fbpx

domingo, 01 de agosto de 2021

Omar não quer suspender trabalho da CPI no recesso parlamentar

Omar já acenou para o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM), que quer continuidade nas investigações no período do recesso, que compreende os dias 18 e 30 de julho.

8 de julho de 2021

Compartilhe

Carga horária dos servidores que atuam na CPI está sendo conversada entre Omar e Pacheco (Foto: Agência Senado)

O senador Omar Aziz (PSD), que preside a CPI da Covid-19 no Senado Federal, tem rearfimado inúmeras vezes que os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito devem funcionar durante o recesso do Legislativo. De acordo com Aziz, há uma conversa com o presidente da Casa, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para que as investigações não sejam suspensas entre os dias 18 e 30 de julho.

Para justificar a continuidade dos trabalhos, Omar Aziz chegou a citar a servidora do Ministério da Saúde, Regina Célia, acusada de não fiscalizar os contratos irregularidades das negociações das doses da Covaxin no Ministério da Saúde e que depôs aos senadores na última terça (6).

“Eu não vou dar um de Regina Célia e entrar de férias como ela fez. Às vezes você não pode ser deselegante porque é uma senhora, mas é espantoso”, disse Aziz se referindo às alegações da servidora que não soube responder às perguntas sobre irregularidade no contrato da Covaxin porque “estava de férias”.

Segundo Aziz, os danos para o Senado com o funcionamento da CPI no recesso legislativo seria o da carga horária dos servidores da Casa, mas que isso está sendo resolvido com Pacheco.

Garantia do recesso é aprovação da LDO e LOA

O recesso formal dos congressistas só é possível com a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2022. Para isso, Câmara e Senado trabalham juntos na Comissão Mista de Orçamento (CMO), que foi instalada nesta quarta-feira (7).

O orçamento de 2020 só foi analisado pelos senadores no início deste ano. Nos bastidores do Senado, parlamentares dizem que a estratégia do governo com a instalação da CMO e o início do recesso legislativo é parar os trabalhos da CPI. “Eles querem estancar a sangria”, disse um senador sob reserva.

Da Redação, com informações do Congresso em Foco

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Presidente diz que eleição sem voto impresso será ‘farsa’ inaceitável

Presidente Jair Bolsonaro participou, na manhã deste sábado de 'motociata' em Presidente Prudente, criticou a urna eletrônica e ameaçou não aceitar o resultado da eleição.

31 de julho de 2021

Wilson celebra o ritmo da vacinação da população em 53 municípios

Governador Wilson Lima comemorou que o avanço da vacinação permitiu que 53 municípios já tenham vacinado ou estejam vacinando toda a população adulta alvo do PNI.

31 de julho de 2021

Vice do TRE-AM critica Bolsonaro e alerta para ‘clima de guerra’

Desembargador Jorge Lins falou ao RealTime1 sobre as acusações do presidente de eleições fraudadas e o clima de intranquilidade que elas trazem a paz social no País.

31 de julho de 2021

Pazuelo mentiu sobre o TrateCov na CPI, atesta análise do TCU

Conclusão dos técnicos do TCU desmente argumento apresentado pelo ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello à CPI da Covid de que a plataforma teria sido adulterada por hackers.

31 de julho de 2021

PF deve retomar investigação sobre interferência de Bolsonaro

Decisão é do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes. Inquérito apura se o presidente tentou interferir na Polícia Federal, buscando proteger os filhos.

31 de julho de 2021

Bolsonaristas promovem manifestação em apoio ao voto impresso

Grupo Conservador Amazonas espera reunir, neste domingo, na avenida das Torres, apoiadores da proposta defendida pelo presidente em transmissão ao vivo nesta quinta-feira.

31 de julho de 2021

CPI vai analisar 28 requerimentos que envolvem amazonenses

Destaque na lista de requerimentos, está o pedido contra o deputado estadual Fausto Júnior (MDB), a mãe dele, a conselheira do Tribunal de Contas do Estado, Yara Lins.

31 de julho de 2021

MPAM recomenda exoneração de 35 servidores públicos em Itapiranga

A recomendação é dirigida à prefeita, ao presidente da Câmara Municipal e a agentes que detenham a atribuição de nomear e de exonerar ocupantes de cargos comissionados.

30 de julho de 2021