fbpx

sábado, 16 de outubro de 2021

Paulo Guedes e presidente do Banco Central serão ouvidos no Senado e na Câmara

Documentos revelaram que o Ministro da Economia, Paulo Guedes e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto possuem offshores em paraísos fiscais.

7 de outubro de 2021

Compartilhe

(Foto: Reprodução)

A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira (5), a convocação do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, para que esclareçam informações sobre as empresas mantidas por eles no exterior, em paraísos fiscais.

”Considerando que o sr. Paulo Guedes é o ministro da Economia, o quadro se torna bastante grave, porque, sem a devida supervisão dos órgãos brasileiros, não podemos saber se ele se beneficiou financeiramente de algum dos atos praticados por ele ou por seus subordinados enquanto ministro de Estado”, argumenta Kim Kataguiri (DEM-SP), autor do requerimento.

No Senado, a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) também aprovou convites para que o Guedes e Campos Neto prestem esclarecimentos sobre as empresas. A oitiva foi agendada para 19 de outubro. Por ser convite, os dois não são obrigados a comparecer à comissão do Senado.

Caso Pandora Papers

As informações sobre as empresas do ministro da Economia e do presidente do Banco Central foram reveladas pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ, na sigla em inglês), que, no domingo (3), divulgou 11,9 milhões de documentos de escritórios administradores de offshores em todo o mundo.

Cerca de 35 atuais e ex-líderes mundiais, bem como mais de 330 políticos e funcionários públicos em todo o mundo são mencionados no relatório. (Sputnik)

Como votou a bancada amazonense

Os oito deputados federais do Amazonas ficaram divididos, três votaram pela convocação de Guedes e Campos: Átila Lins (PP), José Ricardo (PT) e Sidney Leite (PSD). Enquanto, Bosco Saraiva (Solidariedade), Capitão Alberto Neto (Republicanos), Delegado Pablo (PSL) e Silas Câmara (Republicanos) votaram para não convocar o ministro e o presidente do Banco Central. O deputado Marcelo Ramos (PL) presidia a sessão e por isso não teve direito a voto.

Com informações do Portal Estação da Notícia

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Luta antiga e futuro incerto: corte no orçamento afeta diretamente a Amazônia

Pesquisadores acreditam que o corte de verbas para C&T acabará sendo direcionado para o agronegócio, que, segundo eles, vem sendo a causa do desmatamento na Amazônia.

15 de outubro de 2021

Jornalistas Alexandre Garcia e Rodrigo Constantino serão citados na CPI

Os dois produziam discurso antivacina em veículos de comunicação e defenderam as teses negacionistas de Jair Bolsonaro durante a crise sanitária.

15 de outubro de 2021

Dia dos Professores: deputados pouco ajudaram educação do Amazonas

Em pleno Dia dos Professores, categoria questiona a falta de diálogo com o poder público e falta de auxílio da Comissão de Educação da Aleam nas demandas dos educadores.

15 de outubro de 2021

Governo destaca ações de 2021 pela valorização dos servidores da Educação

Entre as medidas está o envio de um projeto de lei que visa pagar 14º e 15º salários aos servidores da área. A pauta ainda não tem data para ser votada na Aleam.

15 de outubro de 2021

CPI da Covid: senadores ouvem último depoente na segunda-feira

A CPI ouviria um número maior de convocados, mas nem todos seriam necessariamente ouvidos já que o presidente da CPI, Omar Aziz, decidiu realizar apenas mais uma oitiva.

15 de outubro de 2021

ICMS sobre combustíveis: Rodrigo Pacheco quer ouvir governadores

A Câmara já aprovou o projeto de lei que torna o ICMS invariável frente a variações do preço do combustível. O projeto ainda precisa ser votado pelos senadores.

15 de outubro de 2021

Ministério Público pede anulação de licença do ‘Linhão de Tucuruí’

Ministério Público viu irregularidades no processo de licenciamento ambiental para liberação da obra do 'Linhão' por falta de consulta prévia ao povo Waimiri Atroari.

15 de outubro de 2021

Pesquisadores veem retrocesso de 20 anos após corte de R$ 600 milhões

O RealTime1 ouviu pesquisadores que, ao longo dos anos de carreira dedicados à ciência e tecnologia, estão empenhados em projetos realizados no Amazonas.

15 de outubro de 2021