TV RealTime1, que vai se filiar ao PDT e disputar o Governo do Estado na eleição de outubro deste ano. A cerimônia de filiação está marcada para o dia 21 deste mês, durante a Convenção Nacional do partido que vai oficializar a candidatura do ex-ministro e ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, à presidência da República.

A defensora também confirmou que o ex-deputado Luiz Castro (Rede) também vai se filiar ao PDT e disputar a eleição para o Senado.

Durante a entrevista, Carol Braz fez uma avaliação do período em que foi secretária de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, dos projetos implantados e de seu afastamento do governador Wilson Lima (PSC) e do também defensor público e vice-governador Carlos Alberto Almeida (PSDB).

Ela apresentou as ideias que pretende trazer para o debate eleitoral, além de se dizer preparada para enfrentar preconceitos e traições por disputar o Governo do Estado, com tempo na propaganda gratuita de rádio e televisão e recursos dos fundos partidário e eleitoral.

Ambos estiveram reunidos com o presidente nacional do partido, Carlos Lupi, e acertaram detalhes da filiação com o presidente provisório do diretório regional, o empresário gaúcho empresário gaúcho Flávio Zacher, que assumiu as articulações há duas semanas em substituição do ex-deputado Hissa Abrahão.

Confira a entrevista na íntegra na TV RealTime1:

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

PT entra com ação no STF por ampliação de prazo para federações

O PT entende que o prazo previsto na Lei para a formação das federações é muito curto e pede que seja estendido pelo STF pelo menos até maio deste ano, ou até agosto.

28 de janeiro de 2022

Bolsonaristas apelam para reajuste de professores para cativar votos

Reajuste de 33,24% concedido pelo presidente Jair Bolsonaro ignorou técnico do Ministério do Educação e não considerou a pressão nas contas dos governadores e prefeitos.

28 de janeiro de 2022

Pré-candidato a deputado federal, Saullo Vianna caminha com Wilson e David

À TV RealTime1, o deputado revelou os planos dele para disputar uma vaga na Câmara Federal, bastidores da política local e quem está na frente na corrida presidencial no AM.

28 de janeiro de 2022

Bolsonaro avalia com AGU se vai ou não prestar depoimento à PF

O ministro Bruno Bianco analisa os precedentes que podem ser aplicados a Bolsonaro para tentar minimizar o desgaste que poderia sofrer ao prestar depoimento.

28 de janeiro de 2022

Justiça do Distrito Federal arquiva caso do tríplex contra Lula

O MPF afirma que os crimes imputados ao ex-presidente Lula prescreveram. O petista tem 76 anos e, mesmo se condenado, a pena estaria prescrita até que pudesse ser cumprida.

28 de janeiro de 2022

MPAM investiga licitação de fornecimento de gás ao Hospital de Coari

Para o MPAM, valor da compra do gás de cozinha (GLP), de R$ 71 mil ultrapassa o limite máximo de dispensa de licitação que, no ano de 2019, era de R$ 17,6 mil.

28 de janeiro de 2022

Trabalho em regime híbrido é prorrogado até o dia 7 de fevereiro no TCE

A decisão também prorroga, automaticamente, até o dia 7 de fevereiro o regime de home office para todos os servidores acima dos 60 anos de idade e imunossuprimidos.

28 de janeiro de 2022

David Reis libera mais de R$ 2,5 milhões em cinco licitações da CMM

O presidente da Câmara Municipal de Manaus, vereador David Reis, tem surpreendido com licitações bastante específicas, sem se preocupar com as críticas da opinião pública.

28 de janeiro de 2022